Ligue-se a nós

Paranaguá

Homem é preso após ser flagrado roubando Nutella em supermercado

Para fugir, ele ameaçou os funcionários com simulacro de revólver.

Publicado

no

Ação da ROMU foi na noite de segunda-feira (19)

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) prenderam, na noite de segunda-feira (19), Juliano da Silva Quadros, de 33 anos, pelo crime de roubo. A ação ocorreu após o suspeito ter sido flagrado furtando mercadorias em um supermercado de Paranaguá e ameaçar os funcionários com um simulacro de arma de fogo.

A situação foi registrada pelas câmeras de monitoramento do estabelecimento.

Conforme a ocorrência, por volta das 21h30, uma equipe da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) estava em patrulhamento pela área central quando foi informada pela Central de Controle de Operações que havia ocorrido uma situação de roubo ao supermercado Bavaresco, na Rua José Gomes.

Durante a averiguação, os agentes souberam que o suspeito, que estava trajando um casaco xadrez, havia furtado quatro potes de creme de avelã e que, ao ser abordado por funcionários, sacou uma arma de fogo e, em seguida, fugiu do local levando as mercadorias.

Na sequência, a equipe da ROMU deu início ao patrulhamento pela região e, na Rua Pêcego Junior, no Centro Histórico, encontrou Juliano, que se encaixava na descrição repassada. Na busca pessoal foi localizado em seu poder um pote de creme de avelã e, ao ser questionado sobre o roubo, alegou não ter conhecimento.

No entanto, ao ser feita uma busca pelo local onde o suspeito foi abordado, os guardas civis acabaram localizando mais três potes do mesmo produto e um simulacro de revólver quebrado, sem condições de efetuar disparos. A guarnição então realizou contato com as vítimas que reconheceram Juliano como o autor do delito.

Diante da situação, o detido acabou encaminhado para o plantão da Delegacia Cidadã, junto com tudo que foi apreendido, para a elaboração do flagrante.

Câmeras de monitoramento do supermercado registraram a ação de Juliano no momento em que puxou a arma para fugir.

HISTÓRICO CRIMINAL
Não é a primeira vez que Juliano da Silva Quadros é levado pra Delegacia de Polícia. Ele possui um considerável histórico criminal.

Em agosto de 2018, ele foi preso após ser flagrado furtando no supermercado Condor, na Rua João Eugênio. Na oportunidade, Juliano chegou a ameaçar e agredir um dos seguranças do estabelecimento.

Quando foi preso ele mentiu o nome e se fez passar por um primo.

Suspeito que deu nome do primo ao ser preso tinha mandado de prisão

Em agosto deste ano, Juliano foi capturado por agentes da GCM em cumprimento a um mandado de prisão por roubo agravado.

ROMU captura procurado por roubo em abordagem na Praça de Eventos

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Mulher tem bolsa roubada por motoqueiro na Estradinha

Assalto ocorreu no início da manhã de terça-feira

Publicado

no

Por

No início da manhã de terça-feira, dia 1º, uma mulher de 51 anos foi assaltada na Avenida Coronel Elysio Pereira, bairro Estradinha, em Paranaguá. A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar.

Conforme o relatório policial, a vítima informou que estava indo para o trabalho de bicicleta, por volta das 5h50, quando foi abordada por um indivíduo em uma motocicleta Honda CG preta.

O marginal, fazendo gestos de que estava armado, tomou sua bolsa contendo celular, cartões bancários, documentos e molho de chaves.

A vítima relatou que o assaltante estava trajando ‘roupas de firma’, na cor azul e com listra amarela, e que ele era de estatura baixa e magro, mas não soube informar a placa do veículo que ele pilotava.

Os policiais realizaram patrulhamento pela região, mas não houve êxito na localização do autor do assalto.

VEJA TAMBÉM

Homem é preso e surrado por populares após furto em casa na Costeira

Continuar Lendo

Paranaguá

Homem abandona bolsa com mais de 2 kg de maconha ao ver viatura da ROMU

Foi na noite de terça-feira no bairro Labra

Publicado

no

Por

Maconha apreendida no Labra

No início da noite desta terça-feira, dia 1º, agentes da Guarda Civil Municipal fizeram a apreensão de mais de dois quilos de maconha, durante uma tentativa de abordagem no bairro Labra, em Paranaguá.

A droga estava em uma bolsa, que foi abandonada por um suspeito assim que viu a viatura da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) se aproximando.

Tudo aconteceu por volta das 19h30. Os agentes estavam em patrulhamento pela Rua Uaupes, quando avistaram um homem na frente de um barraco. Ao perceber a aproximação da viatura, ele jogou uma bolsa no chão e saiu correndo em direção de um manguezal.

Ao verificarem o que havia no acessório, os guardas civis encontraram porções de maconha, que totalizaram 2,5 quilos.

Ainda foram realizadas buscas pela região, mas o suspeito não foi encontrado. A droga foi encaminhada para a Delegacia Cidadã.

Continuar Lendo

Paranaguá

ROMU flagra mulher vendendo drogas no Beira-Rio

Ela tinha porções de maconha, crack e cocaína

Publicado

no

Por

Apreensão feita pela GCM

Uma mulher foi presa por tráfico de drogas no bairro Beira-Rio, na noite de terça-feira, dia 1º, na cidade de Paranaguá, no Litoral do Paraná.

Com Osniele Rocha Pedroso, de 27 anos, foram apreendidas porções de maconha, crack e cocaína, além de material para embalar o entorpecente na casa dela.

Por volta das 21h30, uma equipe da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) realizava patrulhamento pela Rua Tapuia quando, ao chegar em um beco conhecido por ser ponto de comércio de entorpecentes, deparou-se com a moça no portão de uma casa, passando algo para um homem.

De imediato foi realizada a abordagem e, no bolso do suspeito, foram encontradas duas buchas de cocaína. Ao ser questionado sobre a droga, ele admitiu que havia acabado de comprar com Osniele, a qual acabou confessando que estava realizando a venda de entorpecentes, alegando que era para seu sustento, pois estaria passando por uma situação difícil em sua casa.

Na sequência, os agentes encontraram, no interior da residência, ao lado de uma televisão, 34 buchas cocaína, totalizando 18 gramas, 01 pedaço de crack, pesando nove gramas, além de sete invólucros de maconha, que resultaram em 10 gramas. Também foram apreendidos 45 invólucros vazios, R$ 42, balança de precisão, além de rolo de papel para embalagem das drogas e três relógios sem comprovação de origem.

Diante da situação, Osniele e o outro abordado, de 18 anos, foram encaminhados para o plantão da Delegacia Cidadã, junto com tudo que foi apreendido, para que fossem tomadas as providências necessárias.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.