Ligue-se a nós

Notícias

GCM de Paranaguá ganha novo uniforme

316 AGENTES RECEBERAM KIT COMPLETO

Publicado

no

Agora Litoral
Na manhã desta terça-feira (8), o prefeito Marcelo Roque fez a entrega de novos e completos uniformes para os agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Paranaguá. O kit conta com botas, boné, meia, canícula, coturno, gandola, camiseta, calças, entre outras peças.

Kit do uniforme GCM

“Esta é uma obrigação de qualquer Prefeitura. A Guarda há algum tempo não recebia novo uniforme e desde o início desta gestão estamos mudando essa realidade e investindo com a entrega de colete balístico, armamento, viaturas, capacitações, entre outros equipamentos. São mais de R$ 11 milhões aplicados na segurança do município por meio da Guarda Civil Municipal”, ressaltou o prefeito Marcelo Roque.
Nos kits de uniforme, foram investidos cerca de R$ 600 mil para os 316 guardas civis municipais.
“O uniforme é padrão para identificação dos guardas nas ruas. Aguardávamos há algum tempo a entrega e recebemos o kit completo. Todos os departamentos da Guarda Civil Municipal receberão o uniforme”, informou a comandante da Guarda Civil Municipal, Márcia Garcia.

Uniforme é padrão para identificação

O secretário municipal de Segurança comemorou a entrega. “O uniforme é o cartão de visita do agente. A padronização é importante, são peças de qualidade e refletem positivamente no atendimento da população”, observou João Carlos Silva.

Da PMP

Deixe seu comentário!

Notícias

Delegacia Cidadã é inaugurada em Paranaguá

Prédio foi inaugurado nesta sexta-feira pelo Governador

Publicado

no

Por

Fotos: Geraldo Bubniak

O governador Carlos Massa Ratinho Junior inaugurou nesta sexta-feira (24) a Delegacia Cidadã de Paranaguá, no Litoral do Estado. São cerca de 6,8 mil metros quadrados de área construída.

É a maior unidade desse modelo que oferta atendimento especializado do Paraná. Os investimentos somaram mais de R$ 5 milhões.

O governador destacou que as instalações mais modernas vão proporcionar conforto à população e qualidade na prestação de serviços, além de liberar os policiais para a atividade de investigação – eles ajudavam na custódia de presos da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, a antiga delegacia.
“Paranaguá merecia uma delegacia desse porte. A ideia é avançar cada vez mais na defesa do cidadão paranaense”, afirmou Ratinho Junior.

“Hoje existe uma estratégia para fazer o enfrentamento ao crime. Assumimos o Paraná com o maior contingente de presos em delegacias no País, e temos 14 obras em andamento para sanar esse problema. Os comandantes das forças de segurança estão numa feira em Las Vegas (EUA) para comprar armamento moderno para o Estado e as indicações de delegados são totalmente técnicas. São indicadores muito importantes na redução dos números da criminalidade no Paraná”, complementou o Governador.

O secretário estadual da Segurança Pública, Rômulo Marinho, destacou que esse projeto prevê atendimento especializado e integração das equipes de Paranaguá.
“Teremos a estrutura da antiga delegacia de Paranaguá, o Instituto de Identificação, e as forças especializadas de atendimento às crianças, adolescentes e mulheres. Os presos ficarão na 1ª Subdivisão de Paranaguá, no Centro, mas o prédio será reformado e teremos capacidade para atender a custódia da cidade com dignidade”, afirmou.

A estrutura da Delegacia Cidadã contará com dois delegados, 24 investigadores e 12 escrivães.
“É a primeira delegacia padrão III do Estado. Estamos deixando de lado um prédio centenário, com salas que não estavam adaptadas diante das novas tecnologias. É um prédio totalmente novo, com acessibilidade e toda estrutura necessária para a população”, afirmou o delegado Rogério Martin de Castro, responsável pela nova unidade.

A transição será gradual, mas a partir da semana que vem arquivos e computadores já começarão a ser transferidos. A previsão de abertura para atendimento é na quinta-feira (30).

Segundo o prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque, a Delegacia Cidadã complementa um novo complexo de segurança da cidade.
“Fica no Aeroparque, um cartão-postal de Paranaguá, que conta com estrutura de lazer, e se soma à sede da Polícia Militar. Agora essa região é um grande complexo de segurança pública do Litoral do Paraná”, afirmou.

DELEGACIA CIDADÃ
A nova delegacia possui infraestrutura de atendimento com espaços mais humanizados para o público em geral e vítimas de crimes.

Ela é do padrão III na classificação estadual, com três pisos e cerca de 6,8 mil metros quadrados.

Entre as diferenças para as estruturas comuns estão acessibilidade para pessoas com dificuldades motoras e banheiros adaptados, além de salas para atendimentos seletivos, com espaços separados para o recebimento de vítimas e de agressores ou suspeitos, e ambientes isolados para crianças, adolescentes, mulheres e idosos.

O local contará ainda com salas para advogados e para a Polícia Militar, sala de reconhecimento, sala de imprensa, auditório, sala de videoconferência e dez cartórios. Todos os ambientes possuem climatizadores.
A Delegacia Cidadã também tem quatro celas para abrigar presos transitórios, que não permanecerão no local por tempo superior aos trâmites legais.
Eles serão encaminhados para a antiga 1ª Subdivisão da Polícia Civil, que será administrada pelo Departamento Penitenciário (Depen).

O Instituto de Identificação, responsável pelos RGs, também terá um posto neste prédio, o que vai agilizar ainda mais a emissão de documentos dos moradores locais.
“A diferença é o ambiente de trabalho dos policiais, a qualidade de atendimento para pessoas. Não há nada pior do que ser vítima e encontrar estrutura inadequada ao procurar o Estado, e nem para o policial trabalhar em ambientes ruins e pequenos, e com muitos presos. É outra energia para acolher a população e para as equipes de investigação”, afirmou Riad Braga Farhat, delegado-geral-adjunto da Polícia Civil do Paraná.
FUTURO – O Paraná tem quatro Delegacias Cidadãs – Paranaguá, Matinhos, Pinhais e Fazenda Rio Grande – e o Governo do Estado planeja replicar a mesma dinâmica em várias cidades.

Já foram iniciados os procedimentos para as instalações de novas unidades nas cidades de Almirante Tamandaré, Araucária e Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Elas serão do padrão II, com 1,2 mil metros quadrados.

Também oferecerão atendimento especializado à população e contarão com salas de delegados, de reuniões e demais departamentos administrativos, além de sala de atendimento ao público, plantão, investigação e cartório.

Além disso, o Estado elabora projetos de delegacias cidadãs nos municípios de São José dos Pinhais, Londrina e Cascavel. As construções serão custeadas com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

PRESENÇAS Estiveram presentes na inauguração os secretários de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega, e do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes; os deputados estaduais Alexandre Curi, Galo, Delegado Recalcatti e Do Carmo; o diretor-presidente da empresa pública Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia; o diretor-presidente da Fundepar, José Maria Ferreira; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Samuel Prestes; o desembargador José Laurindo, 2º vice-presidente do Tribunal de Justiça do Paraná; o presidente da seccional de Paranaguá da OAB-PR, Nazareno Antonio Vilarinho Pioli Filho; prefeitos, vereadores e lideranças do Litoral.

Da AEN
Continuar Lendo

Notícias

Apenas dois pontos estão impróprios para banho no Litoral

Dados estão no sexto Boletim de Balneabilidade, emitido nesta sexta-feira (24)

Publicado

no

Por

O sexto Boletim de Balneabilidade, emitido pelo Instituto Água e Terra nesta sexta-feira (24), aponta mais um local impróprio para banho nessa semana. Além da Ponta da Pita, em Antonina, o Rio Marumbi, próximo à ponte Estrada Anhaia, em Morretes, também está impróprio para banho. No Interior, todos os locais estão em boas condições.

O excesso de chuva nos últimos dias é o motivo para o Rio Marumbi estar impróprio. “Muitas residências e chácaras no entorno ainda possuem fossas, e quando ocorre chuva muito forte esse material é carregado para os rios”, explica a gerente de Licenciamento Ambiental do Instituto Água e Terra, Ivonete Coelho.

A diretora alerta as pessoas para ficarem atentas às placas para que evitem o banho nestes locais. “Mas a situação deve se normalizar em alguns dias, porque são nas primeiras chuvas mais intensas que acontece este tipo de problema”.

Anualmente, técnicos do instituto monitoram a qualidade das águas no período de maior fluxo de veranistas para avaliar a concentração das bactérias Escherichia coli (E.coli) na água. Quanto maior a quantidade, maior a possibilidade da existência de agentes patogênicos que podem colocar em risco a saúde dos banhistas, provocando problemas gastrointestinais, como vômitos e diarreias.
LITORAL – São monitorados 49 pontos de toda a orla: 13 em Guaratuba, 14 em Matinhos, 11 em Pontal do Paraná, 6 na Ilha do Mel, 3 em Morretes e 2 em Antonina.

O boletim também aponta dez rios, canais e galerias considerados permanentemente impróprios para banho no Litoral, independentemente da época do ano. No boletim, eles estão destacados em letras maiúsculas.

INTERIOR No Interior são monitorados pontos de prainhas e rios nas cidades de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Itaipulândia, Missal, Santa Helena, Entre Rios do Oeste, Marechal Cândido Rondon e Primeiro de Maio.

SINALIZAÇÃO – O veranista pode se orientar de acordo com as bandeiras na orla das praias, nos rios e nos reservatórios, que indicam se os locais estão próprios ou impróprios para banho.

A sinalização informa a condição da água a 100 metros à direita e à esquerda de cada bandeira. A cor vermelha significa que a água não é recomendada e a azul que a região está própria para banho.

DIVULGAÇÃO  Os boletins são divulgados no site do IAP (www.iap.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=297) todas as sextas-feiras durante a temporada de verão.

Continuar Lendo

Notícias

Motociclista que se acidentou na região de Morretes segue na UTI do Cajuru

Ele colidiu na traseira de um caminhão, caiu na pista e foi atropelado por outro

Publicado

no

Por

Jean (foto do perfil no facebook)

O motociclista Jean Soares, de 26 anos, que sofreu um gravíssimo acidente na tarde de quarta-feira (22), no Km 35 da BR-277, região de Morretes, segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Cajuru em Curitiba.

O rapaz, morador em Morretes e com vasto grupo de amigos em Paranaguá, viajava na pista sentido Litoral quando colidiu na traseira de um caminhão, caiu na pista e foi atropelado por outro caminhão.

De acordo com um amigo da família que visitou Jean na UTI nesta quinta-feira, o estado dele ainda é grave, mas, ao contrário do noticiado anteriormente, o rapaz não teve afundamento de crânio.

O amigo disse que Jean sofreu uma fratura na vértebra C5 com uma compressão na medula e que a equipe médica estuda se utilizará medicação para descomprimir a medula ou fará a descompressão através de cirurgia.

Ainda de acordo com o amigo, Jean foi submetido a uma cirurgia na quarta-feira mesmo e segue na UTI em estado estável.

CORRENTE DE ORAÇÃO
Uma grande corrente de oração está formada desde que amigos e familiares souberam do acidente envolvendo Jean Soares – que é atleta de MMA e treina na Academia do professor Ocimar, em Paranaguá.

Jean (ao centro da foto) segue na UTI

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.