Ligue-se a nós

Notícias

Paraná registra cinco mortes por gripe em um mês

Estado já contabiliza 127 óbitos por gripe este ano

Publicado

no

O boletim da gripe divulgado nesta quarta-feira (27) pela Secretaria de Estado da Saúde traz 658 casos confirmados de síndromes respiratórias agudas provocadas pelo vírus Influenza desde o começo deste ano. São 35 casos a mais que o boletim anterior, divulgado em 16 de outubro, com 623 casos. O informe totaliza 127 óbitos por gripe neste ano – 109 são casos confirmados de H1N1.

De outubro para cá foram registradas cinco mortes. Em todos os casos as pessoas não tinham recebido a vacina da gripe e apresentavam fator de risco associado.

Os óbitos aconteceram nos municípios de Cianorte, uma mulher de 52 anos, com cardiopatia e diabetes; Maringá, uma mulher de 82 anos, com diabetes; Foz do Iguaçu, uma mulher de 73 anos; Curitiba, uma mulher de 94 anos, portadora de doença neurológica, pneumonia e também cardiopata; e outro caso em Curitiba, um menino de cinco anos que apresentava cardiopatia como fator de risco.

“Os casos de gripe atingem com maior gravidade os maiores de 60 anos, os adultos na faixa dos 50 a 59 anos e os menores de seis anos. As pessoas nestas faixas devem estar atentas às infecções por Influenza. A idade, associada a outros fatores de risco como, por exemplo, doenças neurológicas, renais e do coração, pode levar ao óbito”, destaca o chefe da Divisão de Doenças Transmissíveis da Secretaria da Saúde, Renato Lopes.

Segundo o técnico, as medidas de prevenção à gripe devem ser mantidas. “A oscilação da temperatura, com dias frios e de muito calor, ajuda provocar a gripe. Por isso, a prevenção deve ocorrer durante todo o ano”, completa Lopes.

Entre as medidas preventivas estão a higienização frequente das mãos, principalmente antes das refeições, e a ventilação constante dos ambientes.

SINTOMAS

Os principais sintomas da gripe são febre alta, acima de 38 graus, com início repentino, além de dor de garganta e de cabeça, calafrios, sensação de cansaço e tosse seca. Diante dos sintomas a recomendação é buscar atendimento médico nas unidades de saúde.

Notícias

Litoral tem 72 novos casos; Paraná ultrapassa 2.500 mortes pela Covid-19

Estado soma mais de 100.000 confirmações da doença.

Publicado

no

Por

O Litoral do Paraná teve confirmados nesta sexta-feira mais 72 casos de Covid-19. Em todo Paraná já são mais de 100 mil confirmações e 2.500 mortos pela infecção.

Os novos casos confirmados no Litoral foram em Paranaguá (44); Guaratuba (10); Matinhos (10); Morretes (6); Pontal do Paraná (1); e Antonina (1).

Com essas confirmações a região soma agora 4.273 casos confirmados. São 2.806 em Paranaguá, 390 em Guaratuba; 330 em Pontal do Paraná, 280 em Morretes, 250 em Matinhos, 200 em Antonina e 17 em Guaraqueçaba.

O total de óbitos, segundo o informe epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) desta sexta-feira (14) é de 95 (mais cinco ocorridos em Paranaguá e registrados nas regiões de origem dos pacientes). O óbito confirmado pelo Hospital Regional nesta sexta-feira, ocorrido no dia 10 de agosto, ainda não foi computado pela Sesa no boletim.

ÓBITOS – Paranaguá tem 61 óbitos de moradores, Pontal do Paraná 10, Matinhos 9, Guaratuba 7, Antonina 4, Guaraqueçaba 3 e Morretes 1.

RECUPERADOS – Segundo as prefeituras da região, já estariam recuperados cerca de 68% dos pacientes que foram infectados pelo novo coronavírus.

Paraná ultrapassa 100 mil casos e 2,5 mil mortos pela Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde informou também que o Paraná tem 100.716 casos confirmados de Covid-19 e 2.583 mortes em consequência da infecção até esta sexta-feira (14). O aumento de um dia para o outro foi de 2.250 diagnósticos positivos e 36 óbitos pelo novo coronavírus.

INTERNADOS – 1.105 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. Destes, 859 ocupam leitos SUS e 246 leitos da rede particular.

Há outros 1.148 pacientes internados: 505 em leitos U.T.I. e 643 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual confirmou ainda a morte de 36 pacientes. Todos estavam internados. São 18 mulheres e 18 homens com idades que variam de 40 a 99 anos. Quatro óbitos ocorreram em julho e os demais no mês de agosto.

Os pacientes residiam em: Curitiba (9), Cascavel (3), Bandeirantes (2), Colombo (2), Maringá (2), Ortigueira (2), São José dos Pinhais (2). Além destes óbitos, uma morte foi registrada em cada um dos seguintes municípios: Almirante Tamandaré, Campina Grande do Sul, Capanema, Dois Vizinhos, Fazenda Rio Grande, Guarapuava, Ibaiti, Palotina, Ponta Grossa, Rio Branco do Sul, Sabáudia, Sarandi, Telêmaco Borba e Toledo.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da secretaria estadual registra 1.128 casos de pessoas que não moram no Estado. Destas, 29 morreram.

VEJA O BOLETIM DA SESA
Continuar Lendo

Notícias

Mais um morador de Paranaguá morre em decorrência da Covid-19

Óbito ocorreu dia 10 e foi confirmado hoje pelo Hospital Regional.

Publicado

no

Por

O Hospital Regional do Litoral confirmou, em boletim divulgado na manhã desta sexta-feira (14), mais um óbito pela Covid-19.

O falecimento, ocorrido no dia 10 deste mês e confirmado após o resultado de exames, é de um idoso de 98 anos, residente em Paranaguá.

A instituição não informou o bairro onde morava o paciente.

Com mais essa morte, Paranaguá soma 62 óbitos pela Covid-19 (mais cinco ocorridos na cidade e contabilizados nas regiões onde residiam os pacientes). Em todo Litoral, 101 pessoas já faleceram pela infecção (96 moradores + 5 importados).

Ainda de acordo com o boletim, nesta sexta-feira, 19 pacientes estão internados na “Ala Covid”. Destes, 13 foram confirmados com a infecção provocada pelo novo coronavírus, 5 estão em investigação e um deu negativo para a doença.

Mais um óbito ocorrido no Hospital Regional está sendo investigado para confirmar se foi em consequência da Covid-19.

Continuar Lendo

Notícias

Sandra Neves substituirá Jozias da Negui na Câmara de Paranaguá

Vereador se licenciou por 30 dias para tratamento de saúde.

Publicado

no

Por

Posse de Sandra Neves foi na quarta-feira

A suplente de vereadora Sandra Regina das Neves, do PDT, foi empossada na tarde de quarta-feira (12) como titular na Câmara Municipal.

Ela substituirá Jozias de Oliveira Ramos, o Jozias da Negui, também do PDT, por 30 dias. O vereador solicitou licença para tratamento de saúde.

O presidente do Legislativo parnanguara, Waldir Leite, do PSC, empossou Sandra Neves na sala da presidência.

A cerimônia teve um reduzido número de pessoas em razão da pandemia do novo coronavírus.

Após a posse, Sandra Neves disse, que, apesar do curto período em que ficará como vereadora, pretende atender as comunidades insulanas da baía de Paranaguá e os moradores da Ilha dos Valadares.
Auditora fiscal da Prefeitura de Paranaguá, Sandra Neves foi vereadora na legislatura 2013-2016.

Com informações da Câmara de Paranaguá
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.