Ligue-se a nós

Paranaguá

Rotam apreende quase 5 kg de crack em uma casa no Jardim Iguaçu

Policiais ainda encontraram uma moto, cocaína e um currículo de trabalho

Publicado

no

Droga apreendida pela PM

Policiais militares da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel), fizeram a apreensão de quase 5 kg de crack, durante uma abordagem no Jardim Iguaçu, em Paranaguá, na noite de quinta-feira (20).

Tudo começou por volta das 23h30, quando os militares, que estavam em patrulhamento pelo bairro, ao chegarem em um beco na Rua dos Jatobás, avistaram uma mulher com uma mochila nas costas, em frente ao portão aberto de uma residência.

Ao perceber a aproximação da viatura, ela tentou se esconder, chamando assim a atenção dos policiais. Estes, de imediato, desembarcaram da viatura para saber se ela estava precisando de ajuda.

No entanto, a mulher, que estava a uma distância de aproximadamente 50 metros dos policiais, tentou lançar sua mochila para o interior da residência em que ela estava na frente, fugindo, em seguida, tomando rumo ignorado.

MOCHILA
Ao ser verificado o que havia na mochila, os policiais encontraram um tablete de crack. Ainda, no mesmo terreno, foi possível visualizar, na mesa da cozinha da casa, uma balança de precisão e mais quatro tabletes de crack (idênticos ao dispensado pela mulher) e alguns fragmentos menores do mesmo entorpecente, que totalizaram 4,917 quilos da droga.

No mesmo local os militares ainda acharam 25 gramas de cocaína, papel filme e um currículo de trabalho.

Ainda foi encontrada uma motocicleta Yamaha Factor Ybr 125, mas nenhum suspeito foi abordado.

Diante da situação, todo o entorpecente e o restante do que foi apreendido, foram encaminhados ao plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá.

Deixe seu comentário!

Paranaguá

ROMU leva dois pra DP por suspeita de tráfico de drogas na Vila Primavera

Ação da GCM foi no final da tarde de domingo (5).

Publicado

no

Por

No final da tarde de domingo (5), agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) prenderam Marcos Antonio Ribeiro Junior, de 23 anos, acusado de tráfico de drogas na Vila Primavera, em Paranaguá.

Na ação, outro suspeito, de 20 anos, foi detido por porte de entorpecente.
Tudo começou por volta das 18h30, quando uma equipe da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal), durante patrulhamento pelo bairro, avistou Marcos Antonio e o outro rapaz em atitude suspeita na Rua das Palmas.

Segundo a ocorrência, os dois rapazes demonstraram nervosismo quando perceberam a viatura se aproximando.

Marcos, ao ver que seria abordado, jogou ao chão uma sacola plástica onde foi encontrada uma balança de precisão, além de quatro pedaços de maconha.

Com ele ainda houve a apreensão de mais uma porção da droga e uma faca de cozinha, que estava em sua cintura.

Com o outro abordado foi encontrado um cigarro de maconha e, em sua casa, mais maconha e pedaços plásticos usados para serem usados como embalagem.

Ao todo foram apreendidos 82 gramas de maconha.
Diante da situação, a dupla foi encaminhada ao plantão da Delegacia Cidadã, sendo Marcos autuado em flagrante por tráfico de drogas e, em seguida, conduzido ao setor de carceragem da Cadeia Pública.

O outro suspeito foi ouvido em Termo Circunstanciado (TC), por porte de entorpecente, que será encaminhado ao Juizado Especial Criminal para audiência.

Continuar Lendo

Paranaguá

Mãe e filho são presos por tráfico de drogas

Prisão ocorreu na Vila São Vicente, após denúncia feita à PM.

Publicado

no

Por

Uma mulher de 49 anos e o filho dela de 25 foram presos pela Polícia Militar em Paranaguá por envolvimento com o tráfico de drogas.

A prisão ocorreu na tarde de sexta-feira (3), na Vila São Vicente, e resultou na apreensão de porções de maconha e pedras de crack.

Os militares chegaram até Adriana Alves Ribeiro e seu filho Edenilson Ribeiro de Oliveira após receberem uma denúncia de que em uma casa, em frente uma bicicletaria, havia venda de entorpecentes.

Ainda de acordo com a denúncia, feitas na Avenida Domingos Peneda, o comércio de drogas estaria acontecendo já há alguns meses.

Ao chegar no local indicado, por volta de 15h20, a equipe de Rádio Patrulha da PM encontrou Edenilson e outro rapaz. Ambos estavam conversando. Imediatamente foi realizada a abordagem nos dois.

Com eles nada de ilícito foi encontrado. Porém, ao vasculharem uma máquina de lavar que estava perto dos suspeitos, os militares descobriram três buchas de maconha.

Nervoso, Edenilson disse aos PMs que não teria mais nenhuma droga em casa, mas os policiais – ainda do lado de fora da residência – enxergaram, na sala, em cima de um sofá, um prato com algumas pedras de crack (sete) prontas para a comercialização.

A partir daí eles abordaram também a mãe do rapaz. Ao ser indagada sobre a propriedade das drogas, Adriana disse não saber.

Apesar da negativa, no quarto dela os policiais militares encontraram outro prato com mais 20 pedras de crack, e no quarto de Edenilson mais cinco buchas de maconha e um plástico com a mesma droga. Em vista disso, mãe e filho receberam voz de prisão.

Os dois foram encaminhados à 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, junto com o crack e a maconha apreendidos, onde foi lavrado o flagrante por tráfico de drogas.

Adriana e Edenilson já tinham passagens pela polícia pelo mesmo crime.

Continuar Lendo

Paranaguá

Ciclista é ameaçado com arma de fogo em assalto na Vila Divinéia

Vítima perdeu a bicicleta para o ladrão na noite de sexta-feira (3).

Publicado

no

Por

A onda de assaltos à mão armada continua em alta em Paranaguá, no Litoral do Paraná.

Na noite de sexta-feira (3), a vítima foi um ciclista, que teve sua bicicleta roubada após ter sido ameaçado com uma arma de fogo.

A PM foi chamada para atender a ocorrência, na Rua Francisco Cabral, Vila Divinéia.

No local, a vítima relatou aos policiais militares que estava trafegando com sua bicicleta por aquela via, quando um homem o abordou mostrando uma arma de fogo e exigiu que entregasse seu celular.

O ciclista contou que, ao informar que não tinha telefone, o bandido tomou sua bicicleta, modelo feminino, de cor branca, com cestinho, e fugiu tomando rumo ignorado.

O assaltante foi descrito como um homem magro e alto, de pele branca, que trajava blusa de moletom preta e bermuda jeans.

Os policiais militares realizaram patrulhamento pela região, mas não localizaram o responsável pelo roubo.

O caso foi registrado em boletim de ocorrência e a vítima orientada sobre as providências a serem tomadas.

Continuar Lendo
Anúncio