Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Notícias

Após surto de conjuntivite em Paranaguá, doença se espalha pelo Litoral

Da Gazeta do Povo
Depois de Paranaguá emitir alerta na última semana para um surto de conjuntivite que atingiu mais de 10% da população local em março, outras cidades do Litoral têm registrado aumento expressivo no número de casos da doença. Entre os municípios encontram-se Morretes, Antonina e Guaratuba. Apesar do aumento, porém, as respectivas secretarias municipais de saúde ainda não consideram que a propagação da doença atingiu o estágio de surto.

Fora os 13 mil casos registrados em Paranaguá em março, a prefeitura informa que aproximadamente 200 pessoas infectadas por dia têm procurado tratamento desde o dia 1º de abril.

Em Antonina, foram 135 casos notificados ao longo de todo o mês passado. O aumento da quantidade de doentes apareceu logo na primeira semana de abril: entre o dia 1º e o dia 5, já são 98 registros de pessoas com conjuntivite que procuraram atendimento na cidade. Segundo o secretário municipal de saúde de Antonina, Odileno Garcia Toledo, foi no dia 2 de abril que o alerta da secretaria acendeu: foram 32 casos detectados ao longo do dia. “A cidade está dando prioridade no atendimento para casos mais graves, por exemplo, para quem chega já com dores nos olhos”, explica Toledo.

O aumento também foi detectado em Morretes, onde ocorreram 135 casos em 11 dias do mês de março. Mesmo sem números muito expressivos, a cidade iniciou uma campanha de conscientização, pedindo atenção redobrada com a higiene. “Ao menor sinal dos sintomas, a orientação é que seja pedido o afastamento de 7 dias para o paciente, para evitar que a doença se espalhe”, conta Sarita Machado, coordenadora da Vigilância em Saúde de Morretes.

Na cidade de Guaratuba, a Secretaria de Saúde calculou a ocorrência de 158 casos da doença desde o mês de janeiro até o fim de março. Apesar de ter havido leve aumento na incidência desde os últimos dias de março, a gestão não considera a situação preocupante ainda. Mesmo assim, foi lançado um informativo para que a população ficasse sabendo do aumento e procurasse evitar as atitudes que espalham a conjuntivite.

Em Matinhos, a Secretaria Municipal de Saúde afirma que, por enquanto, não houve aumento na incidência da infecção. A cidade de Pontal do Paraná, enquanto isso, não verificou a quantidade de casos, já que se trata de uma doença cuja notificação não é obrigatória.

Leia mais em Gazeta do Povo

NOTÍCIA RELACIONADA

Surto de conjuntivite em Paranaguá já atingiu mais de 13 mil pessoas

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar