Ligue-se a nós

Notícias

Portos do Paraná realiza recuperação de áreas degradadas em Antonina

Esta é a terceira fase do Programa de Recuperação de Áreas de Proteção Permanente Degradadas (PRAD).

Publicado

no

Fotos: Ecotec

A Portos do Paraná deu início nesta semana, em Antonina, à terceira fase do Programa de Recuperação de Áreas de Proteção Permanente Degradadas (PRAD), que prevê a recuperação, com técnicas agroflorestais, de cerca de 40 hectares localizados em áreas de preservação permanente (como o entorno de rios) dentro de pequenas propriedades rurais. A iniciativa terá impacto direto na redução da quantidade de sedimentos carregados pela chuva até o Complexo Estuarino de Paranaguá.

Das sete reuniões de adesão dos proprietários/agricultores ao projeto, quatro já aconteceram: uma na Bacia Hidrográfica do Rio Pequeno, duas na Bacia Hidrográfica do Alto Cachoeira e uma na Bacia Hidrográfica do Rio de Nunes.

Durante os encontros são lidos os termos de adesão ao PRAD, esclarecidas as dúvidas e apresentadas as responsabilidades dos proprietários/parceiros e também da equipe executora do projeto.Para João Paulo Santana, diretor de Meio Ambiente da Portos do Paraná, é fundamental os agricultores entenderem a importância da recuperação das áreas degradadas.

“Eles não vão simplesmente plantar florestas. Vão fazer isso com espécies de interesse econômico que podem, além de produzir comida, gerar renda, fortalecer a biodiversidade e sequestrar carbono da atmosfera”, destaca Santana.

“O Sistema Agroflorestal é uma das formas de gestão territorial gerida pela cultura permanente em que cada ser humano tem que se responsabilizar pelos seus impactos sobre o planeta”.

O diretor ressalta ainda que o Programa de Recuperação de Áreas Degradadas vai ao encontro das ações de redução de mudanças climáticas.

“Esses projetos de parceria e conscientização das comunidades são premissas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Acredito que sejamos um dos primeiros portos do mundo a implantar uma ação como essa, neste formato”, arremata.APOIO – Suzane Álvares, coordenadora de implantação de sistemas agroflorestais da Ecotec, empresa contratada pela Portos do Paraná para executar o projeto, conta que os dois primeiros encontros foram muito produtivos.

“Os agricultores estão animados com o início iminente das atividades práticas do programa, ansiosos para começar as implantações dos viveiros e capacitações, como também para o início dos planejamentos dos sistemas agroflorestais e da realização dos cadastros ambientais rurais”, afirma.

“Após os encontros de adesões ainda faremos uma busca pelas pessoas que não puderam comparecer aos encontros, na primeira semana de fevereiro”, explica Angélica Soares, coordenadora socioambiental da Ecotec.

Mais três encontros de adesão estão agendados para janeiro:

  • na Bacia Hidrográfica do Alto Cachoeira no dia 14;
  • na Bacia Hidrográfica do Baixo Cachoeira no dia 21;
  • na Bacia Hidrográfica Rio Pequeno no dia 22.

CONDICIONANTE – A execução do Programa de Recuperação de APPs Degradadas para a APA Federal de Guaraqueçaba foi estabelecida como condicionante da Autorização de Licenciamento Ambiental nº 10/2012, emitida pelo ICMBio, e da Licença de Instalação nº 1144/2016, emitida pelo Ibama, ambas referentes às obras de dragagem de aprofundamento do canal de navegação, acesso e berços do Porto de Paranaguá.

Portos do Paraná chama mais 14 aprovados do Concurso de 2017

A Portos do Paraná vai contratar mais 11 agentes e 3 técnicos portuários para atuarem nas funções de Assistente Administrativo e na Operação Aduaneira e Logística. Todos eles foram aprovados no Concurso Público de 2017. A convocação oficial já foi assinada pela direção da empresa pública com o edital publicado no Diário Oficial do Estado do Paraná desta quinta-feira, dia 13, e também em www.portosdoparana.pr.gov.br.

Para confirmar a contratação, os novos portuários precisarão comparecer de 17 a 21 de janeiro no Palácio Taguaré, apresentar todos os documentos exigidos em edital e passar pelos exames clínicos e laboratoriais solicitados pela empresa.

Em caso de não comparecimento, ausência de qualquer certidão exigida pela empresa pública ou reprovação no exame admissional, outros candidatos aprovados serão chamados. É importante lembrar ainda que os concursos públicos estão com a validade congelada enquanto perdurar a vigência do estado de calamidade pública declarado por meio do Decreto n° 4.319, de 23 de março de 2020, em razão da pandemia da Covid-19 (SARS-CoV-2).

Acesse o Edital de Convocação com a relação dos aprovados AQUI.

Da Portos do Paraná
Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Notícias

Informe da Sesa registra 10 novos casos da dengue no Litoral

Ao todo são 722 casos confirmados no Paraná.

Publicado

no

Por

O boletim semanal da dengue publicado na terça-feira (25/01), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), registrou mais 10 casos da doença no Litoral, sendo 3 em Guaratuba, 3 em Paranaguá e 4 em Pontal do Paraná. Guaratuba e Paranaguá apresentam casos autóctones.

78 casos seguem em investigação na região: Antonina, Guaraqueçaba (3), Guaratuba (2), Matinhos, Paranaguá (61) e Pontal do Paraná (10).

Ao todo são aproximadamente 16 mil casos suspeitos e 722 confirmados no Estado. Os dados são do 22º Informe Epidemiológico, do novo período sazonal da doença, que iniciou no dia 1º de agosto e deve seguir até julho de 2022.

Até o momento, 308 municípios registraram notificações de dengue. Destes, 119 confirmaram a doença, sendo 84 com casos autóctones, ou seja, a dengue foi contraída no município de residência. Há ainda 2.620 casos em investigação e nenhum registro de óbito neste período.

Mais de 11 mil casos foram descartados desde o início do período de análise, entre 15,9 mil notificações.

Confira o informe completo clicando AQUI.

Com informações da Sesa
Continuar Lendo

Notícias

Justiça condena caseiro por assassinato de empresário curitibano em Matinhos

Crime ocorreu em junho de 2021 no balneário Perequê

Publicado

no

Por

Thiago Leal Barros, de 35 anos (foto), foi condenado pela Justiça, nesta semana, a 44 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato do empresário curitibano Maruan Uthman Majid, em 13 de junho de 2021, no balneário Perequê, em Matinhos. Thiago era caseiro do empresário e foi preso pela Polícia Civil três dias após o crime.

Na época, Maruan, de 52 anos – que era proprietário da loja de roupas infantis Xiquita – foi morto com três tiros quando chegava em sua residência junto com a namorada, de 44 anos. A mulher também foi atingida por um tiro no rosto, mas sobreviveu. E apontou o caseiro como o autor dos disparos.

MOTIVAÇÃO
Thiago Barros – que trabalhava há anos para a família do empresário – teria sido surpreendido pelo empresário e pela namorada dentro da residência de Maruan, no balneário Perequê. Ele teria furtado algumas armas colecionadas por Maruan, o que teria motivado uma discussão que culminou nos tiros.

À época, a delegada Sâmia Coser, titular da delegacia de Matinhos, disse que a namorada do empresário apontou Thiago como autor dos disparos, o que motivou um pedido de prisão temporária do caseiro. Porém, quando a polícia o procurou, o caseiro já havia desaparecido, reaparecendo dias depois, acompanhado de um advogado.

Mesmo negando o crime, Thiago Leal Barros foi preso pela Polícia Civil, permanecendo na cadeia até enfrentar o Tribunal do Júri, na última terça-feira (25/01).

NOTÍCIA RELACIONADA

Preso suspeito de matar empresário no último domingo em Matinhos

Continuar Lendo

Notícias

UFPR abre inscrições para cursos de idiomas

Inscrições vão até sexta-feira (28), pela internet

Publicado

no

Por

UFPR Litoral

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) está com inscrições abertas para 14 cursos de idiomas do Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin).

Inscrição – Novos estudantes têm até sexta-feira (28/01) para fazer um pré-cadastro via plataforma do Siga e validá-lo, para ter acesso ao sistema. Para quem já estuda no Celin, o período de adesão encerrou no dia 25. As aulas devem começar no dia 7 de fevereiro, terminando em junho.

Confira os cursos disponíveis:

  • Alemão;
  • Espanhol;
  • Francês;
  • Grego;
  • Inglês extensivo;
  • Inglês instrumental;
  • Inglês conversação;
  • Italiano;
  • Japonês;
  • Latim;
  • Libras;
  • Português como língua estrangeira;
  • Polonês;
  • Redação em língua portuguesa.

Devido à pandemia, as aulas devem começar no sistema remoto. Entretanto, a instituição informou que as atividades presenciais devem ser iniciadas assim que houver melhora nos índices epidemiológicos.

Os interessados em ingressar em turmas intermediárias ou avançadas podem realizar teste de nivelamento online, conforme instruções que serão repassadas para cada curso. Os testes de nivelamento são gratuitos para todos os alunos.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.