Ligue-se a nós

Notícias

Seed lança Programa “Inglês Paraná” voltado para a rede estadual de ensino

Plataforma digital disponibilizará curso completo do idioma

Publicado

no

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed), lançou nesta terça-feira (26/10) o Programa “Inglês Paraná”. A iniciativa disponibiliza aos alunos e professores da rede estadual uma plataforma de ensino online que se soma às aulas de inglês da escola, estimulando e facilitando o aprendizado com atividades audiovisuais na escrita, leitura, fala e escuta.

No lançamento, o governador Carlos Massa Ratinho Junior ressaltou que os alunos terão a oportunidade de aprender inglês de forma moderna, impulsionando sua formação para o futuro.

“A segunda língua, em especial o inglês, é importante para o crescimento profissional desse jovem. Além disso, ela dá a oportunidade de ele se transformar em um cidadão do mundo: onde for, estará preparado para viajar, fazer um curso fora ou garantir um bom emprego que tenha essa exigência”, explicou.

O sistema oferta um curso completo de inglês dividido em 16 níveis de proficiência, do básico ao avançado, acessível de forma digital online e offline via computador ou aplicativo no celular. Ao realizar o primeiro acesso, o aluno faz um teste de proficiência que vai colocá-lo no nível mais apropriado. Para avançar nas etapas de dificuldade, os estudantes devem concluir todas as lições, atividades e testes de cada estágio de aprendizado.

Renato Feder, secretário estadual de Educação, destacou como o programa auxiliará o estudante a ingressar no mercado de trabalho.

“Criamos o Inglês Paraná visando preparar nossos estudantes para os desafios contemporâneos, para um mercado de trabalho que busca, cada vez mais, profissionais capazes de se comunicar em um mundo globalizado”, afirmou.

O programa beneficiará inicialmente até 420 mil estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental até o 3º ano do Ensino Médio e mais de 4 mil professores da disciplina na rede estadual. O investimento foi de cerca de R$ 13 milhões, aplicados especialmente no desenvolvimento do sistema digital.

A secretaria treinou os professores para o uso da plataforma desde agosto, e começou a implementar a iniciativa como projeto-piloto em setembro. Além do conteúdo principal, também estão disponíveis na plataforma materiais complementares, tais como um sistema de leitura textual com reprodução sonora e consulta a periódicos em inglês.

“Modernizar e inovar a educação é um grande foco do Governo. Estamos nos inspirando nos países de primeiro mundo para trazer o que tem de mais moderno para os jovens paranaenses”, complementou o governador.

AUTONOMIA – O modelo de ensino focado na experiência do aluno estimula o aprendizado de forma mais autônoma, sendo complementado pelos professores na sala de aula.

Professora de inglês há mais de 20 anos, Carolina Merisio Ferreira explicou que o projeto propõe uma mudança de paradigma no ensino: o professor se torna um mediador do conhecimento, o que desenvolve autonomia e protagonismo no aluno.

A plataforma também permite ao professor acessar informações individualizadas sobre cada estudante, avaliando sua evolução e dando suporte às eventuais dúvidas que surgem. Para a professora, isso auxilia no planejamento do ensino.

“Baseados nas aulas que o aluno faz em casa, os professores podem criar instrumentos avaliativos, fazendo avaliações que são transformadas em nota. Em sala, eu projeto no quadro as lições da plataforma para os alunos e eles podem acessar pelo celular, ou via computador em sala. Com certeza o trabalho ficou mais facilitado”, explicou a professora.

Uma de suas alunas é Joana Ladislau Brandão, de 17 anos, estudante do 3º ano do Ensino Médio e aspirante à Medicina. Ela pontuou que o conhecimento de inglês colabora para sua futura colocação nos meios acadêmico e profissional, permitindo a compreensão de artigos científicos e sua participação em futuros congressos e cursos internacionais.

“A plataforma tem uma linguagem voltada ao mundo corporativo, que a gente não tem tanto contato em outros cursos ou até na escola. É muito legal porque é um inglês totalmente necessário”, avalia Joana.

Ela acrescenta que o sistema é ótimo para estudar, já que se adequa às necessidades de cada aluno.

“Cada um tem seu nível de aprendizagem. Eu costumo estudar no computador, e também baixo lições offline no aplicativo. Isso ajuda porque, quando estou meio sem nada para fazer e sem internet, aproveito para fazer as atividades. Elas são bem rápidas, adaptadas para o dia a dia e simples de serem entendidas”, complementou a estudante.

Com informações da AEN
Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Notícias

Unespar divulga lista de aprovados no vestibular 2022

Matrículas acontecerão nos dias 6 e 7 de dezembro, de forma online.

Publicado

no

Por

A Universidade Estadual do Paraná (Unespar), divulgou nesta terça-feira (30/11), a lista de aprovados em primeira chamada no Vestibular 2022. As matrículas acontecerão entre os dias 6 e 7 de dezembro, de forma online mediante preenchimento do requerimento de matrícula, disponível AQUI.

Neste ano o Vestibular 2022 aconteceu de forma remota e sem etapas presenciais, por meio de dois métodos de ingresso:

  • Média final (nota) do Concurso Vestibular da Unespar, das edições de 2018, ou 2019, ou 2020;
  • Média final (nota) do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, das edições de 2015, ou 2016, ou 2017, ou 2018, ou 2019, ou 2020.

Próximas chamadas

Fique atento/a para as próximas datas de divulgação de edital:

Edital de segunda chamada – 10/12/2021

Edital de terceira chamada – 20/12/2021

A instituição informa ainda, que abrirá vagas para ingresso, por meio do SiSU, com a nota do Enem 2021.

Acesse a lista de aprovados AQUI.

Da Unespar

Continuar Lendo

Notícias

Plenário do TSE mantém prefeito de Paranaguá no cargo

Maioria dos ministros negou recurso que pedia a cassação do registro de candidatura dele

Publicado

no

Por

Decisão manteve Marcelo no cargo

Na sessão de julgamentos desta terça-feira (30/11), o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou, por maioria, provimento a recurso apresentado pela coligação Nova Paranaguá e pelo candidato Aramis Nascimento (DEM), o “Pichaco”, e manteve o registro de candidatura do atual prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque (Pode).

Os autores do recurso alegavam que Marcelo Roque não poderia assumir o cargo, em virtude de essa situação configurar o terceiro mandato consecutivo do mesmo grupo familiar.

Em 2012, o pai de Marcelo Roque havia sido prefeito da cidade, mas faleceu seis meses após assumir o cargo. Na eleição seguinte, em 2016, Marcelo foi eleito para conduzir a prefeitura. E, em 2020, foi reeleito para o cargo.

Ao julgar o caso, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) julgou improcedentes as Ações de Impugnação ao Registro de Candidatura e deferiu o registro de Marcelo Roque ao cargo, que assumiu a gestão do Executivo da cidade-mãe do Paraná.

De acordo com o relator do processo, ministro Sérgio Banhos, a eleição do candidato no pleito de 2016 não materializou a permanência do respectivo grupo familiar no poder e, dessa forma, não pode ser caracterizado um terceiro mandato consecutivo.

“A Corte Regional agiu corretamente ao reconhecer que, nas últimas eleições municipais, o candidato conquistou o seu primeiro mandato, podendo, em consequência, ser reeleito para o período subsequente, o atual, de 2021 a 2024”, afirmou.

Acompanhando o relator, o ministro Alexandre de Moraes, que havia pedido vista do processo, ressaltou ainda que, com a morte do pai ex-prefeito, houve um “rompimento do vínculo familiar para fins da incidência da inelegibilidade, afastando, nesse caso, esse precedente relacionado ao parentesco”.

Divergência
Único a divergir do relator, o ministro Carlos Horbach deu provimento ao recurso, manifestando o entendimento de que o registro de candidatura de Roque deveria ser indeferido, porque o vínculo do pai com o filho não teria sido afastado pela morte.

Do TSE
Continuar Lendo

Notícias

Mega-Sena pode pagar R$ 12 milhões nesta quarta-feira

Sorteio acontece às 20h, com transmissão ao vivo.

Publicado

no

Por

A Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 12 milhões nesta quarta-feira (1º/12). O sorteio do concurso 2433 será realizado às 20h, no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo, com transmissão ao vivo pelo canal da Caixa no Youtube e também pela página oficial da Caixa no Facebook.

Como apostar – As apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. Para realizar as apostas pela internet é necessário realizar um cadastro e ser maior de idade (18 anos ou mais). O valor da aposta mínima é de R$ 4,50.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.