Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Notícias

Ex-marido indiciado por morte de Andriely

Diogo e Andriely, em foto postada no facebook

G1 Paraná

A Polícia Civil indiciou o ex-marido de Andriely Gonçalves da Silva, de 22 anos, que desapareceu em 9 de maio, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O corpo da jovem foi encontrado na Serra da Graciosa, no litoral do estado, no dia 8 de junho.

O delegado responsável pelo caso, da Delegacia do Alto Maracanã, em Colombo, concluiu o inquérito e disse que todos os indícios apontam que o policial militar Diogo Costa foi o autor do crime. Ele está preso desde maio.

Por conta disso, o delegado pediu que a prisão do policial, que é temporária, seja convertida para preventiva, por tempo indeterminado. Costa está detido no Batalhão de Guarda da Polícia Militar.

A defesa de Diogo Costa afirmou que o policial é inocente, que a conclusão do inquérito é falha e que tudo será questionado na Justiça.

Andriely ficou desaparecida 30 dias até seu corpo ser encontrado

RELEMBRE O CASO
Andriely desapareceu após fazer uma chamada de vídeo com um amigo, de dentro do quarto do apartamento onde morava.

O amigo da jovem disse que ela se assustou, como se alguém tivesse entrado no local durante a conversa, e sumiu. De acordo com o amigo, ele e a estudante conversavam todos os dias e, na última conversa antes do desaparecimento, Andriely comentou estar com medo, por sentir que alguém pudesse ter entrado no apartamento.

Minutos após a saída da jovem, o amigo afirma ter recebido mensagens que considerou estranhas.

Segundo a polícia, a família recebeu mensagens do celular de Andriely, informando que iria para São Paulo. A mãe da jovem disse que tentou contato com ela, mas desconfiou que não era a filha quem estava enviando as mensagens.

Um vídeo, divulgado pela Polícia Civil, mostra o policial Diogo Costa entrando e saindo do prédio onde Andriely morava. Nas imagens, ele sai junto com a jovem.

O corpo foi encontrado em 8 de junho na Serra da Graciosa. Um exame da arcada dentária atestou que o corpo encontrado era o da estudante.

A família também aguarda um exame de DNA para saber se manchas encontradas no carro de Costa eram do sangue de Andriely.

NOTÍCIA RELACIONADA

Corpo de Andrielly é sepultado em Morretes

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar