Ligue-se a nós

Notícias

Prisão de ex-marido de Andrielly deverá ser prorrogada

DIOGO COELHO COSTA É O PRINCIPAL SUSPEITO DO CRIME

Publicado

no

Diogo Coelho Costa está detido desde 19 de maio

Banda B
Diante da descoberta do corpo da jovem Andriely Gonçalves da Silva, de 22 anos, a Polícia Civil pedirá à Justiça a prorrogação, por mais um mês, da prisão temporária do ex-marido Diogo Coelho Costa. O soldado da Polícia Militar (PM), que está detido desde o dia 19 de maio, é o principal suspeito de cometer o homicídio.

A estudante de Direito foi encontrada morta às margens da Estrada da Graciosa no fim da tarde da última sexta-feira (8), quase um mês após o desaparecimento. Nesta segunda (11), o Instituto Médico Legal (IML) confirmou oficialmente a identidade do corpo, por meio de exames da arcada dentária.

Segundo o delegado Reinaldo Zequinão, essa descoberta faz a investigação avançar. “A prisão temporária do Diogo está quase vencendo. Por isso, vamos analisar todos os elementos já produzidos e encaminhar a petição ao meio judiciário, além de apontar as diligências que ainda devem ser feitas. Nós precisamos da prorrogação do prazo. Só não pedimos a prisão preventiva, por enquanto, devido às peculiaridades do caso”, disse ele em entrevista à Banda B.

De acordo com o delegado, uma das pistas mais importantes é o sangue encontrado no veículo do ex-marido de Andriely, identificado com o uso do luminol – substância química que torna visível manchas que não podem ser vistas a olho nu. O IML já coletou uma amostra de sangue da mãe da vítima para o confronto de DNA.

“O mais importante era encontrar o corpo, que comprova o homicídio, a hipótese mais forte com a qual já trabalhávamos. O problema é que, devido ao estado avançado de decomposição, ainda não conseguimos definir a causa da morte”, completou Zequinão.

Análise do corpo
O diretor do IML, Paulino Pastre, declarou que todas as pesquisas possíveis já foram realizadas a partir da análise do corpo. “Nós estamos trabalhando desde o sábado de manhã e já fizemos tudo o que poderia ser feito. Examinamos toda a parte da arcada dentária e não constatamos nenhuma fratura. Não conseguimos apurar a causa médica da morte, devido ao estado avançado de decomposição”, explicou.

Não foi identificado, a princípio, nenhum sinal de agressão que poderia ter provocado a morte de Andrielly. O casaco que a estudante usava continha três perfurações, que ainda precisam ser analisadas. “Pode ser algo relacionado ao caso ou simplesmente marcas provocadas pelo tempo, ou pelo corpo ter rolado em declive, não temos como afirmar. Em uma semana, no entanto, teremos o resultado dos exames do sangue no carro”, concluiu.

Defesa
Após a descoberta do corpo, a defesa de Diogo voltou a negar o envolvimento dele no crime. A versão do soldado dá conta de que ele deixou Andriely “perto de uma rodovia ou de um ponto de ônibus” na madrugada do desaparecimento, porque ela “tinha intenções de ir para São Paulo”.

Sobre o sangue no automóvel, a defesa alega que se trata de menstruação da jovem, porque ela sofreria de endometriose, o que causava um fluxo muito intenso no período menstrual.

Diogo está preso na Penitenciária Estadual de Piraquara (PEC), na região metropolitana de Curitiba. A Delegacia do Alto Maracanã, em Colombo, continua a investigar o caso.

Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Notícias

Informe da Sesa registra 10 novos casos da dengue no Litoral

Ao todo são 722 casos confirmados no Paraná.

Publicado

no

Por

O boletim semanal da dengue publicado na terça-feira (25/01), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), registrou mais 10 casos da doença no Litoral, sendo 3 em Guaratuba, 3 em Paranaguá e 4 em Pontal do Paraná. Guaratuba e Paranaguá apresentam casos autóctones.

78 casos seguem em investigação na região: Antonina, Guaraqueçaba (3), Guaratuba (2), Matinhos, Paranaguá (61) e Pontal do Paraná (10).

Ao todo são aproximadamente 16 mil casos suspeitos e 722 confirmados no Estado. Os dados são do 22º Informe Epidemiológico, do novo período sazonal da doença, que iniciou no dia 1º de agosto e deve seguir até julho de 2022.

Até o momento, 308 municípios registraram notificações de dengue. Destes, 119 confirmaram a doença, sendo 84 com casos autóctones, ou seja, a dengue foi contraída no município de residência. Há ainda 2.620 casos em investigação e nenhum registro de óbito neste período.

Mais de 11 mil casos foram descartados desde o início do período de análise, entre 15,9 mil notificações.

Confira o informe completo clicando AQUI.

Com informações da Sesa
Continuar Lendo

Notícias

Justiça condena caseiro por assassinato de empresário curitibano em Matinhos

Crime ocorreu em junho de 2021 no balneário Perequê

Publicado

no

Por

Thiago Leal Barros, de 35 anos (foto), foi condenado pela Justiça, nesta semana, a 44 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato do empresário curitibano Maruan Uthman Majid, em 13 de junho de 2021, no balneário Perequê, em Matinhos. Thiago era caseiro do empresário e foi preso pela Polícia Civil três dias após o crime.

Na época, Maruan, de 52 anos – que era proprietário da loja de roupas infantis Xiquita – foi morto com três tiros quando chegava em sua residência junto com a namorada, de 44 anos. A mulher também foi atingida por um tiro no rosto, mas sobreviveu. E apontou o caseiro como o autor dos disparos.

MOTIVAÇÃO
Thiago Barros – que trabalhava há anos para a família do empresário – teria sido surpreendido pelo empresário e pela namorada dentro da residência de Maruan, no balneário Perequê. Ele teria furtado algumas armas colecionadas por Maruan, o que teria motivado uma discussão que culminou nos tiros.

À época, a delegada Sâmia Coser, titular da delegacia de Matinhos, disse que a namorada do empresário apontou Thiago como autor dos disparos, o que motivou um pedido de prisão temporária do caseiro. Porém, quando a polícia o procurou, o caseiro já havia desaparecido, reaparecendo dias depois, acompanhado de um advogado.

Mesmo negando o crime, Thiago Leal Barros foi preso pela Polícia Civil, permanecendo na cadeia até enfrentar o Tribunal do Júri, na última terça-feira (25/01).

NOTÍCIA RELACIONADA

Preso suspeito de matar empresário no último domingo em Matinhos

Continuar Lendo

Notícias

UFPR abre inscrições para cursos de idiomas

Inscrições vão até sexta-feira (28), pela internet

Publicado

no

Por

UFPR Litoral

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) está com inscrições abertas para 14 cursos de idiomas do Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin).

Inscrição – Novos estudantes têm até sexta-feira (28/01) para fazer um pré-cadastro via plataforma do Siga e validá-lo, para ter acesso ao sistema. Para quem já estuda no Celin, o período de adesão encerrou no dia 25. As aulas devem começar no dia 7 de fevereiro, terminando em junho.

Confira os cursos disponíveis:

  • Alemão;
  • Espanhol;
  • Francês;
  • Grego;
  • Inglês extensivo;
  • Inglês instrumental;
  • Inglês conversação;
  • Italiano;
  • Japonês;
  • Latim;
  • Libras;
  • Português como língua estrangeira;
  • Polonês;
  • Redação em língua portuguesa.

Devido à pandemia, as aulas devem começar no sistema remoto. Entretanto, a instituição informou que as atividades presenciais devem ser iniciadas assim que houver melhora nos índices epidemiológicos.

Os interessados em ingressar em turmas intermediárias ou avançadas podem realizar teste de nivelamento online, conforme instruções que serão repassadas para cada curso. Os testes de nivelamento são gratuitos para todos os alunos.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.