Ligue-se a nós

Paranaguá

Vacinação contra gripe entra na reta final

PROCURA DE APENAS 40% PREOCUPA AUTORIDADES

Publicado

no

Agora Litoral
A campanha de vacinação contra a gripe (H1N1) entra na reta final com saldo baixo de procura. Do início de abril, quando as doses começaram a ser aplicadas, até agora, foram vacinadas apenas 18.569 pessoas de Paranaguá que pertencem aos grupos prioritários, faltando 27.485 doses.

O número representa apenas 40,32% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, que é imunizar um total de 46.054 cidadãos locais.

“Ainda temos tempo para conseguir vacinar esses quase 60% do público-alvo restante. Faltam poucos dias e esperamos atingir as metas estabelecidas para vacinar crianças de 6 meses a 6 anos incompletos, idosos com mais de 60 anos, gestantes em qualquer período gestacional, puérperas até 45 após o parto, profissionais de saúde e professores”, alerta a secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro.

O imunobiológico estará à disposição apenas até o dia 31 de maio, em todas as unidades de saúde de Paranaguá, das 8h às 17h, e no período da noite no posto da Grabiel de Lara, na região central, das 18h às 23h.

A preocupação maior é com os índices de cobertura vacinal de três grupos prioritários. Entre as crianças com idade entre 6 meses e 6 anos incompletos foram 34,54%, com 4.251 das 12.308 doses que deveriam ser aplicadas. A situação das gestantes é semelhante, com apenas 32,22% das vacinas realizadas, com 512 doses, quando na verdade 1.617 deveriam ser imunizadas.

O quadro é pior entre pessoas com comorbidades, como hipertensos, diabéticos, portadores de HIV e pacientes com câncer que fazem quimioterapia. São apenas 4.826 doses aplicadas, de um total de 15.101 que são esperadas, totalizando 31,96%.

Outro grupo prioritário que preocupa é o de puérperas. Mulheres com até 45 dias após o parto podem receber a vacina, mas somente 35,71% delas compareceram aos postos de saúde, totalizando 95 das 266 esperadas.

O índice de vacinação está um pouco melhor, mas ainda abaixo da meta estabelecida, entre os idosos com mais de 60 anos. Foram aplicadas 6.358 doses neste público-alvo, totalizando 49,96%, mas o esperado é vacinar 12.727.

Para professores do ensino básico e superior o índice é de 70,35%, com 952 vacinados, num universo de 1.356 que deveriam receber o imunobiológico. Trabalhadores de saúde somam 56,46%, pois foram feitas 1.491 aplicações das 2.641 previstas.

O único grupo que cumpriu e chegou a quase dobrar a meta estabelecida foi o de indígenas. Foram aplicadas 73 doses, mas estavam previstas 38, perfazendo 192,11%.

SITUAÇÃO PREOCUPANTE
Na opinião da secretária municipal de Saúde, a situação “é bastante preocupante”. “Estamos chegando na reta final e normalmente sempre há uma procura maior nestes últimos dias. Por isso é importante se antecipar para evitar aglomerações. Tomar a vacina evita complicações em pessoas que contraem esses tipos de gripe, sobretudo em gestantes, idosos e crianças”, observou Lígia Regina de Campos Cordeiro.

Todas as unidades de saúde de Paranaguá têm doses disponíveis da vacina contra a gripe H1N1. Elas atendem das 8h às 17h, sem intervalo para almoço. Entretanto, o posto da Gabriel de Lara tem aplicação também em horário estendido, no período da noite, entre 18h e 23h. “Criamos essa facilidade porque é importante proteger nossa população. É um benefício o atendimento em horário estendido, sobretudo para quem trabalha durante o dia e não tem tempo para se vacinar”, completou a secretária.

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Motociclista é vítima de ladrões na região do Morro Inglês

Criminosos emparelharam uma moto ao lado da Titan dele e a levaram.

Publicado

no

Por

Um motociclista foi assaltado, no início da noite de sexta-feira (29), quando trafegava pela BR-277, na região do Morro Inglês, em Paranaguá.

O crime foi praticado por dois indivíduos em outra moto, que obrigaram a vítima a parar em frente um estabelecimento comercial, às margens da rodovia, e fugiram levando seu veículo – uma Honda CG 160, cor azul, placa BBY-7B87 de Morretes.

Equipes da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal atenderam a ocorrência, por volta das 18h40, e fizeram patrulhamento pela região, mas não localizaram a moto ou os suspeitos do crime.

Em suas declarações, a vítima, de 28 anos, relatou que estava em movimento, quando os bandidos emparelharam com uma moto de cor escura e anunciaram o assalto, mostrando armas de fogo.

Ele contou ainda que, ao parar, um dos bandidos tomou a direção de sua moto e fugiu com o comparsa, sentido Curitiba.
ESTRADA DAS COLÔNIAS
Durante as diligências, a vítima informou aos militares que havia recebido uma informação que sua motocicleta teria sido abandonada em frente um colégio na Estrada das Colônias.

As equipes da PM foram ao local, mas o veículo não foi encontrado e nem pistas que pudessem levar ao seu paradeiro ou dos autores do roubo.

Continuar Lendo

Paranaguá

Motociclista fica ferido após moto bater em carro e pegar fogo

Foi no Km 3 da BR-277, região do Jardim Iguaçu. Moto ficou destruída.

Publicado

no

Por

Um motociclista ficou ferido após a moto que ele pilotava, uma CG 150, envolver-se num acidente com um carro e pegar fogo.

Foi na noite de sábado (30), no Km 3 da BR-277, próximo à rotatória do Pátio de Triagem do Porto de Paranaguá.

O acidente ocorreu por volta de 20h40, na região do Jardim Iguaçu, e envolveu, além da motocicleta, um automóvel Corsa Wind.

Logo após a colisão, a motocicleta pegou fogo.
Christopher Mitsuo Ishii, de 22 anos, morador no Jardim Ouro Fino, foi encontrado pela Polícia Militar a três metros de distância da moto, que ardia em chamas.

O motociclista estava ferido em um dos braços, mas consciente.

Os policiais então pegaram alguns extintores com caminhoneiros e tentaram conter o fogo, devido ao risco de explosão. Pouco depois, uma equipe de combate a incêndio da concessionária Ecovia controlou as chamas.
Socorristas da Ecovia atenderam Christopher e o encaminharam para o Hospital Regional.

Continuar Lendo

Paranaguá

Rapaz é executado em plena tarde de domingo na Baixada do Santos Dumont

Vítima, de 18 anos, residia próximo de onde foi assassinado.

Publicado

no

Por

Douglas Maciel Silveira (foto), de 18 anos, foi executado a tiros na tarde deste domingo (31), na Baixada do Santos Dumont, em Paranaguá, no Litoral do Paraná.

O crime ocorreu por volta de 16h15 e foi praticado na Rua Bento de Oliveira Rocha.

Segundo informações de populares, Douglas vinha de bicicleta com um amigo – ainda não identificado – quando dois indivíduos se aproximaram e um deles deu um tiro pelas costas no rapaz.

Não satisfeito, o atirador se aproximou do corpo caído e efetuou vários outros disparos, principalmente na cabeça de Douglas.

Em seguida, o homem – descrito como de pele clara, barba e cabelos loiros, que vestia bermuda preta e camiseta cinza – teria tentado atingir também o rapaz que estava com Douglas, mas não conseguiu.

Ele atirou na direção dele, mas acabou acertando um veículo que estava estacionado a uns 200 metros do local onde o crime foi praticado. O tiro acertou o para-brisa do carro.

Ainda de acordo com testemunhas que não quiseram se identificar, o atirador estava junto com um rapaz moreno claro, cabelo preto, curto, que trajava bermuda jeans e camiseta preta.

Ambos fugiram logo após os disparos.

A Polícia Militar realizou patrulhamento pela região, mas não localizou os suspeitos.

O corpo de Douglas Maciel Silveira, que residia próximo de onde foi morto, foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) para os procedimentos de praxe e posterior liberação aos familiares.

ESTATÍSTICA
Com mais essa execução, a cidade de Paranaguá contabiliza 32 homicídios este ano. Em todo Litoral do Paraná já foram registrados 65 assassinatos em 2020.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.