Ligue-se a nós

Paranaguá

Rotam prende acusado de tráfico de drogas na Vila Itiberê

Ele tinha maconha, crack, cocaína e dinheiro miúdo

Publicado

no

Policiais militares do nono Batalhão prenderam, na noite de terça-feira (28), Fabiano Gomes Dina, de 38 anos, por envolvimento com o tráfico de drogas na Vila Itiberê, na cidade de Paranaguá. Na ação houve a apreensão de porções de maconha, crack e cocaína.

Por volta das 19h30, uma equipe da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) estava em patrulhamento de rotina, quando, na Rua Laura dos Santos Dias, percebeu uma movimentação suspeita em um sobrado azul, que estava com a sua porta aberta.

Na aproximação da moradia, os policiais acabaram percebendo que, no painel da televisão da sala, havia porções de drogas e uma quantidade expressiva de moedas, mais um pouco de dinheiro trocado.

Imediatamente foi realizada a abordagem e, de acordo com o relatório policial, Fabiano, que é morador no local, apresentou-se à guarnição informando que a droga era dele e o entorpecente estaria ali para a comercialização.

Ao ser questionado se haveria mais drogas na casa, Fabiano afirmou que tinha mais uma quantidade na geladeira e nas gavetas do painel de suporte para a televisão.

Em seguida, os policiais localizaram porções de maconha, crack e cocaína nos locais informados, além de uma balança de precisão.
Na abordagem, ainda foram apreendidos dois rolos de papel filme, utilizados para embalar os entorpecentes, duas caixas de papel seda e oito telefones celulares de origem ilícita, que Fabiano afirmou que teria pego em negociatas com a venda das drogas, bem como duas televisões que também foram trocadas por entorpecentes.

Na busca pela sala da moradia, ainda foi encontrado um celular que estava dentro de uma carteira de trabalho, junto com um documento de identidade e um aparelho Ipad, os quais foram confirmados pelos policiais que seriam objetos de origem ilícita.

Diante dos fatos, Fabiano acabou preso e foi encaminhado, juntamente com as drogas e todo material ilícito que estava em sua residência, ao plantão da Delegacia Cidadã, para a elaboração do flagrante.

Na ação, a esposa do suspeito também foi encaminhada à unidade policial, mas ela não ficou presa.

Ao todo, foram apreendidos 320 gramas de maconha, 38 gramas de cocaína e quatro gramas de crack, além de R$ 453.

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Mulher é agredida com golpes de martelo após confusão com a ex-sobrinha

Foi na Vila Santa Cecília, na tarde de quinta-feira.

Publicado

no

Por

Um desentendimento entre duas mulheres, que evoluiu para uma agressão física, mobilizou uma equipe de policiais militares do 9º Batalhão na tarde de quinta-feira (13), em Paranaguá, no Litoral do Paraná.

A vítima foi uma mulher de 39 anos, que foi agredida com um martelo, na Rua Balduina Andrade Lobo, na Vila Santa Cecília.

Por volta das 15 horas, uma equipe de Rádio Patrulha foi ao local do chamado e encontrou a vítima ferida.

A mulher contou que, antes da agressão, teve um desentendimento com sua ex-sobrinha e que a mesma a atacou pelas costas, desferindo golpes contra sua cabeça e seu rosto com um martelo. A agressora fugiu, tomando rumo ignorado.

Os policiais acionaram o SAMU e acompanharam o atendimento da vítima, que precisou ser encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para cuidados médicos.

A vítima informou o nome da acusada da agressão, mas ela não foi localizada pelos militares.

Não foi esclarecido para a Polícia Militar o motivo da confusão entre as mulheres.

Continuar Lendo

Paranaguá

ROTAM prende jovem acusada de tráfico de drogas no Nilson Neves

Foi na noite de quinta-feira, na Travessa Maria Nely Picanço.

Publicado

no

Por

Policiais militares das Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) prenderam, na noite de quinta-feira (13), uma jovem de 20 anos acusada de envolvimento com o tráfico de drogas no Conjunto Nilson Neves, na cidade de Paranaguá.

Durante a ação foram apreendidas porções de maconha e cocaína, além de dinheiro e material para embalar o entorpecente. Houve ainda o encaminhamento de mais três adultos e um adolescente para a delegacia.

De acordo com o relatório policial, por volta das 20 horas, os militares da Rotam estavam em patrulhamento de rotina, quando, na Travessa Maria Nely Picanço, avistaram um rapaz em atitude suspeita na frente de uma casa.

De imediato os policiais realizaram a abordagem e constataram que se tratava de um adolescente de 17 anos, o qual foi flagrado com dinheiro miúdo, que ele acabou confessando que era proveniente da venda de drogas.

Em seguida, os militares foram até a moradia, que se encontrava com o portão aberto, e avistaram três mulheres e um rapaz dentro do imóvel. Eles perceberam que havia drogas no local.

Imediatamente foi feita a abordagem e, durante as buscas, foram apreendidos 115 gramas de maconha, divididos em porções prontas para a venda, três buchas de cocaína, duas balanças de precisão, além de plástico para embalar a droga e R$ 688 em dinheiro miúdo.
Camila da Silva Correia, de 20 anos assumiu ser responsável pelo tráfico de drogas no local e foi autuada em flagrante na Delegacia Cidadã e, em seguida, encaminhada para o setor de carceragem da Cadeia Pública.

O menor foi ouvido em Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC) por ato infracional análogo ao tráfico de drogas e entregue para sua mãe. As outras duas moças, de 18 e 20 anos, e o rapaz, de 19, foram ouvidos como testemunhas e liberados.

Continuar Lendo

Paranaguá

Prefeitura alerta para cuidados com o lixo produzido nessa época de pandemia

Objetivo é evitar o contato dos coletores com o vírus.

Publicado

no

Por

A Prefeitura de Paranaguá está alertando para os cuidados que a população deve ter com o lixo produzido nessa época de pandemia do novo coronavírus, principalmente às famílias de contaminados ou suspeitos de estarem com a Covid-19.

De acordo com a secretaria do Meio Ambiente, o material reciclável não deve ser colocado para coleta seletiva para evitar riscos de contaminação para o coletor e também aos recicladores.

O lixo deve ser embalado em um único saco de lixo grande e reforçado, preenchendo apenas dois terços da capacidade. Também devem ser borrifados com água sanitária por dentro e por fora antes de levados para recolhimento.

Ainda dentro de casa, todos os moradores devem descartar luvas, máscaras e lenços no lixo do banheiro, pois esse já é considerado um lixo contaminado.

É importante borrifar água sanitária no local. Todo o lixo gerado pelo paciente deve ser descartado no lixo do banheiro: luvas, máscaras, restos de alimentos, recicláveis, entre outros.

Durante o isolamento domiciliar, como todo material utilizado pela pessoa confirmada para a doença deve ser individual (separado dos demais itens da família para evitar a transmissão da doença aos familiares), o mesmo deve ocorrer com o lixo produzido pelo paciente.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.