Ligue-se a nós

Notícias

Porto de Paranaguá vai receber cargas postais dos Correios

Modal marítimo surge como alternativa para a redução dos voos comerciais, afetados pela pandemia da Covid-19.

Publicado

no

Fotos: Cláudio Neves

O Porto de Paranaguá foi escolhido para receber a primeira grande movimentação de cargas postais vindas da China para os Correios. Entre e junho e julho serão desembarcados 34 contêineres. O modal marítimo surge como alternativa para a redução dos voos comerciais, afetados pela pandemia da Covid-19.

Nesta segunda-feira (01), o superintendente estadual dos Correios no Paraná, Paulo Cezar Kremer dos Santos, visitou o Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) e se reuniu com o presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

O aumento nos valores do frete aéreo é um dos motivos para a escolha do modal marítimo.
“A redução dos voos internacionais tem impacto direto nas importações, já que muitos produtos chegam do Exterior no compartimento de carga dos aviões de passageiros. O transporte marítimo se manteve durante a pandemia e é uma alternativa eficiente”, explica Garcia.

Dois contêineres chegaram já no sábado (30) e aguardam o desembaraço aduaneiro para seguir viagem até o Centro Internacional de Triagem da estatal, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo os Correios do Brasil, em nota, em decorrência de medidas para reduzir a disseminação da Covid-19, objetos postados na China estavam retidos naquele país, sem perspectiva de envio.

“Os correios brasileiro e chinês firmaram acordo para viabilizar o transporte de encomendas e documentos vindos da China por meio marítimo. A decisão atende solicitação da União Postal Universal (UPU) – agência especializada da ONU que coordena o sistema postal internacional – para flexibilizar os modais de encaminhamento e desburocratizar a entrada de cargas postais pelas alfândegas mundiais”, traz o texto oficial.

VISITA
O superintendente estadual dos Correios no Paraná, Paulo Cezar Kremer dos Santos, conheceu as instalações do TCP, acompanhado do gerente regional de Transporte e Tratamento, Paulo Santiago da Silva, e do gerente do Centro Internacional dos Correios, em Pinhais/PR, Jonas Paulo Kusminski.
“Essa primeira operação foi iniciada em função de toda a situação criada pela pandemia. Porém, é uma possibilidade que pode continuar. Vejo como uma boa oportunidade, principalmente pela questão do custo pela proximidade com o Centro Internacional de Triagem, em Pinhais”, destaca Kremer.

Segundo ele, o Centro, localizado na Região Metropolitana de Curitiba, tem 20 mil metros quadrados e é responsável pelo recebimento e desembaraço de grande parte das encomendas internacionais que chegam ao Brasil.  “É o maior centro de distribuição internacional dos Correios, no Brasil”, diz.
TERMINAL
No Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), os representantes dos Correios foram recepcionados pelo diretor comercial, Thomas Lima, e pelo superintendente institucional, Luiz Narok.

A demanda para este primeiro lote veio do armador Cosco Shipping, solicitada pelo serviço postal chinês, China Post.

“Esta operação abriu uma porta importante para que novas remessas de cargas postais sejam movimentadas via Paranaguá. Estamos preparados em estrutura e em número de linhas marítimas semanais. Podemos receber cargas postais não apenas da China, mas de todas as partes do mundo”
, acrescenta Lima.

Da AEN
Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Notícias

Paranaguá recebe 15 veículos para atendimento à saúde

Automóveis serão usados pelas equipes municipais da estratégia de saúde da família e para atendimento à atenção primária.

Publicado

no

Por

Investimento do Governo do Estado foi de R$ 517,5 mil.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta quinta-feira (29/7) das comemorações dos 373 anos de Paranaguá, a cidade mais antiga do Paraná. Na cerimônia, ele oficializou a entrega, por meio de doação, de 15 veículos que serão usados pelas equipes municipais da estratégia de saúde da família e também para atendimento à atenção primária. O investimento do Governo do Estado foi de R$ 517,5 mil.

“Essa ação é resultado da união de todos os setores por Paranaguá. Porque quando Paranaguá vai bem, o Litoral vai bem e o Paraná vai bem também”, afirmou Ratinho Junior.

“São 15 carros para atender idosos, as famílias e aquelas pessoas que ficaram com algum tipo de sequela após a contaminação por Covid, algo que tem se mostrado bastante comum. Assistência e saúde reforçadas, algo fundamental para a população”, acrescentou.

O governador ressaltou que os novos veículos fazem parte da maior renovação da frota da Saúde no Paraná, com investimento total de R$ 41,7 milhões na aquisição de 1.211 automóveis para as secretarias municipais de saúde dos 399 municípios do Estado.

Inicialmente, o valor aproximado de cada veículo era de R$ 46,3 mil, mas foi para R$ 34,5 mil por unidade após a licitação. Os carros são do modelo Gol, da Volkswagen, e têm motor 1.0, ar-condicionado, direção hidráulica e quatro portas.

“É o Estado mais perto da população, buscando sempre a melhoria da qualidade de vida, especialmente daqueles que mais precisam desse suporte do governo”, destacou Ratinho Junior.

Secretário de Estado da Saúde, Beto Preto ressaltou que a frota fortalecerá a atenção primária à saúde, com a finalidade de dar respostas às expectativas e necessidades da população do Litoral.

“Essa frota será essencial na preparação do atendimento da população no pós-Covid”, afirmou.

Ele lembrou também que o Estado tem mais dois projetos em andamento que vão melhorar ainda mais o sistema de saúde de Paranaguá.

“Teremos a reforma da maternidade e a transformação da antiga biblioteca Mário Lobo em um ambulatório médico de especialidades. Os projetos serão apresentados nos próximos dias”, disse Beto Preto.PAVIMENTAÇÃO – O Governo do Estado colaborou também com a execução de outra obra importante para o desenvolvimento de Paranaguá, com a agilização, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), das licenças que permitiram a pavimentação asfáltica de 2.844,96 metros na Ilha dos Valadares.

A ação contemplou as ruas José Vicente Elias, João Teixeira e Henrique dos Santos e totalizou R$ 2,2 milhões, financiados pelo Banco do Brasil. A revitalização também foi entregue nesta quinta-feira.

De acordo com a prefeitura do município, cerca de 30 mil pessoas residem na localidade.

“Era uma reivindicação antiga da comunidade, que esbarrava na falta de visão voltada para o desenvolvimento, por isso nunca saía do papel. Nós escolhemos ser mais ágeis e elegemos esse modelo como prioridade”, comentou Ratinho Junior.

A obra contempla também calçamentos em bloquetes, o que mantém a originalidade e as características da Ilha. A pavimentação das vias, explicou o secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, só foi possível após análise técnica do Instituto Água e Terra (IAT), vinculado à Sedest.

De acordo com o órgão, como a obra não causaria impactos danosos ao patrimônio natural do Litoral, foi dispensado o licenciamento ambiental, dentro da estratégia do Estado de desburocratizar a máquina pública com o programa Descomplica.

“É um momento histórico, levar um pouco de conforto para as pessoas com o asfaltamento dessas ruas. Com equilíbrio e bom senso, sendo ágil mas com segurança técnica e jurídica, conseguimos dar celeridade a esse processo de inclusão social”, afirmou Nunes.ESTÁDIO-ESCOLA – Ratinho Junior participou também da entrega da primeira fase da reforma do Estádio Fernando Charbub Farah. Conhecido como Gigante do Itiberê, o complexo esportivo municipal foi inaugurado em setembro de 2004 e passou recentemente pela primeira grande intervenção com o objetivo de transformá-lo em um estádio-escola com capacidade para atender até mil crianças do ensino fundamental I em período integral.

Com a revitalização, o local passará a se chamar Complexo Educacional e Esportivo Municipal Mário Manoel das Dores Roque, aliando esporte, educação e cultura.A primeira fase da reforma contemplou a adequação do campo de futebol com instalação de grama sintética, a modernização das pistas de atletismo e salto em distância e a construção de mini quadras de vôlei e futebol. Além disso, foi feita toda a adequação do projeto para contenção de incêndio do local. O investimento municipal foi de R$ 5.031.247,22.

A próxima etapa prevê a construção das salas de aula, laboratórios, biblioteca, a cobertura de toda arquibancada e a restauração da fachada. A intenção da prefeitura é entregar a revitalização do complexo em até dois anos, usando o esporte como contraturno para as crianças de 5 a 11 anos matriculadas na rede municipal de ensino. O Estado vai ajudar a viabilizar a conclusão do projeto.

“É algo pioneiro, o primeiro estádio-escola da América Latina. As crianças vão poder estudar pela manhã e praticar esporte à tarde”, explicou o prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque.

Da AEN / Fotos: José Fernando Ogura
Continuar Lendo

Notícias

Projeto de Lei pretende extinguir salários dos vereadores de Matinhos

Proposta foi apresentada esta semana na Câmara Municipal

Publicado

no

Por

Miltinho Ribeiro apresentou projeto

Um Projeto de Lei, apresentado na terça-feira (27) na Câmara Municipal de Matinhos, pretende extinguir os salários dos vereadores da cidade.

O autor da proposta, Milton dos Santos, o Miltinho Ribeiro, defende ainda que o valor economizado seja aplicado totalmente na área da saúde municipal.

Ao justificar a sua proposição, Miltinho Ribeiro lembra que o cargo de vereador é, praticamente, uma exclusividade da legislação brasileira e que, na grande maioria dos países, a figura do legislador municipal inexiste.

“Em seu lugar, há os chamados ‘conselhos de cidadãos’, formados por representantes da comunidade e bairros, que geralmente trabalham sem remuneração ou ônus para os cofres públicos”, defende o autor da proposta.

Ainda segundo Miltinho Ribeiro, nesses países – como não há remuneração – o número de conselheiros é maior e as comunidades ficam mais bem representadas.

“Político não é profissão. A maioria dos vereadores são empresários, profissionais liberais, não dependendo de remunerações municipais”, ressalta.

Em Matinhos, 5% da receita da Prefeitura é destinada para a Câmara de Vereadores. A remuneração dos parlamentares municipais é de R$ 5.900.

Continuar Lendo

Notícias

Cinco apostas do Litoral acertam a quadra da Mega-Sena

Quina teve 48 ganhadores e cada um receberá R$ 48.523,22.

Publicado

no

Por

Cinco apostas do Litoral acertaram a quadra do concurso 2394 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira (28/7), em São Paulo. Cada uma receberá R$ 802,92.

Os jogos simples foram realizados em: Antonina (1), Paranaguá (3) e Pontal do Paraná (1).Prêmio principal – O Prêmio principal acumulou.

Os números sorteados foram: 05 – 16 – 25 – 36 – 42 – 44.

  • A quina teve 48 ganhadores, com prêmio médio de R$ 48.523,22.
  • A quadra teve 4.144 apostas ganhadoras e o prêmio médio para cada uma é de R$ 802,92.

Próximo sorteio  O próximo concurso será no sábado (31) com prêmio estimado em R$ 38 milhões.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.