Ligue-se a nós

Paranaguá

Homem invade casa armado de faca e facão e acaba no hospital

Ele é o mesmo que em 2014 matou o padrasto com uma facada no pescoço

Publicado

no

Alex Sandro da Costa Braga, de 37 anos, se deu mal ao invadir uma casa na Rua Nestor Victor, no bairro João Gualberto, em Paranaguá, para a prática de roubo, na madrugada deste sábado (13/02). Ele estava armado com uma faca e um facão, mas o morador reagiu e o suspeito acabou no Hospital Regional do Litoral.

Conforme a ocorrência, por volta da 1h20, uma equipe da Polícia Militar estava em patrulhamento pela área central quando foi chamada para atender uma ocorrência de roubo. A solicitante informava que seu vizinho estava sendo vítima de roubo e gritava por socorro.

De imediato os militares foram ao local e encontraram um menino de 12 anos, que foi quem alertou a solicitante. O menor abriu o portão e franqueou a entrada da equipe policial e os PMs, em um cômodo nos fundos do imóvel, visualizaram dois homens em vias de fato.

Em seguida foi realizada a abordagem e verificado que o proprietário da residência, de 49 anos, estava imobilizando Alex Sandro, que havia invadido a residência na tentativa de roubo. Segundo o morador, ele e seu filho estavam na sala quando o invasor apareceu usando uma máscara e com uma faca tipo de açougueiro e um facão nas mãos.

A vítima contou que, em seguida, o invasor avançou na direção dele e de seu filho com intuito de feri-los, momento em que teve início uma luta corporal. Na briga, os dois homens acabaram sofrendo ferimentos de arma branca. O SAMU foi acionado e ambos acabaram encaminhados para o Hospital Regional do Litoral.

Após o atendimento médico, a vítima e seu filho foram conduzidos ao plantão da Delegacia Cidadã para a elaboração do boletim de ocorrência e apresentação da situação à autoridade policial. Já o autor da tentativa de roubo permaneceu internado na unidade de saúde, sob observação médica e escolta policial.

Assim que receber alta, Alex Sandro – que tem endereço no Parque São João – também deverá ser encaminhado à Delegacia Cidadã para a elaboração do flagrante.

Invasor matou o padrasto com uma facada no pescoço em 2014

Alex Sandro da Costa Braga já foi preso várias vezes por furto, invasão de domicílio e até por homicídio.

Na manhã do dia 29 de março de 2014 ele matou o padrasto, Roberto Rosina Nascimento, de 34 anos, com uma facada no pescoço.

O crime aconteceu após uma discussão entre ambos na Rua Balduína Andrade Lobo, no Morro da Cocada, em Paranaguá.

Usuário de crack, Alex Sandro da Costa Braga, na época com 30 anos, costumeiramente furtava objetos em casa para comprar a droga.

Insatisfeito com os rotineiros furtos, o padrasto não o queria mais em casa. Porém, ao sair para trabalhar, Roberto foi atacado pelas costas pelo enteado e morreu após ser esfaqueado no pescoço.

Alex Sandro foi preso pela Polícia Militar logo após o crime. Foi solto em fevereiro de 2020 e seu julgamento estava marcado para 18 de março de 2020, mas o prazo não se concretizou em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Motorista de aplicativo é amarrado durante assalto e deixado em matagal

Ele chegou a ficar trancado no porta-malas do carro

Publicado

no

Por

Um motorista de aplicativo, de 42 aos, foi assaltado na noite de quinta-feira (4/3), durante uma corrida na cidade de Paranaguá. Ele foi amarrado pelos bandidos e deixado em uma região de mata, depois de ficar trancado no porta-malas do carro.

A vítima acionou a Polícia Militar, a qual, durante as diligências, acabou localizando o automóvel roubado, um Renault Sandero, mas nenhum suspeito do delito foi preso.

Em suas declarações à PM, o motorista contou que, por volta das 20h45, foi solicitado para uma corrida na Avenida Roque Vernalha e que ao chegar no local indicado, três homens embarcaram no seu carro, porém, instantes depois, dois deles anunciaram o assalto mostrando armas de fogo.

O motorista disse também que, na sequência, foi obrigado a parar o automóvel, tendo suas mãos amarradas, e depois foi colocado no porta-malas, onde permaneceu até chegar em uma região de mata na Vila Santa Maria, onde foi abandonado.

Por volta das 22 horas a PM foi informada sobre o assalto e, já na madrugada desta sexta-feira (5), o veículo da vítima foi encontrado com a chave na ignição, abandonado em um matagal na Rua Doutor Armando José Azevedo Lobo, na Vila Divinéia, mas nenhum suspeito do roubo foi localizado por perto.

Diante da situação, o Sandero foi encaminhado para a Delegacia Cidadã de Paranaguá, para que fossem tomadas as providências necessárias.

A vítima relatou ainda que, durante o assalto, observou que um dos criminosos tinha o desenho de um diamante tatuado no pescoço.

Continuar Lendo

Paranaguá

Homem é executado a tiros dentro de casa na Vila Garcia

Criminoso invadiu a residência e atirou na vítima pelas costas

Publicado

no

Por

Paulo Bento dos Santos (Foto redes sociais)

Um homem foi executado a tiros dentro de casa na Vila Garcia, em Paranaguá. A execução ocorreu na tarde desta sexta-feira (5/3), no encontro das ruas Levi Gonçalves e Virginia Ribeiro Filho.

Segundo informações apuradas pela Polícia Militar no local do crime, Paulo Bento dos Santos, de 39 anos, estava na casa da sogra ajudando em uma mudança quando foi atingido pelos disparos.

Um homem forçou o portão lateral da casa, entrou e atirou em Paulo pelas costas. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Ainda de acordo com a PM, logo após executar Paulo, o atirador teria entrado em um automóvel Renault Logan de cor prata e saído em alta velocidade.

Paulo Bento dos Santos era conhecido por “Polaco”. Ele deixa esposa e filhos. Até agora não se tem conhecimento se ele tinha algum histórico criminal.

SEGUNDO HOMICÍDIO DO DIA

Ainda não se sabe nada sobre a motivação ou a autoria para o assassinato de Paulo Bento, o segundo registrado nesta sexta-feira na cidade.

O primeiro ocorreu no início da madrugada, no Jardim Araçá, e vitimou Rodrigo Vieira Rocha, de 30 anos.

Continuar Lendo

Paranaguá

Rapaz é executado a tiros no Jardim Araçá

Foi no início da madrugada desta sexta-feira (5/3)

Publicado

no

Por

Rodrigo Vieira Rocha (foto), de 28 anos, foi executado a tiros no início da madrugada desta sexta-feira (5/3), no bairro Jardim Araçá, em Paranaguá. Ele foi atingido por vários disparos de calibres .40 e 380.

Conhecido por “Muchacho”, Rodrigo estava em frente a um bar, na Rua Alfredo Budant, quando ocorreu a execução. Após os disparos, os autores teriam fugido em um automóvel. O rapaz morreu no local.

A Polícia Militar foi chamada, mas poucas informações que pudessem levar à autoria do homicídio foram conseguidas. Nem a marca do carro usado na execução foi repassada aos PMs.

Rodrigo Vieira Rocha possuía histórico criminal. A Polícia Civil investiga mais esse assassinato, o 16º ocorrido na cidade este ano.

VEJA TAMBÉM

Preso autor de feminicídio em Paranaguá

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.