Ligue-se a nós

Notícias

Jornalista nega em depoimento à PF ter articulado atos antidemocráticos

Oswaldo Eustáquio segue preso por ordem do STF.

Publicado

no

O jornalista Oswaldo Eustáquio (foto) negou, na quinta-feira (02), em depoimento à Polícia Federal, que tenha participado de atos antidemocráticos que pedem o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal. Segundo o jornalista, ele participou dos atos para apenas fazer a cobertura.

Eustáquio afirmou que nas manifestações do dia 21 de junho presenciou falas antidemocráticas e disse que essas pessoas não fazem parte de nenhum movimento conhecido. Ressaltou também que sua luta é baseada em um termo: “combate à corrupção em qualquer instância do poder”.

Ele reforçou ainda que participou de manifestações pelo Brasil, “pelas instituições, pela manutenção da tripartidação dos poderes e pela intervenção popular”.

“A intervenção popular seria a utilização do direito ao voto de forma consciente e colocar no Parlamento pessoas que tenham o desejo de mudar a história da nação brasileira”, afirmou.

Ainda no depoimento à PF, Oswaldo Eustáquio admitiu ter relações pessoais com outros investigados no inquérito, como a ativista Sara Giromini, Fernando Lisboa, Allan dos Santos e o empresário Otavio Oscar Fakhoury. Porém, negou ter qualquer tipo de relacionamento, amizade ou atividade profissional com eles.

Oswaldo Eustáquio foi preso por determinação do ministro Alexandre Moraes, do STF, em 26 de junho. A Polícia Federal acredita que ele se preparava para deixar o país.

O jornalista – chamado de blogueiro bolsonarista por diversos veículos de comunicação – disse também ter sido um “equívoco” a sua decretação de prisão por risco de fuga do país.

Deixe seu comentário!

Notícias

Litoral tem 72 novos casos; Paraná ultrapassa 2.500 mortes pela Covid-19

Estado soma mais de 100.000 confirmações da doença.

Publicado

no

Por

O Litoral do Paraná teve confirmados nesta sexta-feira mais 72 casos de Covid-19. Em todo Paraná já são mais de 100 mil confirmações e 2.500 mortos pela infecção.

Os novos casos confirmados no Litoral foram em Paranaguá (44); Guaratuba (10); Matinhos (10); Morretes (6); Pontal do Paraná (1); e Antonina (1).

Com essas confirmações a região soma agora 4.273 casos confirmados. São 2.806 em Paranaguá, 390 em Guaratuba; 330 em Pontal do Paraná, 280 em Morretes, 250 em Matinhos, 200 em Antonina e 17 em Guaraqueçaba.

O total de óbitos, segundo o informe epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) desta sexta-feira (14) é de 95 (mais cinco ocorridos em Paranaguá e registrados nas regiões de origem dos pacientes). O óbito confirmado pelo Hospital Regional nesta sexta-feira, ocorrido no dia 10 de agosto, ainda não foi computado pela Sesa no boletim.

ÓBITOS – Paranaguá tem 61 óbitos de moradores, Pontal do Paraná 10, Matinhos 9, Guaratuba 7, Antonina 4, Guaraqueçaba 3 e Morretes 1.

RECUPERADOS – Segundo as prefeituras da região, já estariam recuperados cerca de 68% dos pacientes que foram infectados pelo novo coronavírus.

Paraná ultrapassa 100 mil casos e 2,5 mil mortos pela Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde informou também que o Paraná tem 100.716 casos confirmados de Covid-19 e 2.583 mortes em consequência da infecção até esta sexta-feira (14). O aumento de um dia para o outro foi de 2.250 diagnósticos positivos e 36 óbitos pelo novo coronavírus.

INTERNADOS – 1.105 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. Destes, 859 ocupam leitos SUS e 246 leitos da rede particular.

Há outros 1.148 pacientes internados: 505 em leitos U.T.I. e 643 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual confirmou ainda a morte de 36 pacientes. Todos estavam internados. São 18 mulheres e 18 homens com idades que variam de 40 a 99 anos. Quatro óbitos ocorreram em julho e os demais no mês de agosto.

Os pacientes residiam em: Curitiba (9), Cascavel (3), Bandeirantes (2), Colombo (2), Maringá (2), Ortigueira (2), São José dos Pinhais (2). Além destes óbitos, uma morte foi registrada em cada um dos seguintes municípios: Almirante Tamandaré, Campina Grande do Sul, Capanema, Dois Vizinhos, Fazenda Rio Grande, Guarapuava, Ibaiti, Palotina, Ponta Grossa, Rio Branco do Sul, Sabáudia, Sarandi, Telêmaco Borba e Toledo.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da secretaria estadual registra 1.128 casos de pessoas que não moram no Estado. Destas, 29 morreram.

VEJA O BOLETIM DA SESA
Continuar Lendo

Notícias

Mais um morador de Paranaguá morre em decorrência da Covid-19

Óbito ocorreu dia 10 e foi confirmado hoje pelo Hospital Regional.

Publicado

no

Por

O Hospital Regional do Litoral confirmou, em boletim divulgado na manhã desta sexta-feira (14), mais um óbito pela Covid-19.

O falecimento, ocorrido no dia 10 deste mês e confirmado após o resultado de exames, é de um idoso de 98 anos, residente em Paranaguá.

A instituição não informou o bairro onde morava o paciente.

Com mais essa morte, Paranaguá soma 62 óbitos pela Covid-19 (mais cinco ocorridos na cidade e contabilizados nas regiões onde residiam os pacientes). Em todo Litoral, 101 pessoas já faleceram pela infecção (96 moradores + 5 importados).

Ainda de acordo com o boletim, nesta sexta-feira, 19 pacientes estão internados na “Ala Covid”. Destes, 13 foram confirmados com a infecção provocada pelo novo coronavírus, 5 estão em investigação e um deu negativo para a doença.

Mais um óbito ocorrido no Hospital Regional está sendo investigado para confirmar se foi em consequência da Covid-19.

Continuar Lendo

Notícias

Sandra Neves substituirá Jozias da Negui na Câmara de Paranaguá

Vereador se licenciou por 30 dias para tratamento de saúde.

Publicado

no

Por

Posse de Sandra Neves foi na quarta-feira

A suplente de vereadora Sandra Regina das Neves, do PDT, foi empossada na tarde de quarta-feira (12) como titular na Câmara Municipal.

Ela substituirá Jozias de Oliveira Ramos, o Jozias da Negui, também do PDT, por 30 dias. O vereador solicitou licença para tratamento de saúde.

O presidente do Legislativo parnanguara, Waldir Leite, do PSC, empossou Sandra Neves na sala da presidência.

A cerimônia teve um reduzido número de pessoas em razão da pandemia do novo coronavírus.

Após a posse, Sandra Neves disse, que, apesar do curto período em que ficará como vereadora, pretende atender as comunidades insulanas da baía de Paranaguá e os moradores da Ilha dos Valadares.
Auditora fiscal da Prefeitura de Paranaguá, Sandra Neves foi vereadora na legislatura 2013-2016.

Com informações da Câmara de Paranaguá
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.