Ligue-se a nós

Notícias

Lei Municipal proíbe Uber trabalhar em Paranaguá

SERVIÇO FOI ANUNCIADO, MAS ESBARRA NUMA LEI CRIADA EM 2016

Publicado

no

Apesar de anunciado, serviço ainda não está disponível em Paranaguá

Agora Litoral
O anúncio de que o aplicativo de transporte individual Uber teria começado a operar em Paranaguá, no litoral paranaense, nesta terça-feira (18), não é verdadeiro, apesar de ter sido divulgado em diversos veículos de comunicação. Mais ainda: traz à tona uma informação que não foi levada em conta – a cidade possui uma lei que impede a execução desse tipo de serviço.

De autoria do ex-vereador Márcio Costa, a Lei 3.605, sancionada pelo então prefeito Edison de Oliveira Kersten em 10 de outubro de 2016, proíbe o uso de carros particulares cadastrados em aplicativos para o transporte remunerado individual de pessoas.

Ex-vereador Márcio Costa é o autor da lei que proíbe a Uber em Paranaguá

OPINIÕES DIVIDIDAS
A implantação da Uber na cidade divide opiniões. De um lado aqueles que já conhecem o serviço, preços e tratamento diferenciado aos passageiros, e de outro os que defendem a manutenção do emprego dos mais de 150 táxis cadastrados na prefeitura, que geram renda para cerca de 450 pessoas (o dono do veículo mais dois motoristas auxiliares).

Afora a ameaça da concorrência aos taxistas, algumas pessoas lembram que a própria Viação Rocio, concessionária do transporte coletivo em Paranaguá, poderá ser prejudicada com a implantação da Uber no município. E, igualmente, a prefeitura de Paranaguá que também recebe uma parcela de cada passagem paga à empresa.

APLICATIVO
Apesar de anunciado, ao baixar o aplicativo em Paranaguá e solicitar uma corrida, a mensagem que aparece no celular é de que “não há carros disponíveis”.

Existe a informação de que houve uma tentativa de cadastramento de automóveis para realizar o serviço de Uber. No entanto, a secretaria de Serviços Urbanos já estaria pronta para fazer cumprir a lei em vigor, que prevê multa no valor de R$ 1.700,00 (mil e
setecentos reais), apreensão do veículo e outras penalidades.

VEJA A LEI DE PARANAGUÁ https://goo.gl/GtYcs6
RESPEITO
A assessoria de imprensa da Uber informou que o serviço não precisa de uma lei municipal para operar por já estar amparado pela Constituição e pela Lei Federal de Mobilidade Urbana 12.587/12. E, que em casos específicos, tem procurado respeitar as regras locais.

Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Notícias

Informe da Sesa registra 10 novos casos da dengue no Litoral

Ao todo são 722 casos confirmados no Paraná.

Publicado

no

Por

O boletim semanal da dengue publicado na terça-feira (25/01), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), registrou mais 10 casos da doença no Litoral, sendo 3 em Guaratuba, 3 em Paranaguá e 4 em Pontal do Paraná. Guaratuba e Paranaguá apresentam casos autóctones.

78 casos seguem em investigação na região: Antonina, Guaraqueçaba (3), Guaratuba (2), Matinhos, Paranaguá (61) e Pontal do Paraná (10).

Ao todo são aproximadamente 16 mil casos suspeitos e 722 confirmados no Estado. Os dados são do 22º Informe Epidemiológico, do novo período sazonal da doença, que iniciou no dia 1º de agosto e deve seguir até julho de 2022.

Até o momento, 308 municípios registraram notificações de dengue. Destes, 119 confirmaram a doença, sendo 84 com casos autóctones, ou seja, a dengue foi contraída no município de residência. Há ainda 2.620 casos em investigação e nenhum registro de óbito neste período.

Mais de 11 mil casos foram descartados desde o início do período de análise, entre 15,9 mil notificações.

Confira o informe completo clicando AQUI.

Com informações da Sesa
Continuar Lendo

Notícias

Justiça condena caseiro por assassinato de empresário curitibano em Matinhos

Crime ocorreu em junho de 2021 no balneário Perequê

Publicado

no

Por

Thiago Leal Barros, de 35 anos (foto), foi condenado pela Justiça, nesta semana, a 44 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato do empresário curitibano Maruan Uthman Majid, em 13 de junho de 2021, no balneário Perequê, em Matinhos. Thiago era caseiro do empresário e foi preso pela Polícia Civil três dias após o crime.

Na época, Maruan, de 52 anos – que era proprietário da loja de roupas infantis Xiquita – foi morto com três tiros quando chegava em sua residência junto com a namorada, de 44 anos. A mulher também foi atingida por um tiro no rosto, mas sobreviveu. E apontou o caseiro como o autor dos disparos.

MOTIVAÇÃO
Thiago Barros – que trabalhava há anos para a família do empresário – teria sido surpreendido pelo empresário e pela namorada dentro da residência de Maruan, no balneário Perequê. Ele teria furtado algumas armas colecionadas por Maruan, o que teria motivado uma discussão que culminou nos tiros.

À época, a delegada Sâmia Coser, titular da delegacia de Matinhos, disse que a namorada do empresário apontou Thiago como autor dos disparos, o que motivou um pedido de prisão temporária do caseiro. Porém, quando a polícia o procurou, o caseiro já havia desaparecido, reaparecendo dias depois, acompanhado de um advogado.

Mesmo negando o crime, Thiago Leal Barros foi preso pela Polícia Civil, permanecendo na cadeia até enfrentar o Tribunal do Júri, na última terça-feira (25/01).

NOTÍCIA RELACIONADA

Preso suspeito de matar empresário no último domingo em Matinhos

Continuar Lendo

Notícias

UFPR abre inscrições para cursos de idiomas

Inscrições vão até sexta-feira (28), pela internet

Publicado

no

Por

UFPR Litoral

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) está com inscrições abertas para 14 cursos de idiomas do Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin).

Inscrição – Novos estudantes têm até sexta-feira (28/01) para fazer um pré-cadastro via plataforma do Siga e validá-lo, para ter acesso ao sistema. Para quem já estuda no Celin, o período de adesão encerrou no dia 25. As aulas devem começar no dia 7 de fevereiro, terminando em junho.

Confira os cursos disponíveis:

  • Alemão;
  • Espanhol;
  • Francês;
  • Grego;
  • Inglês extensivo;
  • Inglês instrumental;
  • Inglês conversação;
  • Italiano;
  • Japonês;
  • Latim;
  • Libras;
  • Português como língua estrangeira;
  • Polonês;
  • Redação em língua portuguesa.

Devido à pandemia, as aulas devem começar no sistema remoto. Entretanto, a instituição informou que as atividades presenciais devem ser iniciadas assim que houver melhora nos índices epidemiológicos.

Os interessados em ingressar em turmas intermediárias ou avançadas podem realizar teste de nivelamento online, conforme instruções que serão repassadas para cada curso. Os testes de nivelamento são gratuitos para todos os alunos.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.