Ligue-se a nós

Notícias

Com o sexto maior PIB, Paranaguá está em 61º em qualidade de vida no PR

Mesmo com economia de primeiro mundo, Paranaguá míngua na qualidade de vida e perde para cidades bem mais pobres economicamente do interior do estado

Publicado

no

A riqueza de Paranaguá não se reflete da mesma forma na cidade como aparece nos indicadores econômicos do estado. Mesmo sendo a sexta cidade mais rica do Paraná, quando o assunto é qualidade de vida, Paranaguá cai para a 61º posição, perdendo para municípios bem mais “pobres” como Porecatu, no norte pioneiro, por exemplo.

Os dados estão baseados no levantamento feito pelo IBGE no ano de 2012, e apontam Paranaguá com um PIB R$ 7,2 bilhões por ano, tendo como principal atividade econômica o Porto de Paranaguá e as indústrias que foram atraídas pelo terminal. Mas ao contrário de outras cidades portuárias como Itajaí (SC) e Santos (SP), que em suas ruas e avenidas exibem qualidade de vida, a cidade paranaense estagnou com um índice de desenvolvimento humano (IDH) em nível médio.

Para efeitos de comparação, Itajaí com uma população de 201 mil habitantes possui um produto interno bruto (PIB) de R$ 15,2 bilhões anuais e um IDH de de 795,0 – considerado alto para o índice que vai de 0 a 1 e mede a qualidade de vida das cidades e as estatísticas de igualdade, infraestrutura, saneamento e educação para os cidadãos. A cidade catarinense ainda pontua como 11º melhor cidade do estado e atinge níveis invejáveis no conceito “educação”.

Em outro comparativo está Santos (SP). A principal cidade portuária paulista detém um PIB de R$ 19,2 bilhões e um IDH de 840,0 – o terceiro maior de São Paulo. Vale ainda dizer que Santos é referência em infraestrutura e já ganhou vários prêmios por qualidade de vida.

Paranaguá com uma economia equivalente, sofre para aumentar os indicadores sociais travados no IDH de 750,0, classificado como mediano em “transição” para o IDH considerado elevado: Mais da metade da população vive em áreas de risco ou com poucas ofertas de serviços públicos caracterizando uma verdadeira discrepância entre a realidade econômica e a realidade da cidade que até hoje, observa calada a invasão de manguezais e a falta de projetos ousados para alavancar o seu desenvolvimento estrutural.

Bairros favelizados se desenvolvem ao longo da marginal da PR 407, local onde deve ser instalado o primeiro shopping center da cidade. A favelização acontece pela falha do poder público municipal na esfera do planejamento urbano: poucos acessos, avenidas perigosas e mal sinalizadas, transporte público falho e infraestrutura municipal sem a manutenção que deveria ter.

Os dados do IBGE colocam Paranaguá no mesmo nível que cidades do sertão nordestino, onde a falta de qualidade de vida está presente na rotina dura dos moradores. Curitiba por sua vez figura como uma das cidades com o melhor planejamento do país com IDH de 823,0, considerado “muito alto” e além disso pontua como capital mais desenvolvida do Brasil, segundo o índice internacional Austin, que classificou Curitiba entre as melhores cidades da América Latina.

Porto e cidade

Um dos motivos é a falta de integração entre a prefeitura de Paranaguá, o porto e o governo do estado. Há anos, a cidade vem sofrendo as consequências de uma briga política que dura desde o governo Baka Filho (2004-2012) no executivo.

Quem é atingido em cheio por isso, sempre acaba sendo quem mais precisa: a população.

Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Notícias

Municípios do Litoral vão receber a “Caravana de Crédito”

Pequenos negócios, com faturamento anual de até R$ 360 mil, poderão realizar empréstimos com taxas a partir de 0,45% ao mês.

Publicado

no

Por

Foto: Fomento Paraná

A Fomento Paraná iniciou na terça-feira (19/10) a “Caravana de Crédito”, que irá  passar por municípios do Litoral, costa oeste, ou banhados por represas dos rios Iguaçu e Paranapanema, com o objetivo de levar empréstimos em condições acessíveis para que empreendimentos locais se preparem para atender visitantes na temporada de verão 2021/2022.

“Os empreendimentos voltados ao turismo foram os mais afetados pela pandemia de Covid-19 e este é um setor com capacidade para gerar muitos empregos e divisas. A determinação do governador Carlos Massa Ratinho Junior é apoiar esses empreendimentos, especialmente as micro e pequenas empresas, para que possam oferecer uma condição melhor no atendimento e faturar mais no verão”, explica o diretor-presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves.

Em cada município a ação será realizada em parceria com agentes de crédito e correspondentes locais em espaços compartilhados com a prefeitura ou com associações comerciais.

As condições oferecidas pela instituição estão entre as melhores do mercado em termos de prazos para pagamento e taxas de juros. Para os pequenos negócios, com faturamento anual de até R$ 360 mil, o ideal é o microcrédito, que tem taxas a partir de 0,45% ao mês, pelo Banco da Mulher Paranaense, e 0,60% ao mês, pelo Banco do Empreendedor.

Para empreendimentos formalizados o limite é de R$ 20 mil e o prazo de até 36 meses para pagamento, com opção de garantia por meio de fundos de aval. Os recursos do microcrédito podem ser usados para capital de giro, manutenção do negócio, reforço dos estoques, obras ou compra de máquinas e equipamentos.

Para empreendimentos que faturam acima de R$ 360 mil ao ano, até R$ 4,8 milhões, há uma série de outras linhas de crédito que permitem financiar desde pequenas reformas e compra de maquinário até projetos de inovação ou que envolvam a implantação de energias renováveis, além, é claro, de capital de giro, para recomposição de estoques e manutenção de negócios.

As operações para capital de giro puro são limitadas a R$ 500 mil e para investimento fixo, como obras ou equipamentos, até R$ 2 milhões.

Agenda Litoral

16/11

  • Paranaguá, 16 de novembro (terça), das 9h às 17h, na Rua José Gomes, 330 – Bairro Tuiuti

17/11

  • Guaratuba, 17 de novembro (quarta), das 9h às 17h, na Praça Central – rua Monsenhor Lamartine, 2
  • Ilha das Peças, 17 de novembro (quarta), das 9h às 13h, na Cozinha Comunitária

18/11

  • Pontal do Paraná, 18 de novembro (quinta), a partir das 19h, na Associação Comercial – Av. Santa Mônica, 485, em Praia de Leste
  • Morretes, 18 de novembro (quinta), das 9h às 17h – Praça Rocha Pombo, 10 – Centro
  • Guaraqueçaba, 19 de novembro (quinta), das 9h às 17h, na Praça Central – Rua Paulo de Miranda S/N

19/11

  • Antonina, 19 de novembro (sexta), das 9h às 17h, no Calçadão – Dr. Rebouças, próximo à Rua XV de Novembro e prefeitura municipal
  • Matinhos, 19 de novembro (sexta), das 9h às 17h, na Praça Central – Rua Albano Müler, 269

De acordo com a Fomento, ao todo, a Caravana irá percorrer 30 municípios paranaenses que têm potencial turístico. Evento similar foi realizado entre novembro e dezembro de 2020.

Da AEN
Continuar Lendo

Notícias

Duas apostas do Litoral acertam a quadra da Mega-Sena

Quina teve 18 ganhadores e cada um recebe quase R$ 87 mil.

Publicado

no

Por

Duas apostas do Litoral acertaram a quadra do concurso 2420 da Mega-Sena, realizado na terça-feira (19/10), em São Paulo. Cada uma recebe R$ 1.016,89.

Os jogos simples foram realizados em: Paranaguá (1) e Pontal do Paraná (1).

Prêmio principal: O prêmio principal acumulou.Os números sorteados foram: 05 – 08 – 29 – 39 – 44 – 60.

  • A quina teve 18 ganhadores, com prêmio médio de R$ 86.921,91.
  • A quadra teve 2.198 apostas ganhadoras e o prêmio médio para cada uma é de R$ 1.016,89.

Próximo sorteio – O próximo concurso da Mega Semana da Sorte será nesta quinta-feira (21/10) com prêmio estimado em R$ 21 milhões.

Continuar Lendo

Notícias

Aposta de Paranaguá acerta 14 números da Lotofácil

Aposta de Recife (PE) acertou 15 números e levou mais de R$ 7 milhões.

Publicado

no

Por

Uma aposta de Paranaguá acertou 14 números no concurso 2350 da Lotofácil, realizado na segunda-feira (18/10), em São Paulo e recebe R$ 1.750,47.

Prêmio principal
Uma aposta simples de Recife (PE) acertou 15 números e levou R$ 7.353.473,42.

Os números sorteados foram:

02 – 03 – 04 – 05 – 06 – 07 – 08 – 09 – 10 – 15 – 17 – 19 – 21 – 22 – 25

O próximo sorteio acontece nesta terça-feira (19) e pode pagar R$ 1,5 milhões.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.