Ligue-se a nós

Notícias

Saúde recomenda retorno gradual dos procedimentos cirúrgicos eletivos no Paraná

Decisão objetiva diminuir a fila de espera

Publicado

no

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) publicou na última semana uma nova recomendação sobre a realização de procedimentos cirúrgicos eletivos no Paraná. A orientação é de que os prestadores de serviços retomem as atividades gradualmente.

“Esta nova orientação para a retomada completa dos procedimentos cirúrgicos eletivos visa à diminuição da fila de espera que consequentemente aumentou em todo o país durante a pandemia, além do fortalecimento dos serviços de saúde e a resposta ao cidadão paranaense que aguarda pelo atendimento”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Resolução Sesa nº 1.268/2020 dispõe sobre a implementação e manutenção das medidas de enfrentamento à Covid-19.

O artigo 22 da publicação recomenda que os prestadores contratualizados pela Sesa, retomem gradualmente os procedimentos, compatibilizando as agendas de modo a reduzir o risco de escassez de medicamentos anestésicos e relaxantes musculares, visando a otimização do estoque existente e preservando sua utilização para terapias intensivas e emergenciais.

Já o artigo 23, alerta que os demais hospitais privados e não contratualizados pela Sesa, que não constem no plano de atendimento Covid-19, também ficam autorizados a realizarem quaisquer procedimentos cirúrgicos eletivos hospitalares.

As recomendações não se aplicam aos procedimentos de cardiologia, oncologia, nefrologia, exames e procedimentos de urgência ou emergência e procedimentos a serem realizados em âmbito ambulatorial, visto que estes estão liberados em definitivo.

RECOMENDAÇÕES –  As medidas de suspensão das cirurgias eletivas foram adotadas desde março para o contingenciamento de medicamentos anestésicos e relaxantes musculares que estão sendo demandados aos pacientes internados com Covid-19, bem como para controlar a ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva no Estado.

Inicialmente a Resolução Sesa nº 338/2020, recomendou a suspensão temporária das cirurgias eletivas. Logo após, a Resolução nº 395/2020 suspendeu a realização de cirurgias bariátricas. Em julho, a Resolução nº 926/2020 autorizou a realização de procedimentos cirúrgicos ambulatoriais.

Em 21 de agosto, a Resolução nº 1026/2020 alterou as recomendações anteriores e restringiu somente os procedimentos cirúrgicos eletivos hospitalares com demanda de terapia intensiva no pós-operatório e/ou em pacientes sob anestesia geral.

No mês passado, a Resolução nº 1.116/2020 revogou a Resolução nº 1.026/2020 e autorizou que hospitais privados que não estivessem no plano de atendimento Covid-19 e/ou não fossem contratualizados pela Sesa, realizassem quaisquer procedimentos eletivos hospitalares, desde que se responsabilizassem pela aquisição dos insumos anestésicos para o cumprimento destas atividades.

Da AEN

Deixe seu comentário!

Notícias

Litoral registra mais 1 óbito e 103 novos casos de Covid nesta quarta-feira

Paraná ultrapassa 285 mil casos confirmados da doença

Publicado

no

Por

O Litoral do Paraná registrou mais 1 óbito e 103 novos casos de Covid-19 nesta quarta-feira (2). Os dados estão no informe epidemiológico da Secretaria do Estado da Saúde (Sesa).

O óbito confirmado no boletim é de um morador de Morretes. Os novos casos foram registrados em: Paranaguá (68); Morretes (17); Guaratuba (13); Antonina (3); Guaraqueçaba (1) e Pontal do Paraná (1).

Com essas informações, a região litorânea passa a ter 10.197 casos e 213 óbitos em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.

CASOS POR CIDADE – Paranaguá (5.862); Guaratuba (1.126); Antonina (899); Pontal (807); Morretes (789); Matinhos (590) e Guaraqueçaba (124).

ÓBITOS – Paranaguá (107); Guaratuba (25); Matinhos (23); Antonina (21); Pontal (17); Morretes (16) e Guaraqueçaba (4).

RECUPERADOS – 7.914 pessoas já teriam se recuperado da doença. Em Paranaguá (4.489); em Guaratuba (933); em Antonina (753); em Pontal do Paraná (639); em Morretes (555); em Matinhos (484) e em Guaraqueçaba (61).

O Paraná soma 285.837 casos e 6.188 mortos em decorrência da doença.

Veja o Boletim da Sesa.

Continuar Lendo

Notícias

Pandemia de Covid-19 faz Prefeitura de Pontal do Paraná suspender concurso

Provas seriam realizadas no sábado (5) e no domingo (6)

Publicado

no

Por

A Prefeitura de Pontal do Paraná decidiu suspender o concurso público 001/2020 e adiar as provas marcadas para os dias 5 e 6 de dezembro, sábado e domingo próximos. Em nota, a Prefeitura não citou nenhuma data para a realização das provas.

A decisão considerou vários aspectos ligados ao significativo aumento de pessoas contaminadas pela Covid-19 no Paraná, bem como as medidas adotadas pelo Governo do Estado para ajudar a conter a disseminação do novo coronavírus.

“A realização do concurso público com a reunião dos candidatos seria temerária, podendo implicar num crescimento exponencial no número de casos no município”, diz a nota assinada pelo prefeito Fabiano Alves Maciel (Binho).

A Prefeitura destacou ainda que houve 8.018 inscritos para a realização do concurso, “número expressivo que inevitavelmente iria acarretar num aumento de pessoas neste município, pois representa aproximadamente um adicional de 30% de sua população, em contradição às medidas de proteção do contágio pela Covid-19”.

VEJA A NOTA DA PREFEITURA
Continuar Lendo

Notícias

Comércio do Litoral do Paraná se prepara para a alta temporada atípica

Várias estratégias de segurança estão sendo adotadas para receber os veranistas

Publicado

no

Por

Cidade de Guaratuba (Foto: Arnaldo Alves)

A chegada do verão costuma multiplicar o número de turistas nas praias do Litoral do Paraná. No último réveillon, as cidades de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná juntas receberam mais de 1 milhão e 200 mil turistas para as festividades de ano novo. Para as festas de 2020, mesmo durante a pandemia, os comerciantes estão esperançosos para registrar resultados semelhantes.

A Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Guaratuba (ACIG), Solange Aparecida de Souza e Silva, explica que o setor alimentício litorâneo foi um dos mais afetados devido à medida restritiva de isolamento social.

“Para poder receber os clientes, os restaurantes têm se reorganizado para o atendimento interno e redobrado os cuidados na produção. Além disso, os serviços de entrega já estão fazendo parte do dia a dia desses empreendimentos”, diz.

A Rede Bangalô dos Pastéis, que conta com duas unidades nas cidades de Matinhos e Guaratuba, aproveitou os meses que antecedem o verão para realizar treinamentos com os funcionários sobre cuidados e prevenções com a doença.

“Todo mundo está na ânsia de chegar ao fim da pandemia, voltar à normalidade, querendo sair, aproveitar. Mas enquanto isso não acontece, queremos estar preparados para atender os clientes com segurança”, conta Augusto Pedrotti, sócio proprietário do Bangalô dos Pastéis.

Além dos treinamentos, a rede também vai disponibilizar álcool em gel na entrada do estabelecimento, distribuir cartilhas educativas contendo os cuidados com o vírus, implantar o processo de medição de temperatura na testa ao entrar na loja, fornecer embalagens higienizadas, entre outras estratégias rígidas para a prevenção da doença.

“Vários outros empreendimentos do litoral também estão buscando formas de oferecer mais segurança e conforto aos clientes durante a alta temporada. É a época mais importante do ano para nós, e precisamos passar muita segurança para que o nosso público venha para o litoral e consuma sem riscos”, completa Pedrotti.

Proprietários da Rede Bangalô dos Pastéis

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.