Ligue-se a nós

Notícias

Paraná apresenta vantagens da sua infraestrutura a países da América Latina

Fórum Internacional de Logística Multimodal Sustentável segue nesta sexta-feira (13)

Publicado

no

Foto: Núria Bianco

As vantagens de fazer negócios pelo Paraná foram destaque no Fórum Internacional de Logística Multimodal Sustentável, que iniciou nesta quinta (12/05) e segue nesta sexta-feira (13/05), em Foz do Iguaçu. O evento reúne representantes de governos e empresários do Brasil, Paraguai, Argentina e Chile.

Os países integram o chamado Corredor Bioceânico de Capricórnio, realizam comércio via oceanos Atlântico e Pacífico e compartilham desafios em infraestrutura terrestre, marítima e aérea.

Ocupando papel central no escoamento de cargas, como hub logístico do País, o Governo do Paraná apresentou obras e projetos que são fundamentais para a região. Entre eles estão a Nova Ferroeste, corredor ferroviário de 1,3 mil km entre Maracaju (MS) e Paranaguá (PR), as novas concessões rodoviárias de 3,3 mil km e os investimentos da Portos do Paraná

“A localização estratégica do Estado faz com que os países vizinhos usem nossa estrutura para fazer negócios com o mundo inteiro. A integração entre os modais reduz custos, traz mais cargas, emprego e renda. Por isso, queremos mostrar as melhorias em rodovias, a nova Ponte da Integração, a Nova Ferroeste, os investimentos nos portos e nos aeroportos”, explicou o secretário Estadual de Infraestrutura e Logística do Paraná, Fernando Furiatti.

Segundo ele, o Estado vai unir, daqui a poucos anos, o Litoral e o Oeste, em Cascavel e Foz do Iguaçu, por meio de dois grandes corredores de escoamento, rodoviário e ferroviário. Obras como a revitalização da Estrada Boiadeira, o novo Moegão no Porto de Paranaguá e terceiras faixas e duplicações financiadas pelo Governo do Paraná também vão permitir aumentar essa integração, diminuindo custos para o setor produtivo.

PARAGUAI
A retomada das movimentações de produtos do Paraguai, via Porto de Paranaguá, foi um dos temas mais discutidos nos painéis de debates.

“De 1980 até 2003, o Paraná era a principal rota do comércio exterior paraguaio. Com a restrição ao embarque de soja transgênica, de 2003 a 2010, o país passou a escoar via portos do Chile e Argentina. Com isso, o Brasil perdeu negócios importantes e o Porto de Paranaguá foi muito prejudicado”, lembrou o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

“Agora o Governo do Estado corre atrás do tempo perdido e apresenta as vantagens para reconquistar estas parcerias. Os investimentos em melhorias marítimas e terrestres fazem com que Paranaguá ofereça os melhores custos logísticos, com redução de até 25 dias no tempo de transporte, se comparado aos portos dos demais países”, disse Garcia.

O porto paranaense é um dos únicos terminais portuários do Brasil a contar com a presença de um depósito franco paraguaio e oferece tarifas competitivas para operação de cargas do país. Entre 2019 e 2021, as exportações e importações de contêineres com cargas do Paraguai, via Paranaguá, aumentaram 1.067%, saltando de 931 para 10.863 unidades movimentadas.

Com a Nova Ferroeste, que deve ir a leilão neste ano, a expectativa é aumentar este número com melhorias em ferrovias e rodovias. “De forma conjunta, estes projetos permitirão a movimentação de 70 a 90 mil contêineres por ano, vindos do Paraguai para o Paraná”, explicou o diretor-presidente da Ferroeste, André Luiz Gonçalves.

Segundo Luiz Fagundes, coordenador do projeto da Nova Ferroeste, o corredor ferroviário vai dar agilidade no transporte das produções brasileiras e do país vizinho. “Teremos potencial de exportar 70% da produção de grãos e contêineres de todo o Brasil. Será o segundo maior corredor de exportação do Brasil”, disse.

FILMS
O Fórum Internacional de Logística Multimodal Sustentável é promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu, com execução do Instituto para o Desenvolvimento da Região Trinacional e patrocínio da Itaipu Binacional. A programação conta com a presença do ministro de carreira diplomática do Ministério das Relações Exteriores, João Carlos de Castro, além de representantes dos governos do Paraguai, Argentina, Chile, empresários e especialistas do setor.

Uma comitiva da Portos do Paraná, liderada pelo diretor de Desenvolvimento Empresarial, André Pioli, reuniu-se nesta quinta-feira (12/05) com representantes do Instituto Mercosul e da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim), onde aconteceu o encontro.

Entre os assuntos abordados estão os embarques de produtos diversos, recordes de movimentação do Porto de Paranaguá, ampliação do número de berços, benefícios fiscais, investimentos no Corredor de Exportação e Moegão. Também foram discutidas a internacionalização do aeroporto de Maringá, a falta de contêineres no mercado mundial e a crise logística internacional.

Segundo Pioli, a Acim representa o setor agrícola do Estado do Paraná, e são os grandes clientes, que exportam grãos e importam fertilizantes. “Os empresários aqui na região estão carentes de informações sobre os investimentos que estão sendo feitos nos portos do Paraná. É necessário que saibam que estamos trabalhando duro, para que possam continuar trabalhando por esses portos tão importantes para o desenvolvimento do nosso Estado e do país”, afirma.

“Boa parte do que acontece na cidade passa pela Acim, daí a importância dessa visita. Vamos repassar aos associados todas essas boas notícias de investimentos no Porto de Paranaguá”, disse Ribamar Alves Rodrigues, superintendente da Associação.

Para o presidente do Instituto Mercosul, Aluízio Andreatta, a reunião serviu para trazer a realidade do Porto para a classe empreendedora e empresários da cidade. “É importante apresentar esse contexto, e mostrar qual é o plano do Estado em relação a todas essas movimentações, cargas que obrigatoriamente têm que ter esse fluxo pelo porto”, diz.

Após a reunião, Pioli recebeu o livro “A solidez de um legado”, que aborda a história de Maringá intercalada com a história da Acim, desde a década de 40, até os dias atuais.

PALESTRA
André Pioli ministrou palestra nesta quinta-feira (12/05), no 16º Fórum de Negócios Internacionais, sobre as expectativas dos modais no Paraná que irão beneficiar o comércio exterior. O evento aconteceu dentro da 48ª edição da Expoingá – Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá.

Da Portos do Paraná
Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Notícias

Aposta de Paranaguá acerta 14 números da Lotofácil

Quatro apostas acertaram os 15 números e cada uma levou R$ 276 mil

Publicado

no

Por

Uma aposta simples feita em Paranaguá acertou 14 números no concurso 2528 da Lotofácil realizado nesta terça-feira (23/05), em São Paulo, e ganhou R$ 1.297,52.Prêmio principal
Quatro apostas acertaram os 15 números. Um bolão com seis cotas, de Sete Lagoas (MG), levou R$ 276.148,86 e os jogos simples feitos em Guarulhos (SP), Nova Friburgo (RJ) e Uberlândia (MG) recebem R$ 276.148,88, cada.

Os números sorteados foram:

02 – 03 – 05 – 07 – 08 – 09 – 10 – 11 – 12 – 13 – 15 – 20 – 22 – 23 – 24.

O próximo sorteio da Lotofácil acontece nesta terça-feira (24), com prêmio estimado em R$ 1,5 milhão.

Hoje também tem sorteio da Timemania (R$ 22,5 milhões), Dupla Sena (R$ 3,5 milhões), Quina (R$ 3,2 milhões) e Dia de Sorte (R$ 700 mil).

Os eventos acontecem a partir das 20h no Espaço da Sorte, em São Paulo, com transmissão ao vivo pelo canal da Caixa no Youtube e também pela página oficial da Caixa no Facebook.

As apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pelo site da Caixa Econômica Federal. Para apostar pela internet é necessário realizar um cadastro e ter 18 anos ou mais.

Continuar Lendo

Notícias

Polícia Ambiental deflagra operação contra queimadas em Guaratuba

Foi realizado fiscalização nos bairros Coroados, balneário Eliane, Carvoeiro e Piçarras

Publicado

no

Por

Na noite de domingo, 22, policiais militares do 2º Pelotão da 1ª Companhia Ambiental deram prosseguimento a uma operação para prevenir condutas criminosas ambientais e a prática de queimadas na cidade de Guaratuba. Durante a ação, os policiais realizaram fiscalização nos bairros Coroados, balneário Eliane, Carvoeiro e Piçarras.

O objetivo principal foi localizar possíveis focos de queimadas criminosas, os quais, com o tempo mais seco nesta época, aumentam a possibilidade de incêndios, destruindo nascentes e provocando desmatamentos e a morte de animais silvestres.

Na fiscalização não foi encontrada nenhuma situação de fogo em vegetação, mas, em alguns pontos, os militares localizaram pequenas fogueiras no meio da rua, sem que os responsáveis fossem identificados.

A equipe policial apagou as fogueiras com a ajuda de populares, os quais foram orientados e advertidos que é crime atear fogo a céu aberto, sem autorização das autoridades competentes, podendo a pessoa ser responsabilizada na esfera criminal (com detenção de seis meses a reclusão de quatro anos, conforme o potencial de poluição).O autor também será responsabilizado na esfera administrativa, com multa inicial de R$ 5 mil.

A ação teve início na noite de sexta-feira, 20, quando os policiais do 2º Pelotão da 1ª Companhia Ambiental estiveram na mesma região, orientando os moradores sobre os perigos das queimadas.

Continuar Lendo

Notícias

Uso de máscara permanece obrigatório em ambientes de atendimento à saúde

Apesar da redução no número de casos, medida de prevenção precisa ser mantida

Publicado

no

Por

Mesmo com a redução no número de casos e óbitos por Covid-19, a pandemia ainda não acabou e as medidas de prevenção devem ser mantidas. Continuam em vigor decretos Estaduais e Municipais que mantém a obrigatoriedade do uso de máscara em locais de atendimento à saúde e transporte coletivo.

Subprefeitura fica localizada no Nilson Neves

Pontos de vacinação
Em Paranaguá, desde esta segunda-feira (23/05), a aplicação de vacinas contra a Covid-19 está ocorrendo em dois pontos fixos: no Terminal Urbano, no Centro da cidade, e na Subprefeitura, no Nilson Neves, das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

“É importante lembrar à população que busca as unidades de saúde e os dois pontos de vacinação contra a Covid-19, usem máscara para esse atendimento”, ressalta a secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro.

Da Prefeitura de Paranaguá
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.