Ligue-se a nós

Notícias

Paraná registra 106 novos casos de dengue

Boletim foi divulgado nesta terça-feira (05)

Publicado

no

O Paraná registrou 925 casos confirmados de dengue, conforme boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (5) pela Secretária de Estado da Saúde (Sesa). São 106 casos a mais que na semana passada.

Segundo a secretaria, 239 municípios apresentaram notificações da doença e 121 têm casos confirmados. O estado totaliza 8.311 notificações para a dengue.

Do total, 732 são casos autóctones – quando as pessoas contraem a doença na cidade onde moram.

Os municípios com maior número de casos suspeitos notificados são:

  • Londrina, no norte do estado;
  • Foz do Iguaçu, no oeste;
  • Maringá, no norte.

Segundo a Sesa, os números são referentes ao monitoramento que teve início em agosto deste ano.

Epidemia
O boletim desta terça-feira também apontou que mais dois municípios entraram em situação de epidemia da doença: Nova Cantu, no centro-oeste, e Uniflor, no norte.

Outros três municípios que já estavam em epidemia, são: Quinta do Sol, no centro-oeste do estado, Inajá e Santa Isabel do Ivaí, ambas no noroeste do Paraná.

Conforme a secretaria, o município é declarado em situação de epidemia quando registra, proporcionalmente, 300 casos para 100 mil habitantes.

Alerta
De acordo com o boletim desta terça-feira, o Paraná também apresentou dez municípios em situação de alerta – quando são apresentados entre 100 e 300 casos por 100 mil habitantes. Nesta lista estão:

  • Lindoeste, no oeste
  • Juranda, no centro-oeste
  • Douradina, no noroeste
  • Indianópolis, no noroeste
  • São Carlos do Ivaí, no noroeste
  • Floraí, no norte
  • Flórida, no norte
  • Florestópolis, no norte
  • Uraí, no Norte Pioneiro
  • Ângulo, no norte.

Cuidado
Segundo a Sesa, no estado, a maioria dos criadouros estão nos imóveis residenciais e comerciais. Esses criadouros se formam em todo recipiente que acumula água parada, como pratos de vasos de plantas, lixeiras dentro e fora de casa, coletor de água e do ar-condicionado, ralos, lajes, calhas e pneus velhos.

Além disso, na próxima estação, com os dias mais quentes, abafados e chuvosos, a proliferação do mosquito transmissor da doença pode ser ainda maior, alerta a secretaria.

Do G1 Paraná

Notícias

Papa recebe Bispos do Paraná e Nossa Senhora do Rocio como presente

Audiência especial ocorreu na manhã desta segunda-feira (24)

Publicado

no

Por

Francisco recebeu bispos do Paraná nesta segunda-feira (24)

O Bispo de Paranaguá, Dom Edmar Peron, esteve na manhã desta segunda-feira, 24, juntamente com os demais bispos do Paraná, em audiência especial com o Papa Francisco. O encontro durou mais de 3 horas e foi o ponto principal da Visita “Ad Limina”.

Os bispos das 18 Dioceses do estado (Igreja Católica) e duas Eparquias (Igreja Ucraniana) estão em Roma desde o dia 17 onde fazem a chamada “Visita Ad Limina Apostulorum”.

A atividade prevista pelo Código de Direito Canônico propõe que os bispos, organizados por regionais ou países, realizem preferencialmente a cada cinco anos esta peregrinação para manifestar a comunhão com o Papa e revigorar a fé, firmando sua própria responsabilidade de sucessores dos Apóstolos.

Em português, a tradução do nome “No limiar dos apóstolos” mostra que os bispos, sucessores dos apóstolos, estão em Roma, no limiar, na soleira, às portas das basílicas dos apóstolos (Pedro e Paulo), presidida pelo sucessor de São Pedro, que é o Papa Francisco.

Com uma programação intensa de celebrações, orações, reuniões de trabalho, estudos e passeios os Bispos peregrinam pela Diocese de Roma, que é a sede da Igreja Católica no mundo. O encontro com o Papa é o momento mais esperado por todos.
VISITA EMOCIONANTE
O Bispo de Paranaguá, Dom Edmar Peron, contou que a visita foi um momento marcante. “Foi emocionante visitar o Papa pela primeira vez. Ao completar 10 anos de ordenação episcopal considero este um grandioso presente”, afirmou.

Dom Edmar disse que a conversa foi muito agradável, onde os bispos puderam apresentar os principais trabalhos desenvolvidos nas suas dioceses ou áreas de atuação, como no caso dele, a Liturgia. Vários deles fizeram perguntas a Francisco, que as respondeu com simplicidade e alegria.

Na oportunidade, Dom Edmar confirmou o presente da Regional Sul II (CNBB Paraná), entregue ao Santo Padre no final da visita: “O presente que o Papa recebeu foi a imagem de Nossa Senhora do Rocio, por ser Ela a padroeira oficial do estado e a devoção mariana mais antiga ‘nascida’ dentro do território paranaense”.

(Texto: Pascom Diocese de Paranaguá. Fotos colhidas no vídeo do Vatican News)
Continuar Lendo

Notícias

Força das ondas provoca estragos em Guaratuba e Pontal do Paraná

Maré alta reduziu a faixa de areia nos municípios

Publicado

no

Por

Foto: Wesley Cunha/RPC Curitiba

A maré alta danificou rampas de acesso à praia que estão sendo construídas em Guaratuba, no litoral do Paraná, na madrugada deste domingo (23) e também derrubou alguns coqueiros.

No balneário Pontal do Sul, em Pontal do Paraná, um quiosque foi destruído pela força da água.

Segundo o Corpo de Bombeiros, baseado em dados do Sistema Meteorológico do Paraná, o litoral do estado não foi atingido por uma ressaca, apesar do registro de fortes ondas.

O que teria sido identificado foi uma condição de maré alta que se intensificou com a proximidade de uma frente fria.

“Não é considerada uma ressaca. Nós temos uma Lua Nova, e a maré está 1,5 metro. Nós temos hoje o máximo de maré que nós podemos ter na nossa condição de litoral”, afirmou à imprensa o capitão do Corpo dos Bombeiros Ícaro Gabriel.

Segundo ele, houve a passagem de um vento em direção ao sul, de uma frente fria próxima ao estado, que acabou empurrando a água para mais próximo da calçada.

O capitão frisou ainda que isso é mais comum no inverno, mas acabou acontecendo em pleno verão. Esse foi o motivo de a faixa de praia ter praticamente desaparecido.

A recomendação dos bombeiros é sempre procurar uma área protegida por guarda-vidas para se banhar e ficar no raso.

PONTAL DO SUL
A força da maré também provocou danos no balneário Pontal do Sul, em Pontal do Paraná.

Em vídeo, responsável por quiosque mostra a destruição causada pela água.

Continuar Lendo

Notícias

Corpo que apareceu na Ilha do Mel é de homem que se afogou em Matinhos

Afirmação é da família, que viu o cadáver no IML em Curitiba

Publicado

no

Por

Antonio Marcos e esposa (Foto redes sociais)

O corpo do homem que havia se afogado na Praia Mansa, em Matinhos, no dia 8 deste mês, apareceu boiando, na manhã deste domingo (23), próximo à Ilha do Mel, em Paranaguá.

A afirmação de que o corpo é de Antonio Marcos Leite da Silva é de familiares dele, que foram até o IML de Curitiba e confirmaram para o Agora Litoral. Apesar do adiantado estado de decomposição, eles dizem ter certeza.

Mesmo com a convicção dos familiares, o Instituto Médico Legal fará exames complementares, inclusive de DNA, para confirmar se o cadáver é mesmo de Antonio Marcos.

RELEMBRE
Antonio Marcos Leite da Silva, de 35 anos, estava sendo procurado pelo Corpo de Bombeiros desde o dia em que desapareceu no mar, quando estava tomando banho com sua esposa.

O casal, morador no bairro Cidade Industrial de Curitiba (CIC), havia vindo passar uns dias na praia quando a fatalidade ocorreu. Desde então, os Bombeiros tentaram encontrar o corpo de Antonio.

A vítima era jardineiro, casado com Helyteia Mendes da Silva Leite e pai de três filhas.

GRATIDÃO
Em contato com o Agora Litoral, a família pediu para agradecer a solidariedade que recebeu da população, amigos e familiares durante todo o tempo em que Antonio Marcos esteve desaparecido e fez questão de destacar o incansável trabalho dos Bombeiros nas buscas pelo corpo dele.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.