Ligue-se a nós

Paranaguá

Homem flagrado furtando bicicleta é preso pela GCM (COM VÍDEO)

ELE ESTAVA NA FRENTE DE CASA NO VALADARES

Publicado

no

Agora Litoral
Foi preso na tarde desta segunda-feira, 13, na Ilha dos Valadares, em Paranaguá, Luiz Cesar Miranda da Silva, de 45 anos, que pela manhã foi filmado furtando uma bicicleta na frente de uma agência bancária no centro de Paranaguá. As imagens foram repassadas pelas redes sociais e o suspeito detido pela Guarda Civil Municipal e encaminhado à 1ª Subdivisão Policial para a elaboração do flagrante pelo crime de furto qualificado. (VEJA O VÍDEO ABAIXO)

Conforme a ocorrência, por volta das 14h45, um agente da GCM, em horário de folga, reconheceu Luiz Cesar como sendo o suspeito do vídeo e o seguiu até o bicicletário de um supermercado, na Rua Professor Cleto, onde deixou o objeto do furto. Em seguida, o homem foi para a Ilha dos Valadares.

As informações foram repassadas para uma equipe da Romu (Ronda Ostensiva Municipal), a qual foi atrás do suspeito, que acabou abordado na frente de sua casa e confessou a autoria do delito. O homem foi conduzido à delegacia para a elaboração do flagrante e, em seguida, recolhido ao setor de carceragem da Cadeia Pública, à disposição da Justiça.

A bicicleta foi recuperada e entregue na delegacia para ser devolvida à vítima.

MOMENTO DO FURTO

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Motociclista fica ferido após moto bater em carro e pegar fogo

Foi no Km 3 da BR-277, região do Jardim Iguaçu. Moto ficou destruída.

Publicado

no

Por

Um motociclista ficou ferido após a moto que ele pilotava, uma CG 150, envolver-se num acidente com um carro e pegar fogo.

Foi na noite de sábado (30), no Km 3 da BR-277, próximo à rotatória do Pátio de Triagem do Porto de Paranaguá.

O acidente ocorreu por volta de 20h40, na região do Jardim Iguaçu, e envolveu, além da motocicleta, um automóvel Corsa Wind.

Logo após a colisão, a motocicleta pegou fogo.
Christopher Mitsuo Ishii, de 22 anos, morador no Jardim Ouro Fino, foi encontrado pela Polícia Militar a três metros de distância da moto, que ardia em chamas.

O motociclista estava ferido em um dos braços, mas consciente.

Os policiais então pegaram alguns extintores com caminhoneiros e tentaram conter o fogo, devido ao risco de explosão. Pouco depois, uma equipe de combate a incêndio da concessionária Ecovia controlou as chamas.
Socorristas da Ecovia atenderam Christopher e o encaminharam para o Hospital Regional.

Continuar Lendo

Paranaguá

Rapaz é executado em plena tarde de domingo na Baixada do Santos Dumont

Vítima, de 18 anos, residia próximo de onde foi assassinado.

Publicado

no

Por

Douglas Maciel Silveira (foto), de 18 anos, foi executado a tiros na tarde deste domingo (31), na Baixada do Santos Dumont, em Paranaguá, no Litoral do Paraná.

O crime ocorreu por volta de 16h15 e foi praticado na Rua Bento de Oliveira Rocha.

Segundo informações de populares, Douglas vinha de bicicleta com um amigo – ainda não identificado – quando dois indivíduos se aproximaram e um deles deu um tiro pelas costas no rapaz.

Não satisfeito, o atirador se aproximou do corpo caído e efetuou vários outros disparos, principalmente na cabeça de Douglas.

Em seguida, o homem – descrito como de pele clara, barba e cabelos loiros, que vestia bermuda preta e camiseta cinza – teria tentado atingir também o rapaz que estava com Douglas, mas não conseguiu.

Ele atirou na direção dele, mas acabou acertando um veículo que estava estacionado a uns 200 metros do local onde o crime foi praticado. O tiro acertou o para-brisa do carro.

Ainda de acordo com testemunhas que não quiseram se identificar, o atirador estava junto com um rapaz moreno claro, cabelo preto, curto, que trajava bermuda jeans e camiseta preta.

Ambos fugiram logo após os disparos.

A Polícia Militar realizou patrulhamento pela região, mas não localizou os suspeitos.

O corpo de Douglas Maciel Silveira, que residia próximo de onde foi morto, foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) para os procedimentos de praxe e posterior liberação aos familiares.

ESTATÍSTICA
Com mais essa execução, a cidade de Paranaguá contabiliza 32 homicídios este ano. Em todo Litoral do Paraná já foram registrados 65 assassinatos em 2020.

Continuar Lendo

Paranaguá

Rapaz é preso por agredir a companheira com cabo de vassoura

Caso de violência doméstica ocorreu no bairro Parque Agari.

Publicado

no

Por

Um rapaz de 22 anos foi preso na manhã de sexta-feira (29), no Parque Agari, em Paranaguá, acusado de agredir sua companheira com uma vassoura.

A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar, que registrou o caso como violência doméstica e encaminhou os envolvidos para o plantão da Delegacia Cidadã.

Tudo começou por volta das 10 horas quando a Central de Operações do 9º Batalhão recebeu ligações de pessoas relatando que uma moça estaria sendo agredida pelo seu marido e repassaram o endereço da situação. De imediato, uma equipe policial foi ao local e encontrou a vítima, uma moça de 18 anos.

Em suas declarações aos militares, a jovem relatou que, na noite anterior, seu marido chegou em casa embriagado e pela manhã acabou discutindo com ele, o qual, ainda muito agressivo, pegou uma vassoura e desferiu golpes em sua cabeça.

A moça contou que ainda foi empurrada pelo rapaz e que ele, após derrubá-la, teria lhe agredido com socos, tapas e chutes.

Ela disse também que foi ofendida com palavras de extremo constrangimento e que reagiu com arranhões.

Quando os policiais chegaram, a confusão já tinha sido apaziguada pelo pai do rapaz, que estava no local.

Diante dos fatos, o jovem recebeu voz de prisão e foi conduzido ao plantão da Delegacia Cidadã, conforme previsto na Lei Maria da Penha.

Devido às agressões que sofreu, a moça ficou com lesões no nariz, cabeça e pernas.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.