Ligue-se a nós

Notícias

Polícia Civil prende quatro suspeitos de assaltos em Paranaguá

ELES ASSALTARAM UMA LOJA DE MÓVEIS E UM RESTAURANTE DA CIDADE

Publicado

no

Assaltantes já estão atrás das grades

Agora Litoral
A Polícia Civil de Paranaguá apresentou, na tarde desta segunda-feira, 12, quatro homens suspeitos de roubos na cidade. As prisões foram resultados de investigações e ocorreram nos bairros Portos dos Padres, Parque Agari e Jardim Ouro Fino. Um dos suspeitos já se encontrava preso por outro crime.

Geovani Mendes Simão, de 25 anos, Rodrigo Corrêa da Rosa, 30, Dan Eldur Madsen, 19, e Alisson Gomes da Rocha, de 18, foram presos em cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça de Paranaguá. Todos se encontram recolhidos na carceragem da 1.ª SDP.

De acordo com o delegado Nilson Santos Diniz, responsável pelas investigações, um dos assaltos foi contra a loja Portal dos Móveis, no Jardim Alvorada, ocorrido no dia 23 de fevereiro. “Tão logo chegou ao nosso conhecimento a prática deste roubo, já se iniciaram as primeiras diligências, no sentido de apurar quem teriam sido os autores”, disse.

Segundo o delegado, nas diligências se chegou à conclusão, após a oitiva de diversas testemunhas e análises de imagens, que Geovani, que também é conhecido por “Talibã” e Rodrigo, na companhia de um  menor de idade, irmão do primeiro suspeito, seriam os autores do crime. “Enquanto Geovani permaneceu no lado de fora da loja, em um veículo VW Gol, de cor dourada, os outros dois indivíduos ingressaram na empresa e realizaram a subtração dos valores, que seriam destinados ao pagamento dos funcionários”, explicou Diniz.

O delegado informou que, na sequência, foi representado pela prisão preventiva dos autores, mas antes que fossem expedidos os mandados de prisão, a Polícia Militar realizou a prisão de Geovani, que foi flagrado portando uma arma de fogo. “Então, hoje [segunda-feira], foi cumprido o mandado de prisão preventiva em razão do cometimento do roubo no Portal dos Móveis, mas o Geovani já se encontrava preso em virtude do crime de porte ilegal de arma de fogo”, informou.

No decorrer das diligências, a equipe da 1.ª Subdivisão Policial conseguiu realizar a captura de Rodrigo, no bairro Porto dos Padres. “E, assim, podemos apresentar estes dois indivíduos presos e também responsabilizados pelo cometimento deste roubo”, frisou Diniz.

MAIS DOIS PRESOS
Ainda nesta segunda-feira, os policiais civis da 1.ª Subdivisão de Paranaguá prenderam Dan Eldur Madsen, de 19 anos, no Jardim Ouro Fino, e Alisson Gomes da Rocha, de 18, no Parque Agari. Os dois são acusados de um roubo ocorrido no dia 19 de janeiro, contra a proprietária de um restaurante em Paranaguá.

“O crime ocorreu no momento em que a vítima chegava em sua residência, por volta das 23h30. Três indivíduos já se encontravam no local, sendo dois maiores, que foram apresentados na data de hoje, e um adolescente. Estes três indivíduos, mediante violência e ameaça, mantiveram a vítima com sua liberdade restrita e subtraíram diversos bens da casa dela”, contou o delegado.

Diniz salientou que assim que foi noticiado o crime na sede da 1.ª Subdivisão, a Polícia Civil iniciou as investigações e descobriu que uma adolescente também teria participado do roubo. “Ela teria permanecido do lado de fora, vigiando uma eventual aproximação policial, enquanto os dois indivíduos apresentados na data de hoje (segunda-feira), mais o outro menor, realizavam o roubo no interior do imóvel. Com base na identificação desta adolescente, foi possível também identificar os demais autores”, observou.

O delegado disse que assim que foram identificados os criminosos, ele representou pela prisão preventiva deles e, com a expedição do decreto prisional, as equipes da 1.ª SDP realizaram todas as diligências no intuito de capturá-los. “Na data de hoje, o Alisson e o Dan foram capturados e apresentados na sede da 1.ª SDP, pelos agentes responsáveis pela investigação deste roubo”, concluiu.
EQUIPE CUMPRIU MANDADOS DE PRISÃO

DENÚNCIA
O delegado Diniz ressaltou que essas prisões são uma resposta rápida da Polícia Civil e que demonstram que vão ser realizadas todas as ações de modo a diminuir o índice de roubos em residências e em estabelecimentos comerciais aqui no município de Paranaguá. Ele também destacou a importância da população em denunciar suspeitos de crimes na cidade.

“O cidadão de bem de Paranaguá está auxiliando a Polícia Civil na apuração destas infrações penais e existe o canal 181 (Serviço de Narcodenúncia). Os dados do denunciante são mantidos em sigilo e essa denúncia chega imediatamente à 1.ª Subdivisão Policial. Assim ela é processada e encaminhada para uma equipe da Seção de Investigação e imediatamente verificada a procedência. Então, eu peço ao cidadão que continue confiando na Polícia Civil, e continue repassando estas informações, que elas de fato estão sendo utilizadas e o resultado é este que vocês estão vendo, as prisões de autores que estão vitimando as pessoas de bem aqui no município”, finalizou.
DELEGADO EXPLICOU AÇÃO DOS BANDIDOS

Anúncio
Clique para comentar

Deixe um comentário!

Notícias

Veículos e contêineres aumentam o fluxo de carga geral nos Portos

Balanço é dos primeiros dez meses do ano

Publicado

no

Por

Porto de Paranaguá - Foto: Gilson Abreu

A movimentação de carga geral pelos portos de Paranaguá e Antonina aumentou 7%. De janeiro a novembro deste ano foram cerca de 10,34 milhões de toneladas importadas e exportadas.

No mesmo período em 2018 foram 9,66 milhões de toneladas. Neste segmento, o acréscimo é puxado, principalmente, pelos contêineres e veículos.

Nos onze meses do ano, foram 794.643 unidades de contêineres movimentadas (TEUs); 398.648 de importação e 395.995, exportação. O número é 12% maior que a movimentada em 2018, nos dois sentidos. No ano passado, foram 707.453 unidades.

Já o número de veículos movimentados pelo Porto de Paranaguá, de janeiro a novembro, aumentou 7%. Este ano, foram 124.723 veículos, enquanto que no ano passado foram 116.899.

Considerando apenas novembro, foram exportados quase quatro vezes mais carros do que foi importado. No mês, foram 12.443 veículos para exportação e 3.745 de importação.

OUTROS PRODUTOS – Além de contêineres e dos veículos, os produtos do segmento de carga geral mais movimentados no período nos portos paranaenses estão a celulose, o açúcar em saca e itens e peças utilizadas na indústria e outras áreas.

O açúcar em saca é exportado tanto pelo Porto de Paranaguá, quanto por Antonina. Por Antonina, a movimentação do produto também apresenta alta de 7%. Este ano, de janeiro a novembro, foram quase 49 mil toneladas exportadas por lá. Em 2018, foram 45,5 mil toneladas.

SEGMENTOS – Os terminais paranaenses atuam com três segmentos: carga geral, granel líquido (principalmente óleo vegetal, derivados do petróleo, metanol e álcool) e o granel sólido (principalmente sal, fertilizantes, trigo, malte e cevada na importação; e soja, milho, farelo e açúcar na exportação).

Até o momento, os portos do Paraná movimentaram mais de 49,18 milhões de toneladas. O volume é 0,6% maior que o registrado no período em 2018, que foi de 48,88 milhões.

Da AEN
Continuar Lendo

Notícias

Policiais do Paraná receberão bonificação por apreensão de armas ilegais

Bonificação pode chegar a R$ 1.500 por arma

Publicado

no

Por

Imagem ilustrativa

O Governo do Paraná vai oferecer uma bonificação em dinheiro a policiais civis e militares que apreenderem armas de fogo ilegais no Estado. A medida foi autorizada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, em decreto para regulamentar a lei 14.171/03, que instituiu o bônus.

De acordo com as informações divulgadas no site da PCPR, os valores da bonificação vão variar de acordo com o potencial da arma apreendida. Para armas de fogo de uso permitido, de porte (armas curtas como revólveres e pistolas) ou portáteis (armas longas, como espingardas e carabinas), o valor do bônus será de R$ 500. Armas de porte de uso restrito darão direito a bônus de R$ 1 mil, enquanto as portáteis de uso restrito a R$ 1.500.

Foi informado também que a partir de 2021, haverá uma gratificação para os três batalhões da Polícia Militar e as três delegacias da Polícia Civil que mais apreenderem armas. No final do ano, cada um terá direito a um prêmio adicional de R$ 50 mil, que será vinculado ao seu fundo rotativo.

Ainda esta semana, a Secretaria da Segurança Pública irá publicar resolução detalhando os critérios, documentação e trâmite para pagamento do benefício. O pagamento ao policial deverá ser feito diretamente na folha salarial.
PRÁTICA
A prática de pagamento de bônus por apreensão de armas irregulares já é adotada em diversos estados, como Amazonas, Espírito Santo e Piauí. “A medida vai melhorar o combate ao crime e o cumprimento de metas e certamente vai ajudar a diminuir ainda mais os índices de criminalidade no Paraná”, afirma o secretário da Segurança Pública, Rômulo Marinho.

O secretário lembra que no primeiro semestre deste ano houve redução de 20% no número de homicídios no Paraná no comparativo com o mesmo período do ano passado.

O balanço da Secretaria de Estado da Segurança Pública também indica queda no número de roubos (-18%), roubo a veículos (-27,4%), roubo a residências (-26,3%), roubo em ambientes públicos (-14,7%) e roubo a comércios (-25,3%) em relação ao primeiro semestre de 2018.

Continuar Lendo

Notícias

Espetáculo “Natal em Paranaguá” terá projeção mapeada 3D e Coral Natalino

Será de 17 a 19 deste mês na Praça Mário Roque

Publicado

no

Por

Projeção é feita na fachada do MAE

Na próxima semana, de 17 a 19 de dezembro (terça, quarta e quinta), a partir das 20 horas, a cidade de Paranaguá recebe a terceira edição do “Natal em Paranaguá”, uma série de espetáculos natalinos na Praça Mario Roque, no Centro Histórico.

A fachada imponente do Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE), se transforma em uma grande tela com projeção mapeada, em que será apresentado o espetáculo “Um Sonho de Natal” – cujo o tema central é o “sonho”, o sonho que todos temos quando dormimos e os sonhos no sentido do desejo.

O show de luzes conta a história de um menino que encontra o verdadeiro sentido do espírito de Natal ao adormecer e entrar em um mundo imaginário. Antes, o coral de vozes da UNATI, apresentará algumas das principais interpretações natalinas, com a regência da Maestrina Priscila Zinco das Nezes e arranjos especiais da Maestrina Marinez Costa.

No início da apresentação, a projeção destaca a beleza da fachada do MAE e, aos poucos, vai conduzindo o público a viajar pelo “Mundo dos Sonhos”, guiado pela singela visão de um menino.

Ao acordar pelo tilintar de sinos, o menino encontra uma fada, que lhe apresenta a entrada para um “trem mágico”, e que o leva ao mundo dos sonhos. Mas, para conseguir o ingresso, ele deverá pensar em coisas boas.

Ao chegar no lugar mágico, o garoto descobre que tem poderes ilimitados, bastando somente imaginar e se concentrar para que as coisas aconteçam, como um mundo de Dinossauros, acrobatas voadores, bandas de músicas instrumentais e muita magia.

Ao ser despertado do “mundo mágico” pela sua mãe, o pequeno descobre que já é noite de Natal, conta sua experiência e explica sobre o verdadeiro espírito de Natal, observando que gostaria de ver um dia o Papai Noel. Ao final, surge para o garoto o verdadeiro Papai Noel, que dança e acena para o público presente na praça.

Todas as músicas da apresentação são combinadas com os efeitos e as animações, com artistas e projeção mapeada 3D.

O “Natal em Paranaguá” é apresentado pela Cattalini Terminais Marítimos, pelo Terminal de Contêineres de Paranaguá – TCP, e pelo Grupo Fertipar e pela Copel Pura Energia – Paraná – Governo do Estado. Também conta com o apoio da Pasa Operações Portuárias, em parceria com o MAE – Museu de Arqueologia e Etnologia de Paranaguá e SECULTUR – Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

Esse é um presente de Natal das empresas para toda a população parnananguara. Também será oferecido ônibus especiais, em pontos da cidade, para que a população possa assistir ao espetáculo na praça. Todo o show contará com intérprete de libras e audiodescrição. Leve suas cangas e cadeiras de praia.

Projeto socioeducacional durante o ano de 2020 – Fazem parte do projeto “Natal em Paranaguá”, junto com as empresas apoiadoras, durante o ano letivo de 2020, em parceria com escolas públicas, três oficinas de arte-educação para os alunos. A ideia é incentivar os estudantes parnanguaras ao apreço com a cultura e a formação de plateia na cidade.

Serviço:
Natal em Paranaguá
Espetáculo “Um Sonho de Natal” e Coral Natalino de Vozes da UNATI
*Projeção Mapeada na fachada do Museu de Arqueologia e Etnologia de Paranaguá
*Show de coral especial com músicas natalinas pela Vozes da UNATI
Data: 17, 18 e 19 de dezembro
Local: Praça Mario Roque (General Carneiro – Centro Histórico)
Horário: Coral Natalino (20h) | Projeção Mapeada (20h30).
Entrada: Gratuita
Classificação: Livre
Apresentação: Cattalini, TCP e Fertipar e Copel Pura Energia – Paraná – Governo do Estado
Apoio: Pasa
Parceiro: MAE e SECULTUR.
Apresentação com intérprete de libras e audiodescrição.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.