Ligue-se a nós

Notícias

Motorista cochila e veículo cai em córrego na Estrada das Praias

Duas pessoas e quatro cachorros estavam no carro

Publicado

no

Resgate foi na tarde de sexta-feira

O cochilo de uma motorista na PR-407 – que liga a BR-277 às praias – poderia ter provocado uma tragédia na tarde de sexta-feira (10).

A condutora perdeu o controle da direção e o veículo, que trafegava sentido Pontal do Paraná, atravessou a pista contrária e foi parar dentro de um córrego.

Estavam no carro, além da senhora que cochilou, uma passageira e quatro cachorros.

Um Policial Militar de Paranaguá passava pelo local naquele momento e resgatou todos ocupantes do automóvel.

As duas mulheres e os quatro cachorros não tiveram ferimentos.

Deixe seu comentário!

Notícias

Paraná já emite novo modelo de carteira de identidade

Documento possibilita a inclusão de diversos dados

Publicado

no

Por

Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) iniciou a emissão de um novo modelo de carteira de identidade. O documento possibilita a inclusão de diversos dados e oferece mais segurança contra a falsificação. O antigo Registro Geral (RG) continua válido.

De acordo com a PCPR, a nova versão é mais segura contra falsificações porque, por meio de biometria, são acessadas todas as informações de outros documentos pessoais, além de verificar se a pessoa possui outro RG no Estado, evitando fraudes.

Em caso de roubo ou extravio da carteira de identidade atual, pode ser solicitada a 2ª via rápida. Nesse caso, será emitida no novo modelo, mas apenas com as informações que já contém hoje. Quem desejar o novo layout e com a inclusão de novos dados deve seguir os passos para a emissão da primeira via.

O diretor do Instituto de Identificação da PCPR, Marcus Vinícius Michelotto, avalia o novo documento como um grande passo.

“É o Estado do Paraná se adequando a um decreto federal que dará mais sentido e valor ao RG. Além disso, a carteira de identidade vai possibilitar que o cidadão tenha um documento único”, acrescenta. Sete estados, incluindo o Paraná, já atendem o decreto.
NA PRÁTICA – O novo modelo permite a inserção de dados referentes à Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Programa de Integração Social (PIS), Número de Identificação Social (NIS), Programa de Formação e Patrimônio do Servidor Público (Pasep), Cartão Nacional de Saúde (SUS), Certificado Militar, carteira nacional de habilitação, título de eleitor, tipo sanguíneo e fator RH.

O cidadão ainda pode incluir condições especiais de saúde e nome social, mediante requerimento por escrito e relacionado à identidade de gênero.

Para que todos esses dados constem na carteira de identidade é necessário apresentar documentos oficiais comprobatórios no momento do atendimento no posto do Instituto de Identificação.

No caso do NIS, PIS, Pasep e SUS, o requerente deve levar o cartão de inscrição original.

Para inserir CTPS, carteira de habilitação, título de eleitor e Certificado Militar é preciso fornecer o documento original ou cópia autenticada.
SAÚDE – Para acrescentar tipo sanguíneo e fator RH é necessário apresentar o resultado do exame laboratorial, caderneta de vacinação e outros documentos similares contendo os dados do requerente.

Além disso, a assinatura e registro no órgão de classe específico do profissional responsável pelo exame laboratorial ou emissão do documento.

No caso de incluir condições especiais de saúde, o cidadão deverá levar atestado médico ou documento oficial que comprove a vulnerabilidade ou condição particular de saúde. Os modelos de relatório e atestado médico, assim como informações detalhadas, estão disponíveis no portal da PCPR.

Basta acessar http://www.policiacivil.pr.gov.br, rolar a página até a ferramenta “Serviços da PCPR”, selecionar a aba Carteira de Identidade e clicar na opção de instruções.

Da AEN
Continuar Lendo

Notícias

Turista de Maringá morre afogado em praia de Matinhos

Ele entrou no mar com uma pequena prancha de surfe e desapareceu

Publicado

no

Por

João Silvério de Souza, de 48 anos, morreu afogado, na noite de terça-feira (21), após sumir no mar, na praia de Caiobá, em Matinhos, no Litoral do Paraná.

Ele teria ido à praia com os filhos, de 7 e 11 anos, por volta das 20 horas, entrado na água com uma pequena prancha de surfe e desaparecido logo após.

João chegou a ser socorrido com vida, foi encaminhado no helicóptero da Polícia Militar à Unidade de Pronto Atendimento-UPA de Matinhos, mas não resistiu.

O Corpo de Bombeiros acredita que a vítima tenha sido arrastada pela correnteza.

De Maringá, João Silvério de Souza passava férias com a família no Litoral.

O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

Continuar Lendo

Notícias

Marinha alerta para risco de ciclone subtropical em alto-mar

Fenômeno deve ocorrer entre quinta-feira e sábado (25)

Publicado

no

Por

A possibilidade de formação de um ciclone subtropical, em alto-mar, entre o norte do estado do Rio de Janeiro e o Sul do estado do Espírito Santo, nesta quinta-feira (23), poderá afetar as condições do mar no Paraná.

Segundo a Marinha Brasileira, que emitiu um alerta para o fenômeno, a atenção deve ser redobrada entre esta quinta-feira e sábado (25).

Apesar de o risco de ciclone subtropical ser longe do litoral paranaense, os ventos gerados pelo fenômeno poderão gerar agitação marítima e ondas de direção sudeste a leste com três e quatro metros de altura em alto-mar, entre o estado de Santa Catarina e Rio de Janeiro, ou seja, também no Paraná.

Segundo o Instituto Tecnológico Simepar, não há previsão de alteração no tempo no litoral paranaense por conta do risco do ciclone subtropical na região sudeste do país.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.