Ligue-se a nós

Notícias

Operação na Ilha do Mel verifica ocupações irregulares

Equipes da PM orientaram os moradores e intensificaram o policiamento preventivo.

Publicado

no

Fotos: PMPR

A Ilha do Mel foi alvo de mais uma ação preventiva da Polícia Militar na quinta-feira (25) para garantir a ordem e a preservação ambiental.

As equipes orientaram os moradores e intensificaram o policiamento preventivo para combater o tráfico de drogas, a invasão de áreas de proteção permanente e outros tipos de crimes.

O comandante do 6º Comando Regional da PM (6º CRPM), coronel Nivaldo Marcelos da Silva, acompanhou a operação desde o início, incluindo um sobrevoo para mapear a região.“A ação teve um grande resultado, tendo em vista que estivemos lá há poucos dias orientando os moradores, e hoje constatamos que não havia mais ocupação das áreas de proteção ambiental. Nos próximos dias serão retirados os materiais irregulares deixados. Acreditamos que não será necessária uma ação mais contundente, mas continuaremos com fiscalizações”, disse.
De acordo com o comandante da 1ª Companhia do Batalhão de Polícia Ambiental Força-Verde (BPAmb-FV), capitão João Waldemar Serpa Burger, esta é a terceira operação na Ilha do Mel.
“Na primeira, lavramos notificações para pessoas que possuíam construções em locais irregulares. Na segunda etapa fizemos uma varredura para verificar em quais pontos ainda havia invasões, e hoje o trabalho foi de ostensividade e mais orientação aos moradores para inibir crimes e garantir a ordem”, destacou o capitão.

As equipes policiais chegaram à ilha em embarcações no início da manhã e patrulharam diversos pontos onde havia denúncias de tráfico de drogas.
Segundo o capitão Serpa, nas áreas onde anteriormente havia casas improvisadas os policiais militares constataram que as pessoas já tinham saído do local e demolido as construções, deixando danos ambientais.
Não houve novos flagrantes ou notificações na operação de quinta-feira (25).
A operação teve a participação do 6º Comando Regional da PM, do Batalhão de Polícia Ambiental-Força Verde (BPAmb-FV), e do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), com a Patrulha Costeira do 9º Batalhão, e da Companhia de Comandos e Operações Especiais (COE) do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Da AEN

Deixe seu comentário!

Notícias

Covid-19 avança no Litoral: boletim confirma mais 134 casos na região

Paraná soma mais de 42 mil casos de coronavírus.

Publicado

no

Por

Os casos de Covid-19 têm aumentado consideravelmente no Litoral do Paraná. No boletim desta domingo (12), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou mais 134 casos na região.

Com os novos números o Litoral soma 1470 confirmações para a doença provocada pelo novo coronavírus e 27 óbitos – alguns ainda não foram computados no informe epidemiológico de hoje.

NOVOS CASOS – Paranaguá 91; Matinhos 17; Guaratuba 12; Antonina 11; Pontal do Paraná 2; Morretes 1.

O total de casos nas cidades litorâneas é de 962 em Paranaguá; 133 em Pontal do Paraná; 119 em Guaratuba; 107 em Morretes; 86 em Matinhos; 61 em Antonina; e 2 em Guaraqueçaba.

ÓBITOS – Segundo a Sesa, o total de óbitos no Litoral do Paraná é de 27: Paranaguá 15; Pontal 6; Matinhos 2; Guaratuba 2; Antonina 1; Guaraqueçaba 1.

Paraná registra mais de 42 mil casos de coronavírus

O informe epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde mostra também 1.729 novas confirmações e 30 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus no Paraná, que soma 42.058 casos e 1.028 mortos em decorrência da doença.

INTERNADOS – 838 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados hoje: 682 pacientes estão em leitos SUS (255 em UTI e 427 em leitos clínicos/enfermaria) e 156 em leitos da rede particular (57 em UTI e 99 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 820 pacientes internados: 406 em leitos UTI e 414 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A Sesa informa a morte de mais 30 pacientes. Todos estavam internados. São 13 mulheres e 17 homens, com idades que variam de 10 a 84 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 5 a 12 de julho. Os pacientes que faleceram residiam em: Colombo (2), Curitiba (17), além de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Cascavel, Clevelândia, Nova Prata do Iguaçu, Palotina, Perola D’Oeste, Piraquara, Ribeirão Claro, Salto do Lontra, Santo Antonio do Sudoeste, Sapopema e Telêmaco Borba.

MUNICÍPIOS – 379 cidades paranaenses têm ao menos um caso confirmado pela Covid-19. Em 190 municípios há óbitos pela doença.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 479 casos de residentes de fora. 17 pessoas foram a óbito.

VEJA O BOLETIM DA SESA
Continuar Lendo

Notícias

Barreira sanitária provoca fila de carros no sábado em Guaratuba

Medida tenta conter avanço da Covid-19 no Litoral.

Publicado

no

Por

A entrada de Guaratuba, no Litoral do Paraná, pela PR-412, registrou uma fila de um quilômetro neste sábado (11). Uma barreira sanitária está montada no local para medir a temperatura dos motoristas e passageiros que chegam ao município.

Desde quarta-feira (8), as cidades litorâneas adotaram medidas mais rígidas de funcionamento das atividades comerciais como forma de combater a Covid-19. Há barreiras sanitárias também nas entradas de Matinhos.

Em Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná, as praias e calçadões estão fechados para circulação de pessoas. Neste domingo (12), os decretos determinam o fechamento total do comércio local.

Em dez dias, o número de casos confirmados no litoral do Paraná dobrou. Eram 618 casos no dia 1º de julho, segundo a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). No sábado, de acordo com a Sesa, o total de casos chegou a 1.336.

As mortes cresceram em uma proporção ainda maior. Eram dez mortes por Covid-19 no litoral do estado desde o início da pandemia até o dia 1º de julho. No sábado a Sesa tinha registrado 27 mortes pela infecção provocada pelo novo coronavírus.

NOTÍCIA RELACIONADA

Paraná se aproxima de 1.000 mortes pela Covid-19; Litoral tem 13 novos casos.

Continuar Lendo

Notícias

Paraná se aproxima de 1.000 mortes pela Covid-19; Litoral tem 13 novos casos.

Sesa confirma 999 óbitos no estado.

Publicado

no

Por

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou neste sábado 1.265 novas confirmações e 38 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma 40.329 casos e 999 mortos em decorrência da doença.

INTERNADOS – 847 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados hoje: 691 pacientes estão em leitos SUS (262 em UTI e 429 em leitos clínicos/enfermaria) e 156 em leitos da rede particular (57 em UTI e 99 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.047 pacientes internados: 511 em leitos UTI e 536 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A Sesa informa a morte de mais 38 pacientes. Todos estavam internados. São 14 mulheres e 24 homens, com idades que variam de 35 a 89 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 25 de junho a 11 de julho. Os pacientes que faleceram residiam em: Cascavel (2), Curitiba (18), Londrina (2), além de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Almirante Tamandaré, Califórnia, Cambé, Campo Largo, Colombo, Congonhinhas, Engenheiro Beltrão, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Jacarezinho, Maringá, Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Terra Boa, Tibagi e Toledo.

MUNICÍPIOS – 378 cidades paranaenses têm ao menos um caso confirmado pela Covid-19. Em 185 municípios há óbitos pela doença.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 468 casos de residentes de fora. 17 pessoas foram a óbito.

VEJA O BOLETIM DA SESA

MAIS 13 CASOS NO LITORAL

O Litoral do Paraná aparece no informe epidemiológico da Sesa com novos 13 casos. Os novos pacientes são de Paranaguá (5), Guaratuba (5), Pontal do Paraná (2), e Morretes (1).

Com as novas confirmações, de acordo com a Sesa, a região chega a 1.336 casos: 871 em Paranaguá, 131 em Pontal do Paraná, 107 em Guaratuba, 106 em Morretes, 69 em Matinhos, 50 em Antonina, e 2 em Guaraqueçaba.

ÓBITOS – Segundo o boletim da Sesa, o Litoral do Paraná tem 27 óbitos de moradores – 15 em Paranaguá, 6 em Pontal, 2 em Matinhos, 2 em Guaratuba, 1 em Antonina e 1 em Guaraqueçaba.

RECUPERADOS – Até o momento, 415 já se recuperaram da doença.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.