Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
PUBLICIDADE
Notícias

Pizzaiolo pode ter sido vítima de crime de ódio em Pontal

Marcone foi assassinado na madrugada desta quinta-feira em Ipanema, Pontal do Paraná. (Foto: facebook)

Agora Litoral

O pizzaiolo Marcone Lima, de 48 anos, pode ter sido vítima de crime de ódio em Pontal do Paraná. O corpo de Marcone foi encontrado na tarde desta quinta-feira (14) soterrado numa faixa de areia no balneário Leblon, em Pontal do Paraná.

Apesar de ainda não ter sido reconhecido oficialmente, Marcone era bem relacionado na região, e trabalhava no balneário Ipanema. Ainda não são conhecidos os motivos que levaram ao assassinato do pizzaiolo, que provavelmente foi morto com pancadas na cabeça.

Marcone Lima seria homossexual, e existe a possibilidade dele ter sido morto num crime de ódio. A Polícia Civil já iniciou as investigações para tentar apurar a autoria do homicídio do pizzaiolo.

Marcone Lima trabalhava como pizzaiolo em Ipanema e era bem conhecido na região. (Foto: arquivo pessoal)

HOMOFOBIA

Um monitoramento da Rede Nacional de Pessoas Trans do Brasil (Rede Trans Brasil) aponta que, apenas neste ano, cerca de 30 homossexuais foram assassinados no país. O Grupo Gay da Bahia (GGB), mais antiga associação de defesa dos homossexuais e transexuais do Brasil, diz que 2016 foi o ano co o maior número de assassinatos da população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) desde o início da pesquisa, há 37 anos. Foram 347 mortes.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios