Ligue-se a nós

Paranaguá

Homem é preso por tráfico de drogas no “Catingueiro”

Prisão foi feita pela ROMU na noite de domingo

Publicado

no

Jhonatan Barrozo Carvalho, de 24 anos, foi preso pela Guarda Civil Municipal, na noite de domingo (14/02), acusado de envolvimento com o tráfico de drogas na cidade de Paranaguá. Na ação houve a apreensão de porções de crack e maconha, balança de precisão, dinheiro e material para embalar o entorpecente.

A OCORRÊNCIA

Por volta das 19h, uma equipe da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) estava em patrulhamento pela Rua Governador Manoel Ribas, bairro Industrial, quando ao chegar em um local chamado “Catingueiro”, conhecido por ser ponto de comércio de entorpecentes, flagrou Jhonatan em atitude suspeita.

Ao perceber a viatura se aproximando, o rapaz demonstrou nervosismo e jogou ao solo um invólucro plástico. De imediato foi feita a abordagem e verificado que suspeito havia dispensado 15 pedras pequenas e uma grande de crack, todas prontas para a venda.

Ao ser questionado sobre a droga, Jhonatan teria admitido que estaria comercializando no local pelo valor de R$10 cada unidade. Ele ainda confessou que tinha mais drogas guardadas em sua casa, localizada na Rua dos Jatobás, no bairro Jardim Iguaçu.

Seguindo as informações do rapaz, que confessou que havia drogas embaixo de sua cama, os agentes foram até a moradia e encontraram quatro pedras grandes de crack, que totalizaram 208 gramas do entorpecente, e também um invólucro de maconha, que pesou 14 gramas, balança de precisão, além de faca e duas tesouras utilizadas para fracionar o entorpecente.

Com o suspeito ainda houve a apreensão de R$ 107,70 em notas miúdas e moedas. Diante dos fatos, Jhonatan foi preso e encaminhado para a Delegacia Cidadã, junto com tudo que foi apreendido, para a elaboração do flagrante.

Jhonatan Barrozo Carvalho já foi preso por tráfico de drogas. A mais recente, há cinco meses, no mesmo bairro e também pela Guarda Civil Municipal.

O Agora Litoral registrou:

ROMU apreende 114 pedras de crack ao abordar trio no bairro Industrial

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Motorista de aplicativo é amarrado durante assalto e deixado em matagal

Ele chegou a ficar trancado no porta-malas do carro

Publicado

no

Por

Um motorista de aplicativo, de 42 aos, foi assaltado na noite de quinta-feira (4/3), durante uma corrida na cidade de Paranaguá. Ele foi amarrado pelos bandidos e deixado em uma região de mata, depois de ficar trancado no porta-malas do carro.

A vítima acionou a Polícia Militar, a qual, durante as diligências, acabou localizando o automóvel roubado, um Renault Sandero, mas nenhum suspeito do delito foi preso.

Em suas declarações à PM, o motorista contou que, por volta das 20h45, foi solicitado para uma corrida na Avenida Roque Vernalha e que ao chegar no local indicado, três homens embarcaram no seu carro, porém, instantes depois, dois deles anunciaram o assalto mostrando armas de fogo.

O motorista disse também que, na sequência, foi obrigado a parar o automóvel, tendo suas mãos amarradas, e depois foi colocado no porta-malas, onde permaneceu até chegar em uma região de mata na Vila Santa Maria, onde foi abandonado.

Por volta das 22 horas a PM foi informada sobre o assalto e, já na madrugada desta sexta-feira (5), o veículo da vítima foi encontrado com a chave na ignição, abandonado em um matagal na Rua Doutor Armando José Azevedo Lobo, na Vila Divinéia, mas nenhum suspeito do roubo foi localizado por perto.

Diante da situação, o Sandero foi encaminhado para a Delegacia Cidadã de Paranaguá, para que fossem tomadas as providências necessárias.

A vítima relatou ainda que, durante o assalto, observou que um dos criminosos tinha o desenho de um diamante tatuado no pescoço.

Continuar Lendo

Paranaguá

Homem é executado a tiros dentro de casa na Vila Garcia

Criminoso invadiu a residência e atirou na vítima pelas costas

Publicado

no

Por

Paulo Bento dos Santos (Foto redes sociais)

Um homem foi executado a tiros dentro de casa na Vila Garcia, em Paranaguá. A execução ocorreu na tarde desta sexta-feira (5/3), no encontro das ruas Levi Gonçalves e Virginia Ribeiro Filho.

Segundo informações apuradas pela Polícia Militar no local do crime, Paulo Bento dos Santos, de 39 anos, estava na casa da sogra ajudando em uma mudança quando foi atingido pelos disparos.

Um homem forçou o portão lateral da casa, entrou e atirou em Paulo pelas costas. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Ainda de acordo com a PM, logo após executar Paulo, o atirador teria entrado em um automóvel Renault Logan de cor prata e saído em alta velocidade.

Paulo Bento dos Santos era conhecido por “Polaco”. Ele deixa esposa e filhos. Até agora não se tem conhecimento se ele tinha algum histórico criminal.

SEGUNDO HOMICÍDIO DO DIA

Ainda não se sabe nada sobre a motivação ou a autoria para o assassinato de Paulo Bento, o segundo registrado nesta sexta-feira na cidade.

O primeiro ocorreu no início da madrugada, no Jardim Araçá, e vitimou Rodrigo Vieira Rocha, de 30 anos.

Continuar Lendo

Paranaguá

Rapaz é executado a tiros no Jardim Araçá

Foi no início da madrugada desta sexta-feira (5/3)

Publicado

no

Por

Rodrigo Vieira Rocha (foto), de 28 anos, foi executado a tiros no início da madrugada desta sexta-feira (5/3), no bairro Jardim Araçá, em Paranaguá. Ele foi atingido por vários disparos de calibres .40 e 380.

Conhecido por “Muchacho”, Rodrigo estava em frente a um bar, na Rua Alfredo Budant, quando ocorreu a execução. Após os disparos, os autores teriam fugido em um automóvel. O rapaz morreu no local.

A Polícia Militar foi chamada, mas poucas informações que pudessem levar à autoria do homicídio foram conseguidas. Nem a marca do carro usado na execução foi repassada aos PMs.

Rodrigo Vieira Rocha possuía histórico criminal. A Polícia Civil investiga mais esse assassinato, o 16º ocorrido na cidade este ano.

VEJA TAMBÉM

Preso autor de feminicídio em Paranaguá

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.