Ligue-se a nós

Polícia

Descoberta central de internet clandestina em Pontal do Paraná

Gatonet funcionava no balneário Shangri-lá. Uma mulher foi presa em flagrante

Publicado

no

Central clandestina funcionava no quarto da mulher, no balneário Shangri-lá

Pontal do Paraná, PR
Agora Litoral

Uma central de provedor de internet clandestina foi desmantelada pela Polícia Civil de Pontal do Paraná na tarde de quarta-feira (22). Uma mulher de 36 anos, suspeita de cometer o crime, foi presa em flagrante em sua residência, no balneário Shangri-lá, após o cumprimento de um mandado de busca e apreensão domiciliar expedido pela Justiça.

Na casa, a polícia apreendeu cerca de oito antenas de internet via rádio furtadas, bem como diversas aparelhagens que auxiliavam na instalação. Um homem de 36 anos, companheiro da suspeita, que também estaria envolvido no esquema criminoso, não foi encontrado na casa no momento da ação policial.

INVESTIGAÇÕES

As investigações iniciaram depois que a polícia foi notificada de que antenas de empresas de vigilância estavam sendo furtadas pela região. Seguindo as diligências no balneário de Shangri-lá, a equipe policial conseguiu constatar que uma residência estava sendo utilizada como uma central clandestina de internet.

“Com base em algumas informações levantadas pela nossa equipe de investigação, solicitei à Justiça um mandado de busca e apreensão na residência que foi deferido nesta semana”, comentou o delegado titular da Delegacia de Pontal do Paraná, Tiago Wladyka.

Segundo o delegado Wladyka, a central clandestina funcionava de forma precária em um cômodo da residência. “Um computador era conectado a um cabo de internet, que era ligado até uma antena que ficava na parte externa da casa. Nessa antena, outros dois aparelhos de internet via rádio eram plugados, prevendo internet clandestina”, disse.

Investigações apuraram também que os suspeitos receptavam as antenas de terceiros para instalar a internet clandestina em outras residências. Após instalar a antena na casa de outras pessoas, a dupla cobrava um valor mensal de R$ 80.

“As atividades de telecomunicações realizadas sem a autorização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), passam a ser clandestinas, configurando crime”, explicou o delegado.

A mulher foi detida em flagrante pelo crime de receptação e ainda pode ser autuada pelo crime federal de distribuição clandestina de atividades de telecomunicações. O homem também envolvido no crime já foi identificado e intimado a comparecer na delegacia.

Polícia

Homem que tentou matar a companheira a facadas em churrasco é preso pela PM

Tentativa de feminicídio ocorreu na madrugada de 24 de julho

Publicado

no

Por

Na cidade de Guaratuba, policiais militares prenderam, na manhã desta quinta-feira (11), um homem acusado de tentativa de feminicídio. Cleber de Arruda Santos, de 36 anos, foi abordado na Rua Tiago Pedroso, bairro Piçarras.

A OCORRÊNCIA: Por volta das 11h20, uma equipe de Rádio Patrulha foi acionada pelo Serviço de Inteligência da 3ª Companhia do 9º Batalhão com a informação sobre a localização de um homem que estava com mandado de prisão em seu desfavor.

De posse das informações e características do suspeito, a equipe acabou abordando Cleber em via pública. Com ele não foi encontrado nada de ilícito, porém, ao ser verificada sua identidade no sistema policial, foi constatado que contra ele havia um mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Criminal de Guaratuba, por tentativa de feminicídio.

Segundo o que foi apurado pela polícia, na madrugada do dia 24 de julho, no bairro Cohapar, em Guaratuba, Cleber havia agredido sua companheira com golpes de faca, após uma discussão durante um churrasco em que estavam presentes parentes da vítima.

Após a agressão, Cleber fugiu e não foi mais localizado. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá, devido à gravidade dos ferimentos.

Diante da situação, os policiais encaminharam Cleber de Arruda Santos à Cadeia Pública de Guaratuba, para o devido cumprimento da ordem de prisão, onde ficou recolhido à disposição da Justiça.

Continuar Lendo

Polícia

Mulher é presa mais uma vez por tráfico de drogas em Matinhos

Ela havia sido presa no dia 27 de junho pelo mesmo crime

Publicado

no

Por

Policiais militares do 9º Batalhão prenderam, na noite de quarta-feira (10), na cidade de Matinhos, Silvia Rodrigues, de 43 anos, por envolvimento com o tráfico de drogas. Ela já tinha passagem pela polícia pelo mesmo delito há pouco mais de um mês.

De acordo com o registrado na ocorrência, por volta das 23h30, uma equipe de Rádio Patrulha estava em policiamento ostensivo pela Avenida Paraná, no bairro Tabuleiro, quando em um local já conhecido dos militares por ser ponto de tráfico de drogas, avistou Silvia saindo de uma quitinete localizada nos fundos de um bar.

Os policiais estranharam quando a mulher, ao perceber a presença da viatura, demostrou nervosismo e, com um movimento brusco, arremessou algo para dentro do imóvel. Imediatamente os militares resolveram realizar a abordagem.

Na sequência, ao verificarem o que Silvia tinha dispensado, os policiais encontraram dois pequenos invólucros, um deles com 22 pedras de crack embaladas para a venda e outro com 18 pinos de cocaína, tipo eppendorf.PRESA EM JUNHO: Na identificação de Silvia, os policiais ainda constataram que ela já tinha passagens por tráfico de drogas e que havia sido presa em flagrante pela última vez no dia 27 de junho.

Diante do flagrante, Silvia Rodrigues foi encaminhada ao plantão da Delegacia Cidadã de Matinhos, junto com tudo que foi apreendido.

Continuar Lendo

Polícia

Rapaz é preso por roubar motocicleta da namorada em Paranaguá

Militares encontraram o veículo em uma “biqueira”, no bairro Emboguaçu

Publicado

no

Por

Um rapaz, de 26 anos, foi preso na tarde de terça-feira (9/8), em Paranaguá, pelo crime de roubo. Ele foi abordado por uma equipe de Rádio Patrulha da Polícia Militar, após ter sido denunciado pela namorada.

A OCORRÊNCIA: Por volta das 13h30, os militares foram acionados para se deslocar até a Rua Balduína Andrade Lobo, bairro Emboguaçu, onde a solicitante, de 23 anos, informou que seu namorado, no dia anterior, havia emprestado sua motocicleta Honda CB 250 Twister, a levou no seu trabalho e posteriormente não entregou mais o veículo e ainda tomou seu telefone celular.

‘BIQUEIRA’
Ao questionar o rapaz sobre a motocicleta e o celular, ele teria informado que havia deixado numa “biqueira” (local onde há venda de entorpecentes). Seguindo as informações, os policiais acabaram abordando um adolescente de 17 anos na Rua Tufi Maron e, na sequência, encontraram a moto em um beco.

Diante dos fatos, o menor acabou apreendido e foi encaminhado, junto com o seu pai, ao plantão da Delegacia Cidadã para ser ouvido pelas autoridades policiais. O namorado da vítima também foi levado à unidade policial e acabou autuado em flagrante pelo crime de roubo e, em seguida, recolhido à Cadeia Pública, à disposição da Justiça.

USUÁRIO DE DROGAS
Em suas declarações à polícia, a jovem relatou que o namorado é usuário de drogas e que, quando negou em emprestar a moto, ele fez ameaças, pegou seu celular dizendo que devolveria e, após conseguir pilotar o veículo, desapareceu.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.