Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
PUBLICIDADE
Paranaguá

Pastor cobra transparência na contratação de André Valadão

Presidente da Associação dos Ministros Evangélicos deu puxão de orelha nas lideranças da Câmara 

Paranaguá, PR
Agora Litoral

O pastor Irineu José da Cruz Alves, presidente da Associação dos Ministros Evangélicos de Paranaguá-AMEP, cobrou da tribuna da Câmara Municipal nesta quinta-feira (6) mais transparência na contratação do show do cantor André Valadão, previsto para o mesmo dia da tradicional Marcha para Jesus.

Ele também anunciou que a diretoria da entidade não aprovou a vinculação do show do artista para o dia do evento e que este ano a AMEP não participará do show do cantor e sequer dividirá o mesmo espaço com André Valadão no dia 29 de julho.

“A igreja está aqui para servir a cidade, e não o contrário. Por isso optamos por não receber qualquer ajuda da Prefeitura na execução das marchas, que são custeadas há anos pelos próprios fiéis de nossas congregações”, salientou o pastor Irineu. Ele discursou por indicação dos vereadores Adriano Ramos e Jaime da Saúde.

Irineu esclareceu que a decisão, primeiramente, é por orientação de Deus, e também “pela falta de transparência por parte dos contratantes e de alguns fiscais desta Casa (referindo-se aos vereadores), quando se negam a elucidar à população o tipo de parceria adotada entre Executivo e iniciativa privada, o que culminou na realização desse evento”.

MUDANÇA DE ITINERÁRIO

De acordo com o presidente da AMEP, a Associação poderá, inclusive, alterar o itinerário costumeiro da marcha, fazendo valer o direito constitucional de livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos cultos e a suas liturgias.

O pastor Irineu Cruz esclareceu que a AMEP não faz qualquer tipo de oposição a governos ou partidos políticos e que apenas firma sua posição aos princípios, baseados na palavra de Deus.

REPÚDIO

Ao finalizar, o pastor Irineu Cruz salientou que a entidade faz parte do movimento Paraná sem corrupção apoiando a transparência e a fiscalização dos órgãos competentes e que repudiava os líderes da Câmara Municipal, “que se denominam às vezes evangélicos, mas que em momentos como esse abrem mão da transparência e da fiscalização necessária para satisfazer a necessidade de informação da população”.

LEIA TAMBÉM

Empresa parceira da Prefeitura bancará todos shows na cidade

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios