Ligue-se a nós

Notícias

Paranaguá Saneamento inaugura Estação de Tratamento de Esgoto Cominese

CIDADE ENTRA NO SELETO GRUPO DAS MAIS SANEADAS DO BRASIL

Publicado

no

Agora Litoral
A Paranaguá Saneamento inaugurou, nesta terça-feira (4/12), a primeira fase da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Cominese, localizada no bairro Porto Seguro, em Paranaguá. O novo sistema beneficia cerca de 40 mil moradores de 18 bairros e coloca a cidade entre as mais saneadas do Brasil: 90% do seu esgoto passa a ser coletado e tratado. De acordo com o Sistema Nacional de Informações sobre o Saneamento (SNIS), a média nacional é de 42%.

A solenidade contou com a presença do presidente da Iguá, Gustavo Guimarães; do diretor de operações da Iguá, Péricles Weber; do diretor-geral da Paranaguá Saneamento, Luis Afonso Bazzo; do diretor de operações da Paranaguá Saneamento, Antonio Hercules Neto; da presidente do Instituto Iguá, Renata Moraes, dos vereadores Nagel, Nilo Monteiro, Waldir Leite, Carlos Fangueiro e Gilson Marcondes; do diretor de investimentos da Sanepar, representando a governadora do estado do Paraná Cida Borghetti, João Martinho Cleto Reis Junior; das promotoras do Ministério Público, Dra. Mariana Andreola de Carvalho Silva e Dra.Camila Adami Martins; de lideranças setoriais como o presidente do Sindilojas, Said Khaled Omar, representando o presidente da Fecomercio Darci Piana; do presidente da Sociedade Libanesa, Gassan Bhay, da presidente da Câmara da Mulher Empreendedora da Fecomercio, Nancyara Lima, dos colaboradores da companhia e profissionais de imprensa.

Grande público esteve presente na Inauguração da ETE Cominese

O sistema Cominese é formado por uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), 22 Estações Elevatórias, 120 km de redes coletoras e um emissário (tubulação que transporta o efluente tratado até uma ponte de descarte no rio) com 2 km de extensão. O diferencial desse projeto é o processo europeu de filtro biológico, que tem capacidade para diminuir a carga de resíduos orgânicos cinco vezes mais rápido do que os sistemas convencionais e ajuda a reduzir a emissão de odores no tratamento do esgoto.

“O material recebido e tratado aqui será devolvido à natureza com elevado padrão de qualidade, atendendo integralmente as normativas do saneamento básico vigentes no Brasil”, destacou Luis Afonso Bazzo, diretor-geral da Paranaguá Saneamento. O executivo lembrou ainda que, em muitos casos, o processo de tratamento nas ETEs é tão eficiente que o efluente devolvido ao meio ambiente, não raro, tem qualidade melhor que a da água captada em alguns rios que já estão em estágio de degradação.

Durante a cerimônia, o líder do governo na Câmara Municipal de Vereadores de Paranaguá, Nilo Monteiro, enfatizou a importância da atuação do poder público. “Tenho a função de fiscalizar o contrato e buscar que todas as diretrizes de investimentos no município atendam aos anseios da população, com transparência, em consonância com a fiscalização da Câmara e a anuência do Município”.

Vereador Nilo falou em nome dos legisladores presentes à cerimônia

“A ETE Cominese é a comprovação que a Iguá cumpre com rigor os seus contratos e aditivos. Nosso compromisso, em todas as 25 cidades onde atuamos, extrapola a entrega de um serviço de qualidade. Estamos comprometidos com o futuro dos cidadãos e o desenvolvimento sustentável dos municípios. O resultado do nosso trabalho traz impactos positivos do ponto de vista social, econômico e ambiental para milhares de pessoas. Por isso, antecipar a entrega de Cominese é um marco tão importante para nós”, garantiu Gustavo Guimarães, presidente da Iguá Saneamento.

A obra beneficia os bairros: Jardim Paranaguá, Parque Agari, Parque São João, Vila Divinéia, Vila dos Comerciários, Jardim Jacarandá, Jardim Ouro Fino, Colônia Santa Rita, Vila do Povo, Jardim Paraná, Vila Garcia, Jardim Esperança, Vale do Sol, Porto Seguro, Vila São Carlos, Vila São Jorge, Labra e Embocuí.

“O trabalho do saneamento é permanente e acontece em silêncio. É importante que todos saibam o valor que tem o tratamento de esgoto, que significa também a dignidade da população”, afirmou o diretor de investimentos da Sanepar, João Martinho Cleto Reis Junior.

Diretores da Iguá Saneamento e da Sanepar

ENTREGA ANTECIPADA
A construção da ETE Cominese, iniciada em junho, teve sua data de conclusão antecipada em dezoito meses. A entrega da obra completa, ainda em 2018, foi possível graças à adoção de um método de construção modular, que diminuiu o tempo de montagem do sistema. As estruturas em concreto e os equipamentos e tanques em aço-inox, todos pré-fabricados, foram transportados diretamente da fábrica para o local de montagem. A construção modular proporcionou agilidade na obra, com redução de resíduos de construção civil e desperdícios.

“Nosso sincero muito obrigado a cada profissional da Paranaguá Saneamento que se dedicou, que ofereceu o seu melhor e que tornou possível a entrega do Sistema de Esgotamento Sanitário Cominese. O trabalho de nossa equipe é a forte evidência que a Paranaguá Saneamento cumpre os seus deveres com excelência”, conclui Bazzo.

Luis Afonso Bazzo e Antonio Hercules Neto em frente ao painel da Linha do Tempo da ETE Cominese

PARANAGUÁ ENTRE OS 20 MELHORES
A partir da operação da ETE Cominese, a cidade de Paranaguá se aproxima do seleto grupo dos 20 municípios com melhor nível de atendimento urbano de esgoto do Brasil. De acordo com o Instituto Trata Brasil, compõem o grupo as cidades de Franca (SP), Cascavel (PR), Uberlândia (MG), Vitória da Conquista (BA), Maringá (PR), Limeira (SP), São José dos Campos (SP), Taubaté (SP), Uberaba (MG), Campina Grande (PB), Santos (SP), Londrina (PR), Ponta Grossa (PR), Petrolina (PE), Piracicaba (SP), Curitiba (PR), Niterói (RJ), Jundiaí (SP), Ribeirão Preto (SP), Sorocaba (SP), São Paulo (SP), Goiânia (GO) e Mauá (SP).

“A Iguá tem o firme propósito de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil. Como base desse pilar, temos a sustentabilidade socioambiental e, por isso, a importância da criação do Instituto Iguá, que tem como objetivo promover a ampliação do impacto social dessa atividade, através da educação para o desenvolvimento sustentável”, explicou a presidente do Instituto Iguá, Renata Moraes.

Após a cerimônia houve uma visita guiada às instalações da Estação de Tratamento

Sobre a Paranaguá Saneamento – A Paranaguá Saneamento atua, por meio de concessão, no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário da cidade de Paranaguá. A empresa faz parte da Iguá Saneamento, companhia que atende cerca de 6,6 milhões de clientes e está presente em cinco estados brasileiros, por meio de 18 operações.

Sobre a Iguá – A Iguá é uma nova companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações, que, somadas, beneficiam cerca de 6,6 milhões de pessoas. O alcance da prestação de serviços coloca a companhia entre os principais operadores privados do setor de saneamento no país. O nome Iguá é uma referência direta ao universo de atuação da companhia: em tupi-guarani, “ig” quer dizer água.

Deixe seu comentário!

Notícias

Festa em plena pandemia vira caso de polícia em Matinhos

Evento foi marcado pelas redes sociais e reuniu 80 pessoas.

Publicado

no

Por

Foto e vídeo cedidos pelo setor de Comunicação Prefeitura de Matinhos

Uma festa clandestina em plena pandemia de Covid-19, na noite de sábado (23), virou caso de polícia em Matinhos, no Litoral do Paraná.

A força-tarefa de fiscalização e combate à Covid-19 – integrada por órgãos da Prefeitura, Conselho Tutelar, Guarda Civil e Polícia Militar – foi até o local e acabou com a farra, que reunia mais de 80 pessoas, entre essas muitos menores de idade.

Entre os presentes, além de Matinhos, estavam pessoas de Guaratuba, Pontal do Paraná, Curitiba e Paranaguá.

Na ação houve a apreensão de drogas, bebidas e dinheiro.
Nas buscas dentro da residência foi encontrado, em um dos quartos, um pedaço grande de crack, pesando 9,3 gramas, além de um tablete de maconha.

Em outros cômodos da casa haviam mais pedaços de maconha, totalizando 26 gramas do entorpecente.

A festa, denominada pelos organizadores como “Social Carlos e Gi”, foi marcada pelas redes sociais e ocorreu na Rua Felipe Mendes, Vila Nova.
Três pessoas foram identificadas como responsáveis pela festa, sendo um homem de 21 anos, uma mulher de 38 e uma adolescente de 16.

Com o homem, foi apreendida a quantia de R$ 642 referente à cobrança da entrada dos participantes. O ingresso custava, em média, R$ 15 por pessoa.
Várias garrafas com bebida alcoólica, que estavam sendo servidas aos menores de idade, foram apreendidas pelas equipes e os três responsáveis pela festa foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Matinhos.

Eles serão enquadrados por fornecer bebida alcoólica a menores de 18 anos, além de desobediência ao Decreto Municipal 318/2020, que trata das novas medidas de restrição em Matinhos, em decorrência da pandemia da Covid-19.

Segundo a PM, a mulher também deverá responder pelo crime de tráfico de drogas.

Durante a abordagem, ainda foi detido um rapaz de 23 anos, flagrado com uma pequena quantidade de maconha. Ele foi encaminhado ao quartel para a confecção de Termo Circunstanciado.

Outro homem de 42 anos também foi encaminhado para a unidade policial, pois foi flagrado pelos fiscais da prefeitura realizando tatuagens no imóvel, contrariando o decreto municipal e caracterizando uma contravenção penal de desobediência.

VEJA O VÍDEO DA AÇÃO

Continuar Lendo

Notícias

Luto em Morretes: morre o Dr. José May

Estimado médico exerceu a profissão por 64 anos.

Publicado

no

Por

Dr. José May (foto redes sociais)

A cidade de Morretes, no Litoral do Paraná, amanheceu mais triste neste domingo (24).

Morreu, aos 89 anos, o estimado médico José May.

Obstetra, clínico geral, cirurgião e pediatra, José May exerceu a Medicina por 64 anos.

Ele enfrentava um câncer desde dezembro de 2019, mas trabalhou até fevereiro deste ano.

José Maya tinha larga relação com os moradores de Morretes e de outras cidades do litoral paranaense.

O Dr. José Maya será velado, com as devidas restrições em razão da pandemia, na Câmara Municipal de Morretes e, após, seu corpo será levado para Curitiba onde será cremado.

Continuar Lendo

Notícias

Ninguém acerta e próximo sorteio da Mega-Sena deve pagar R$ 33 milhões

Sorteio ocorreu na noite de sábado no Espaço Caixa, em São Paulo.

Publicado

no

Por

Nenhum apostador acertou o prêmio principal do concurso 2264 da Mega-Sena, sorteado na noite de sábado (23), no Espaço Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

Com isso, a previsão para o próximo sorteio é de um prêmio de R$ 33 milhões.

As dezenas sorteadas foram: 020308192937.

Um total de 73 apostadores acertou a quina (5 números). Cada um receberá R$ 25.246,01.

Já a quadra (4 números) pagará R$ 604,68 para 4.354 acertadores.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.