Ligue-se a nós

Esportes

Vinícius adia sonho de participar do Mundial de Petra na Dinamarca

Paratleta de Paranaguá não conseguiu levantar recursos para bancar a viagem

Publicado

no

Vinícius foi campeão brasileiro da modalidade em 2016 nos 100m, 200m e 400 metros

Paranaguá, PR
Agora Litoral

O paratleta de Paranaguá Vinícius Cabral, de 15 anos, não participará do Mundial de Petra que será realizado este mês na Dinamarca. Apesar de ter sido campeão brasileiro em 2016 nos 100m, 200m e 400 metros, o atleta paraolímpico não conseguiu levantar recursos para a viagem.

O anúncio do adiamento do sonho de Vinícius de representar Paranaguá e o Brasil foi feito pela mãe dele, Marihá Madalena, nesta sexta-feira (7). Segundo ela, apesar do esforço atrás de patrocínio e da realização de uma rifa para levantar fundos para a viagem, os valores arrecadados ficaram bem abaixo dos R$ 20 mil necessários.

A Secretaria de Esportes nos ajudaria com R$ 7 mil, mas o dinheiro só poderia cair na conta dia 15 (fora do prazo de confirmação para o Mundial); o que a gente conseguiu da rifa também foi pouco para o valor que precisávamos. Não foi dessa vez que o Vinícius Cabral vai representar a cidade e o Brasil”, lamentou a mãe do atleta.

No entanto, Marihá acredita que para 2018 o filho estará mais preparado e com apoio de muita gente. Ela agradeceu às pessoas que colaboraram com a intenção do atleta de participar do evento e a todos que torceram pelo filho. “Bola pra frente e Deus no comando de tudo”, declarou a mãe de Vinícius em seu perfil no facebook.

Falta de recursos fez com que Vinícius adiasse sonho de representar Paranaguá e o Brasil

POUPANÇA PARA 2018

Ainda de acordo com a mãe de Vinícius Cabral, o dinheiro que foi arrecadado com a rifa de uma bicicleta será aplicado numa poupança para auxiliar na viagem do ano que vem, já que o Campeonato Mundial acontece todo ano na Dinamarca.

Vinícius Cabral continua se preparando para o Campeonato Paranaense de Petra, que será em agosto, e para o Brasileiro da categoria, que acontecerá em dezembro.

ENTENDENDO A PETRA

A Petra é definida pela Associação Nacional de Desporto para Deficientes como uma modalidade do atletismo na qual os atletas correm com os seus próprios pés apoiando-se a uma armação com três rodas anexadas a um suporte para o seu corpo.

O corredor tem o apoio de um assento e de um suporte para tronco e o guidão é utilizado para direcionar. Não há pedais.

Clique para comentar

Deixe seu comentário!

Esportes

NELP representará Paranaguá nas competições de vôlei em 2021

Projeto e o novo uniforme foram apresentados ao prefeito Marcelo Roque e ao secretário de Esportes

Publicado

no

Por

A Associação Novo Esporte do Litoral Paranaense (NELP), irá representar Paranaguá nos Jogos da Juventude, do Governo do Estado, na modalidade de vôlei. Os representantes e atletas da NELP apresentaram, na terça-feira (11), o projeto e o novo uniforme ao prefeito Marcelo Roque e ao secretário de Esportes, Helton Ambrosio.

A Prefeitura de Paranaguá destaca, que, por meio da Secretaria Municipal de Esportes (Sespor), tem investido na descentralização e incentivo ao esporte. Atualmente o setor tem obtido avanços com as iniciativas do poder público municipal, diversos bairros foram contemplados com o projeto Meu Campinho e além disso, o Bolsa Atleta auxilia os esportistas locais e a parceria com as associações esportivas que promovem a prática de esportes por toda a cidade.

“Estamos trabalhando para descentralizar e promover o esporte por toda a cidade. As associações esportivas são parceiras da Sespor e realizam um trabalho importante na formação não só dos atletas, mas também de cidadãos. Desejamos sucesso a todos e muitas conquistas para o município”, disse o secretário.

Continuar Lendo

Esportes

Parnanguaras conquistam ouro e prata no Brasileiro de Karatê

Competição aconteceu no final de semana, em São Paulo

Publicado

no

Por

Nos dias 21 e 22 de novembro aconteceu o Campeonato Brasileiro de Karatê Interestilos, em São Paulo, no ginásio Ibirapuera. A Cidade-Mãe do Paraná foi representada pelos atletas: Ítalo Stieglitz e Robson Castilho, 1º e 2º lugares, respectivamente, na categoria adulto faixa preta.

Além disso, ambos competidores participaram da categoria mista e repetiram o feito, conquistando mais uma dobradinha para Paranaguá, sendo Ítalo em primeiro e Robson em segundo.

“Essa conquista é o reflexo de muito trabalho e dedicação, de todos os profissionais que me ajudam na rotina de treinos. Agradeço a Prefeitura de Paranaguá e aqueles que me ajudaram a tornar esse resultado possível”, comentou o atleta Ítalo Stieglitz.

O secretário de Esportes, Darlan Janes, ressaltou a importância do benefício e parabenizou os atletas. “A gestão do prefeito Marcelo Roque beneficiou o esporte em vários aspectos. Com o bolsa atleta os parnanguaras podem representar a cidade nos mais diversos esportes e categorias. O Ítalo e o Robson são dois atletas de ponta que Paranaguá possui; estamos com muito orgulho pelas conquistas”, declarou.

Da PMP
Continuar Lendo

Esportes

Covid-19: Estado cancela os Jogos da Juventude do Paraná

Edição aconteceria em outubro deste ano em Guarapuava.

Publicado

no

Por

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, por intermédio da Superintendência Geral do Esporte, cancelou os Jogos da Juventude do Paraná (Jojups) – Final A, Edição 2020 – que fazem parte dos Jogos Oficiais do Estado.

Eles seriam realizados em outubro deste ano. A ação foi tomada em acordo com o município de Guarapuava, sede em 2020, que terá a prioridade de sediar as finais em 2021.

Essa decisão se pauta no respeito às ações tomadas para o enfrentando da pandemia da Covid-19 e nas normativas impostas pelos decretos publicados pelo Governo do Estado. Os Jojups reuniriam milhares de jovens atletas e neste momento a prioridade é a segurança e a preservação da saúde de todos.

“Este cancelamento nada mais é do que uma demonstração de respeito e consideração com os jovens atletas e com a população paranaense”, disse o diretor de Esporte da Superintendência, Cristiano d’El Rei.

Segundo ele, não seria plausível o Estado provocar um evento com a aglomeração de 4 mil adolescentes no momento que se vive hoje.

“Essas atitudes são excepcionais e absolutamente necessárias. Temos certeza que, após essa crise, o Esporte voltará mais forte. Ele é um dos mais importantes meios de retomada da qualidade de vida de nossa gente, respeitando sempre o seu legado como ferramenta de saúde, educação, inclusão e sociabilização de todos, além de fundamental papel no fomento da economia do Paraná”, finalizou o diretor.

Da Agência Estadual de Notícias
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.