Ligue-se a nós

Notícias

Justiça impede shows por suspeita de fraude em festa de Campo Magro

LIMINAR IMPEDIU SHOWS DA FESTA DA CEBOLA E AGRICULTURA FAMILIAR EM CAMPO MAGRO

Publicado

no

Agora Litoral com G1
Uma liminar da Justiça impediu a realização dos shows da 1ª Festa da Cebola e Agricultura familiar de Campo Magro, na Região Metropolitana de Curitiba, por suspeita de fraudes no processo de licitação com o município. A denúncia foi do Ministério Público do Paraná (MP-PR).

O evento seria realizado entre sábado (28) e esta segunda-feira (30), dando sequência ao XXX Seminário Nacional da Cebola, que terminou na sexta-feira (27).

Na programação da festa, estavam previstas apresentações da dupla Zezé di Camargo e Luciano, que ocorreria nesta segunda-feira, e de outros artistas.

IRREGULARIDADES
A liminar, assinada pela juíza Vivian de Almeida Sobreiro, da Vara da Fazenda Pública de Almirante Tamandaré, também na Região de Curitiba, atende a um pedido do MP-PR, que apontou que a empresa contratada para ser responsável pela estrutura que recebeu o seminário se aproveitou da mesma estrutura para promover e comercializar os shows.

Conforme a liminar, caso realizasse os shows da festa, a Drial Organização de Eventos Esportivos Ltda “ganharia, a título gratuito, como verdadeiro ‘prêmio’ ou ‘brinde’, a estrutura de palco e o direito de exploração de espaço público, em exclusivo ou predominante benefício próprio, para a produção de show musical de artistas, alguns dos quais bastante famosos e renomados, sem que esse objeto tenha sido licitado ou incluído nas cláusulas do contrato (e, portanto, sem que tenha sido objeto de disputa e ampla concorrência por outros interessados)”.

Ainda segundo o MP-PR, a empresa Drial começou a vender os ingressos e anunciou os shows da festa antes mesmo dos pregões da licitação serem definidos.

A venda dos ingressos, conforme o MP-PR, “já estava aberta em 28 de março de 2018, cujo espetáculo já estava sendo anunciado ao público, inclusive por meio de página mantida na plataforma social Facebook, muito embora os pregões apenas tenham ocorrido posteriormente, em 03 de abril de 2018”.

INVESTIGADA EM PARANAGUÁ
A Drial já foi alvo de investigação do Ministério Público de Paranaguá, após denúncia do Agora Litoral. Na época, apesar de ter mostrado que o dono dessa empresa e de outras três que concorreram no Pregão das Festas Populares era o mesmo, o promotor encarregado não levou a investigação até o fim.

RELEMBRE

Empresas do mesmo dono fraudaram Pregão das Festas

Deixe seu comentário!

Notícias

Saúde confirma mais um óbito pela Covid e 18 novos casos da infecção no Litoral

Cidades litorâneas somam 7.428 casos e 174 óbitos de moradores

Publicado

no

Por

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) confirmou, nesta terça-feira (20), mais um óbito em consequência da Covid-19 e 18 novos casos da infecção no Litoral do Paraná. Segundo o informe da Sesa, o óbito confirmado ocorreu em Paranaguá.

Os novos casos confirmados foram registrados em: Paranaguá (10); Guaratuba (4); Antonina (2); Morretes (1); e Matinhos (1).

Com essas novas confirmações o total de óbitos de moradores do Litoral chega a 174 e o total de casos a 7.428. Destes, 5.925 já estariam recuperados da doença.

Paraná soma 199.885 casos e 4.951 mortes pela infecção

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou também nesta terça-feira mais 1.230 casos confirmados e 62 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.

Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 199.785 casos e 4.951 mortos em decorrência da doença.

INTERNADOS – 715 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados nesta terça-feira (20). Há outros 871 pacientes internados que aguardam resultados de exames.

ÓBITOS – A secretaria estadual informou ainda a morte de mais 62 pacientes. Todos estavam internados. São 24 mulheres e 38 homens, com idades que variam de 34 a 94 anos. Os óbitos ocorreram entre 28 de junho e 19 de outubro.

Os pacientes que foram a óbito residiam em: Londrina (9),Maringá (5), Piraquara (5), São José dos Pinhais (5), Cascavel (3), Colombo (3), Ponta Grossa (3), Campo Largo (2), Curitiba (2), Ibiporã (2) Marechal Cândido Rondon (2), Pinhais (2),

A Sesa confirmou um óbito em cada um dos seguintes municípios: Arapongas, Assaí, Cambé, Fazenda Rio Grande, Guarapuava, Ibaiti, Japira, Jataizinho, Joaquim Távora, Lapa, Marialva, Mariluz, Nova Aurora, Paranaguá, Porecatu, Quatro Barras, São Pedro do Iguaçu, Tijucas do Sul e Tuneiras do Oeste.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 2.092 casos de residentes de fora. Desse total, 48 foram a óbito.

CLIQUE AQUI e veja o informe da Sesa

Continuar Lendo

Notícias

PRF faz mega apreensão de drogas e munições de fuzil no Paraná

Operação foi na manhã desta terça-feira em Cascavel; dois homens foram presos.

Publicado

no

Por

A Policia Rodoviária Federal do Paraná (PRF) apreendeu na manhã desta terça-feira (20), em Cascavel, mais de uma tonelada de maconha, 36 quilos de skunk (variedades de Cannabis de odor mais forte e dotadas de maior concentração de substâncias psicoativas), 1.041 munições e um carregador de calibre 762.

Duas lunetas de precisão para armas de fogo também foram apreendidas.

O carregamento era transportado em dois veículos que viajavam juntos, de Foz do Iguaçu para Joinville (SC).

Por volta das 7 horas, uma equipe da PRF realizava patrulhamento pela BR-277, quando, na altura do trevo Cataratas, visualizaram dois veículos suspeitos. Uma equipe abordou um SUV Ford/Ecosport e uma outra equipe conseguiu abordar uma VW/Amarok mais a frente.

No Ecosport, os agentes apreenderam vários tabletes de maconha, que estavam no porta-malas, no banco traseiro e no banco dianteiro do passageiro, totalizando 448 quilos da droga.

Após inspeção no veículo, os policiais verificaram se tratar de um clone, sendo que o original havia sido roubado em Santa Catarina.

Na caminhonete, foram apreendidos 1.041 munições de fuzil calibre 762, duas lunetas de precisão, um carregador de fuzil 762, além de cerca de 603 quilos de maconha e 36 quilos de skunk.

Aos policiais, os dois motoristas disseram que pegaram os veículos carregados em Foz do Iguaçu e iriam para Joinville (SC), eles informaram que viajavam juntos e se comunicavam através de rádio comunicadores instalados nos veículos.

Os dois homens, de 24 e 25 anos, foram presos em flagrante.

Da Agência PRF
Continuar Lendo

Notícias

Algumas agências do INSS retomaram atendimento presencial no Paraná

32 unidades voltaram com as atividades na segunda-feira.

Publicado

no

Por

Algumas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retomaram o atendimento presencial no Paraná na segunda-feira (19).

Foram 32 unidades: Lapa; Visconde de Guarapuava, Cândido Lopes e Hauer (Curitiba); Colombo, São José dos Pinhais; Paranaguá; Araucária; Palmas, Santo Antônio do Sudoeste; Quedas do Iguaçu; Cascavel, Medianeira, Marechal Cândido Rondon, Dois Vizinhos, São Miguel do Iguaçu, Ponta Grossa; Laranjeiras do Sul; São Mateus do Sul; Prudentópolis; Guarapuava; Irati; Castro; Palmeira; Londrina Shangrilá, Apucarana, Cambé, Jacarezinho, Cianorte, Paranavaí, Umuarama, Loanda e Maringá.

Todas essas unidades realizam serviços administrativos como: Avaliação Social, Justificação Administrativa, Reabilitação Profissional e Cumprimento de Exigência.

Até o final do mês, está prevista a reabertura de outras unidades do Estado.

PERÍCIAS MÉDICAS

São 14 as Agências da Previdência Social (APS), no Paraná, que estão realizando perícias médicas até esta segunda-feira. Segue abaixo o quadro atual.

Londrina Shangrilá – 48 perícias.

Apucarana – 60 perícias.

Jacarezinho – 12 péricias.

Visconde de Guarapuava (Curitiba) – 156 perícias.

Cândido Lopes (Curitiba) – 72 perícias.

Colombo – 12 perícias

São José dos Pinhais – 22 perícias.

Araucária – 23 perícias.

Paranaguá – 10 perícias.

Maringá – 84 perícias.

Cianorte – 12 perícias.

Ponta Grossa – 58 perícias, amanhã (9). Podem realizar até 96 perícias.

Cascavel – 84 perícias.

Medianeira – 24 péricias.

Além dessas unidades, estão habilitadas para realizar as perícias as unidades de Umuarama e Paranavaí. Porém, nessas agências os peritos médicos ainda não retornaram.

Da Banda B
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.