Ligue-se a nós

Notícias

Corpo de Bombeiros forma nova turma de guarda-vidas militares em Matinhos

Solenidade aconteceu com a presença restrita de convidados, na quinta-feira (11)

Publicado

no

Foto: SESP

A areia de uma das praias de Matinhos foi palco da comemoração de 45 bombeiros militares, de diferentes regiões do Estado, que concluíram o Curso de Guarda-Vidas Militares, uma das formações mais procuradas.

Na cerimônia eles receberam o apito e a camisa do uniforme de guarda-vidas, itens que comprovam suas aptidões para atuar em resgates na água.

Neste ano, a tradicional solenidade aconteceu com a presença restrita de convidados, na quinta-feira (11), devido à pandemia. Agora, com mais essa capacitação, os novos guarda-vidas estão prontos para atuar também em rios e lagos, proporcionando ainda mais segurança à população.

“A formatura anual dos guarda-vidas serve para renovar esses profissionais. Para o Corpo de Bombeiros esse momento é um marco, principalmente, em um ano de pandemia. Nós adotamos uma estratégia com todos os cuidados em relação à conduta de saúde para evitar o contágio da Covid e conseguimos finalizar esse curso com sucesso”, declarou  o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Gerson Gross.

HABILIDADES – O curso teve duração de três meses, totalizando 605 horas/aula, em que os bombeiros testaram suas habilidades, resistência física e mental no preparo para a atividade de guarda-vidas. A parte inicial aconteceu nos comandos regionais, com aulas teóricas e práticas.

Desde 09 de novembro do ano passado, todos os alunos estiveram juntos no Litoral, dando continuidade aos treinamentos para desempenhar a missão de salvaguardar vidas.

Para o comandante do 8º Grupamento de Bombeiros (8º GB), tenente-coronel Jonas Emmanuel Benghi Pinto, um dos pilares da formação do guarda-vidas é a prevenção do afogamento, com a conscientização dos riscos não apenas no mar, junto aos banhistas, mas também em todas as outras as regiões do Estado.

“Esse pessoal garante, além da proteção dos banhistas do Litoral, maior preparo da corporação para nos ajudar nas missões durante o ano todo, nas mais diversas regiões do Estado e, também, nas próprias viaturas do Corpo de Bombeiros”, explicou o comandante do 8º GB.

“É interessante que dentro das nossas guarnições tenhamos guarda-vidas, porque a gente pode pegar uma situação relacionada a meio líquido, e teremos um guarda-vidas a bordo pronto para atender a necessidade da ocorrência”.

Da AEN

Deixe seu comentário!

Notícias

Estudantes do Litoral são selecionados para intercâmbio na Nova Zelândia

Eles passarão seis meses no exterior bancados pelo Governo do Paraná

Publicado

no

Por

Os estudantes João Pedro Lana Santos, do Colégio Estadual “Carmen Costa Adriano”, de Paranaguá; Carlos Eduardo Soares Pereira, do Colégio Estadual Moysés Lupion, de Antonina; Virginia Correa Liberato, do Colégio Estadual Hélio Antonio de Souza, de Pontal do Paraná; e Graziela dos Santos Rossoni, do Colégio Estadual Marcílio Dias, de Guaraqueçaba, foram selecionados para um programa de intercâmbio.

Cada aluno representa um município diferente do Paraná e embarcará para a Nova Zelândia no segundo semestre deste ano. A seleção do programa Ganhando o Mundo, que tinha como critério avaliativo as notas e a frequência durante o ano letivo de 2020, ocorreu em duas etapas.

Na primeira, foram classificados 363 estudantes, cada um representando um dos 399 municípios do Estado — os outros 36 não tiveram inscritos que se enquadrassem em todos requisitos para a seleção. Já na etapa final foram classificados os 100 estudantes com as maiores notas.

O INTERCÂMBIO

No primeiro semestre de 2021, todos os estudantes selecionados receberão um curso intensivo de inglês por conta do Governo do Estado e, após, embarcarão para o intercâmbio na Nova Zelândia, com as despesas pagas e bolsa-auxílio.

SELECIONADOS NO PARANÁ

Aluno de Paranaguá homenageado

O colégio Carmem Costa Adriano publicou uma mensagem nas redes sociais cumprimentando o aluno selecionado, que cursou, em 2020, o nono ano no educandário.

Continuar Lendo

Notícias

Sesa confirma mais 5 óbitos e 101 novos casos de Covid-19 no Litoral do Paraná

Cidades da região somam 21.157 casos e 372 óbitos pela doença

Publicado

no

Por

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou, nesta quinta-feira (25/02), mais cinco óbitos em consequência da Covid-19 e 101 novos casos da doença no Litoral do Paraná.

Os óbitos confirmados ocorreram em Guaratuba (4) e Matinhos (1). Já os novos casos foram confirmados em: Paranaguá (52); Guaratuba (32); Morretes (9); Pontal do Paraná (4); Matinhos (3); e Antonina (1).

O total de casos no Litoral do Paraná é de 21.157. São 12.238 em Paranaguá; 2.757 em Guaratuba; 1.569 em Matinhos; 1.510 em Antonina; 1.452 em Pontal do Paraná; 1.266 em Morretes; e 264 em Guaraqueçaba.

RECUPERADOS – De acordo com a Sesa, 12. 867 litorâneos já se recuperaram da infecção provocada pelo novo coronavírus.

Paraná soma 628.999 casos e 11.380 mortos pela Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou também 5.622 novos casos confirmados e 110 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.

Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma  628.999 casos confirmados e 11.380 mortos em decorrência da doença.

Os casos divulgados nesta data são de janeiro (54) e fevereiro (5.510) de 2021 e dos seguintes meses de 2020: maio (1), junho (1), julho (2), agosto (2), setembro (1), outubro (2), novembro (5) e dezembro (44).

INTERNADOS – 1.521 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. Há outros 1.855 pacientes internados, que aguardam resultados de exames.

ÓBITOS – A secretaria estadual informou também a morte de mais 65 pacientes. São 45 mulheres e 65  homens, com idades que variam de 26 a 98 anos. Os óbitos ocorreram entre 25 de abril de 2020 a 25 de fevereiro de 2021.

Os pacientes que foram a óbito residiam em: Curitiba (10), Cascavel (7), Ponta Grossa (5), Cambé (4), Guarapuava (4), Guaratuba (4), Ibiporã (4), Campo Largo (3), Araucária (2), Coronel Vivida (2), Francisco Beltrão (2), Lobato (2), Londrina (2), Mandaguari (2), Maringá (2), Rolândia (2), Santo Antonio da Platina (2), Tamarana (2), Tijucas do Sul (2) e Wenceslau Brás (2).

A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Adrianópolis, Andirá, Apucarana, Arapongas, Arapoti, Astorga, Bela Vista do Paraíso, Bom Sucesso do Sul, Chopinzinho, Colombo, Cruzeiro do Sul, Curiúva, Diamante do Sul, Florai, Floresta, Foz do Iguaçu, Itambaracá, Itaúna do Sul, Jaguariaíva, Jardim Olinda, Mandirituba, Marechal Cândido Rondon, Marialva, Maripá, Matinhos, Mauá da Serra, Nova Londrina, Nova Santa Rosa, Palmital, Paranavaí, Piraquara, Pitanga, Quedas do Iguaçu, Santa Amélia, Santa Isabel do Ivaí, Santa Maria do Oeste, Santa Terezinha de Itaipu, São Jeronimo da Serra, São José dos Pinhais, Telêmaco Borba, Terra Boa, Toledo, Três Barras do Paraná, Turvo e Umuarama.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa 4.554  registra casos de residentes de fora, 87 pessoas foram a óbito.

VEJA O INFORME DA SESA

VACINA – O Paraná já aplicou 389.549 doses, sendo 293.419 da primeira dose e 96.130 da segunda dose contra a Covid-19 até a manhã desta quinta-feira, 25 de fevereiro. Portanto, 293.419 paranaenses já foram vacinados.

Ao todo, o Estado recebeu 706.200 doses do Governo Federal até o momento.

Clique aqui.

Continuar Lendo

Notícias

Motorista da Prefeitura de Paranaguá morre por complicações da dengue

Peterson Poleti trabalhava na Secretaria Municipal de Educação

Publicado

no

Por

Peterson (do perfil no facebook)

O motorista da Prefeitura de Paranaguá, Peterson Poleti, de 36 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (25/02) por complicações da dengue. O óbito foi confirmado pela Administração Municipal em nota oficial.

Peterson atuava como motorista na rota escolar da secretaria de Educação e Ensino Integral. O velório e sepultamento do servidor municipal serão realizados no cemitério Jardim Eterno, das 12h às 14h.

Peterson Poleti era natural de Foz do Iguaçu, mas muito conhecido e estimado em Paranaguá. Ele deixa uma filha e a esposa Denize Graudin.

Peterson com a esposa e filha (redes sociais)

A morte de Peterson é a primeira ocorrida em Paranaguá no novo período epidemiológico da dengue, iniciado em agosto de 2020.

O Litoral do Paraná tem 198 casos confirmados da doença. Deste total, 196 em Paranaguá, 1 em Guaratuba e 1 em Matinhos.

Continuar Lendo
Anúncio