Fernando ainda tentou se passar por outra pessoa

Agora Litoral
Uma briga de namorados no Terminal Rodoviário Urbano, no centro de Paranaguá, na manhã de segunda-feira (8), levou agentes da Guarda Civil Municipal a prender um homem que havia rompido a tornozeleira de monitoramento eletrônico.

Fernando Junior Monteiro, de 38 anos, ainda teria tentado se passar por outra pessoa ao ser abordado, mas não teve jeito. Levado à delegacia, foi verificada a verdadeira identidade dele e constatado que tinha passagens pela polícia.

Tudo começou por volta das 10 horas, quando uma equipe da GCM, que estava em patrulhamento pela área central, foi acionada por um motorista de ônibus, que informou sobre um casal discutindo no terminal rodoviário. No local, os agentes municipais encontraram Fernando com sua namorada, e fizeram a abordagem.

Como a discussão foi encerrada no local, o casal foi liberado, mas depois que Fernando saiu, a mulher contou aos guardas civis que o namorado deveria estar utilizando tornozeleira eletrônica, mas que ele havia rompido o aparelho com uma tesoura.

Imediatamente os agentes foram atrás do suspeito, o qual, ao ser localizado, tentou se passar por outra pessoa. Ele acabou levado à 1.ª Subdivisão Policial, onde foi verificada sua identidade e constatado que realmente deveria estar utilizando tornozeleira eletrônica. Também foi verificado que Fernando tinha passagens por roubo em Curitiba, onde teria retirado o equipamento e jogado fora.

Fernando acabou indiciado em inquérito policial pelo crime de dano qualificado.

TORNOZELEIRA ROMPIDA
Há poucos dias, em Paranaguá, agentes da GCM encontraram, jogada em plena rua, uma tornozeleira eletrônica rompida. VEJA:

GCM encontra tornozeleira eletrônica rompida em abordagem na Vila São Jorge

>> Deixe sua opinião