Ligue-se a nós

Notícias

Consulta pública sobre colégios cívico-militares é prorrogada até sexta-feira

Mais da metade da comunidade escolar precisa registrar voto.

Publicado

no

A Secretaria da Educação e do Esporte do Paraná prorrogou até sexta-feira (30) o prazo de votação na consulta pública que vai decidir sobre a migração de 216 escolas tradicionais para o modelo Cívico-Militar. O novo prazo permite que as escolas atinjam o quórum mínimo – mais da metade da comunidade escolar precisa registrar voto.

Até o início da noite desta quarta-feira (28), 70% do quórum mínimo dos pais, alunos, funcionários e professores somando todas as escolas selecionadas haviam participado (mais de 48 mil pessoas). Das 216 escolas, 52 delas já alcançaram quórum mínimo, com maioria dos votos a favor do novo modelo.

Durante esta quinta e sexta-feira, as escolas continuarão com o processo de consulta pública. A comunidade escolar precisa ir presencialmente às instituições, entre às 08h e 20h. O resultado total da votação será divulgado na sexta-feira (30).

NOVO MODELO – O modelo de escolas cívico-militares vai proporcionar mais aulas aos estudantes, aprimorando a qualidade do ensino.

“Teremos aulas adicionais de Português, Matemática e Civismo, para estudar leis, Constituição Federal, papel dos três poderes, ética, respeito e cidadania. Os alunos vão estudar mais”, explica Renato Feder, secretário da Educação e do Esporte.

No Ensino Médio, haverá, ainda, a adição da disciplina de Educação Financeira.

Além de questões curriculares, outra mudança trazida pela nova modalidade de ensino, que será aplicada em escolas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e no Ensino Médio, é a gestão compartilhada entre civis e militares.

O diretor-geral e o diretor auxiliar permanecem sendo civis e as aulas continuam sendo ministradas por professores da rede estadual, enquanto o diretor cívico-militar será responsável pela infraestrutura, patrimônio, finanças, segurança, disciplina e atividades cívico-militares.

Haverá, também, de dois a quatro monitores militares do Corpo de Militares Estaduais Inativos Voluntários (CMEIV), conforme o tamanho da escola.

CONSULTA PÚBLICA — Fazem parte da comunidade escolar professores, funcionários e pais de alunos matriculados na instituição. Caso o estudante seja maior de idade (18 anos), também participa da consulta.

Para votar na consulta pública é necessário levar documento pessoal com foto, e recomenda-se que cada pessoa leve sua própria caneta.

Pais ou responsáveis votam de acordo com o número de estudantes matriculados sob sua tutela na escola, ou seja, uma mãe com três filhos pode votar até três vezes.

Estão sob consulta da comunidade colégios em regiões com alto índice de vulnerabilidade social, baixos índices de fluxo e rendimento escolar, conforme a legislação aprovada pela Assembleia Legislativa.

As escolas também precisam estar em municípios com ao menos duas escolas estaduais na área urbana.

Da Agência Estadual de Notícias

Deixe seu comentário!

Notícias

Litoral registra mais 1 óbito e 103 novos casos de Covid nesta quarta-feira

Paraná ultrapassa 285 mil casos confirmados da doença

Publicado

no

Por

O Litoral do Paraná registrou mais 1 óbito e 103 novos casos de Covid-19 nesta quarta-feira (2). Os dados estão no informe epidemiológico da Secretaria do Estado da Saúde (Sesa).

O óbito confirmado no boletim é de um morador de Morretes. Os novos casos foram registrados em: Paranaguá (68); Morretes (17); Guaratuba (13); Antonina (3); Guaraqueçaba (1) e Pontal do Paraná (1).

Com essas informações, a região litorânea passa a ter 10.197 casos e 213 óbitos em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.

CASOS POR CIDADE – Paranaguá (5.862); Guaratuba (1.126); Antonina (899); Pontal (807); Morretes (789); Matinhos (590) e Guaraqueçaba (124).

ÓBITOS – Paranaguá (107); Guaratuba (25); Matinhos (23); Antonina (21); Pontal (17); Morretes (16) e Guaraqueçaba (4).

RECUPERADOS – 7.914 pessoas já teriam se recuperado da doença. Em Paranaguá (4.489); em Guaratuba (933); em Antonina (753); em Pontal do Paraná (639); em Morretes (555); em Matinhos (484) e em Guaraqueçaba (61).

O Paraná soma 285.837 casos e 6.188 mortos em decorrência da doença.

Veja o Boletim da Sesa.

Continuar Lendo

Notícias

Pandemia de Covid-19 faz Prefeitura de Pontal do Paraná suspender concurso

Provas seriam realizadas no sábado (5) e no domingo (6)

Publicado

no

Por

A Prefeitura de Pontal do Paraná decidiu suspender o concurso público 001/2020 e adiar as provas marcadas para os dias 5 e 6 de dezembro, sábado e domingo próximos. Em nota, a Prefeitura não citou nenhuma data para a realização das provas.

A decisão considerou vários aspectos ligados ao significativo aumento de pessoas contaminadas pela Covid-19 no Paraná, bem como as medidas adotadas pelo Governo do Estado para ajudar a conter a disseminação do novo coronavírus.

“A realização do concurso público com a reunião dos candidatos seria temerária, podendo implicar num crescimento exponencial no número de casos no município”, diz a nota assinada pelo prefeito Fabiano Alves Maciel (Binho).

A Prefeitura destacou ainda que houve 8.018 inscritos para a realização do concurso, “número expressivo que inevitavelmente iria acarretar num aumento de pessoas neste município, pois representa aproximadamente um adicional de 30% de sua população, em contradição às medidas de proteção do contágio pela Covid-19”.

VEJA A NOTA DA PREFEITURA
Continuar Lendo

Notícias

Comércio do Litoral do Paraná se prepara para a alta temporada atípica

Várias estratégias de segurança estão sendo adotadas para receber os veranistas

Publicado

no

Por

Cidade de Guaratuba (Foto: Arnaldo Alves)

A chegada do verão costuma multiplicar o número de turistas nas praias do Litoral do Paraná. No último réveillon, as cidades de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná juntas receberam mais de 1 milhão e 200 mil turistas para as festividades de ano novo. Para as festas de 2020, mesmo durante a pandemia, os comerciantes estão esperançosos para registrar resultados semelhantes.

A Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Guaratuba (ACIG), Solange Aparecida de Souza e Silva, explica que o setor alimentício litorâneo foi um dos mais afetados devido à medida restritiva de isolamento social.

“Para poder receber os clientes, os restaurantes têm se reorganizado para o atendimento interno e redobrado os cuidados na produção. Além disso, os serviços de entrega já estão fazendo parte do dia a dia desses empreendimentos”, diz.

A Rede Bangalô dos Pastéis, que conta com duas unidades nas cidades de Matinhos e Guaratuba, aproveitou os meses que antecedem o verão para realizar treinamentos com os funcionários sobre cuidados e prevenções com a doença.

“Todo mundo está na ânsia de chegar ao fim da pandemia, voltar à normalidade, querendo sair, aproveitar. Mas enquanto isso não acontece, queremos estar preparados para atender os clientes com segurança”, conta Augusto Pedrotti, sócio proprietário do Bangalô dos Pastéis.

Além dos treinamentos, a rede também vai disponibilizar álcool em gel na entrada do estabelecimento, distribuir cartilhas educativas contendo os cuidados com o vírus, implantar o processo de medição de temperatura na testa ao entrar na loja, fornecer embalagens higienizadas, entre outras estratégias rígidas para a prevenção da doença.

“Vários outros empreendimentos do litoral também estão buscando formas de oferecer mais segurança e conforto aos clientes durante a alta temporada. É a época mais importante do ano para nós, e precisamos passar muita segurança para que o nosso público venha para o litoral e consuma sem riscos”, completa Pedrotti.

Proprietários da Rede Bangalô dos Pastéis

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.