Ligue-se a nós

Paranaguá

Homem é baleado na cabeça no bairro João Gualberto

Foi no início da madrugada desta quinta-feira (16).

Publicado

no

Um homem de 31 anos, foi atingido por alguns tiros, no início da madrugada desta quinta-feira (16), em Paranaguá, no Litoral do Paraná.
Alessandro Galdino Custódio (foto) teria sido surpreendido por dois indivíduos, na Avenida Gabriel de Lara, no bairro João Gualberto.

Ele estaria de bicicleta quando os elementos armados desceram de um automóvel (um Gol, de cor branca, segundo testemunhas) e atiraram nele.

Alex, como Alessandro é conhecido, largou a bicicleta e tentou escapar a pé, pela Rua Manoel Pereira, mas os atiradores conseguiram alcançá-lo e disparar contra a sua cabeça.

Ele foi encaminhado ao Hospital Regional do Litoral, onde permanece internado.

BALEADO EM 2019
Em março do ano passado, Alessandro Galdino Custódio também foi vítima de uma tentativa de homicídio. Na época, ele foi atingido por quatro tiros na Avenida Governador Manoel Ribas, no bairro Jardim Araçá.

Alex foi baleado no rosto, braço esquerdo, costas e nádegas e ficou caído em frente uma lanchonete até ser encaminhado pelo SAMU ao Hospital Regional.

O nome do autor dos disparos, que seria morador daquele bairro, chegou a ser repassado à polícia, mas ele não foi localizado.

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Idosa encontrada morta dentro de casa no Valadares pode ter sido assassinada

Câmeras de segurança da residência podem esclarecer o mistério.

Publicado

no

Por

Marcionília França Cunha, de 76 anos, que foi encontrada morta dentro de sua casa, na manhã de segunda-feira (10), na Ilha dos Valadares, em Paranaguá, pode ter sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte).

A Polícia Civil aguarda o resultado dos exames complementares e de análises de câmeras de monitoramento para confirmar o que deu fato aconteceu na residência dela.

Marcionília, que era conhecida por Marcia e cuidava do marido, que vive acamado, foi encontrada caída no banheiro de sua casa, na Rua Senhorinha Alves Maia, na Vila Nova, com ferimentos no rosto.

A Polícia Militar foi avisada pelo SAMU sobre a morte da idosa, e uma equipe de Rádio Patrulha foi ao local. Os socorristas informaram que, ao chegarem na residência localizaram a vítima dentro do banheiro, em decúbito dorsal, com lesões no rosto.

VIZINHA DESCOBRIU O CORPO
Os policiais conversaram com uma vizinha da vítima. Esta relatou que foi até a casa de Marcionília e, do portão, chamou por ela diversas vezes, não sendo atendida. A mulher disse que, então, entrou na residência e localizou a idosa caída no banheiro.

Durante a averiguação, a testemunha relatou que ao entrar na casa encontrou diversas gavetas e um guarda-roupa revirados, e que o aparelho celular da vítima e uma televisão da residência haviam desaparecido.

Ainda foi apurado, que, durante a noite, um veículo de cor vermelha foi visto parado em frente à moradia da vítima.

Uma equipe da Polícia Civil também buscou informações para dar início às investigações e, após a perícia, o corpo da idosa foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá, onde o caso foi registrado como ‘morte a esclarecer’.

Os familiares da vítima não têm dúvidas de que ela foi vítima de latrocínio.
Dona Marcionília (foto das redes sociais) foi sepultada na manhã desta terça-feira (11) no cemitério São Benedito, na Vila São Vicente.

CÂMERAS DE VIGILÂNCIA
A casa de Marcionília possuía câmeras de vigilância e as imagens foram requisitadas pela Polícia Civil para tentar desvendar o caso.

A delegada Maria Nyza Moreira Nanni, que chefia as investigações, aguarda o resultado da leitura das imagens.

Segundo ela, as datas das filmagens estão fora de ordem, o que dificulta uma rápida análise dos vídeos.

DENÚNCIA – Qualquer informação que possa levar ao esclarecimento da morte da dona Marcionília poderá ser prestada pelo telefone 181. A pessoa não precisa se identificar.

Continuar Lendo

Paranaguá

ROMU prende casal acusado de tráfico de drogas no Porto dos Padres

Ação da GCM foi na noite de domingo (9).

Publicado

no

Por

Um casal foi preso pela Guarda Civil Municipal, na noite de domingo (9), acusado de envolvimento com o tráfico de drogas no bairro Porto dos Padres, na cidade de Paranaguá.

Pedras de crack prontas para a comercialização, porção de cocaína, balança de precisão e dinheiro miúdo foram apreendidos na ocorrência.
A situação teve início por volta das 21h30, quando duas equipes da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal), durante patrulhamento pela Rua Aníbal Dias Paiva, avistaram Jéssica Anastácio Ribeiro, de 32 anos, em um local conhecido como ponto de venda de entorpecentes.

Ao avistar os GCMs, a mulher apresentou nervosismo e acabou abordada quando estava abrindo o portão de uma casa. Com ela foi encontrada uma pedra de crack.

Na ocasião, Fábio Souza Lopes, de 41 anos, quando viu os agentes realizando a abordagem em Jéssica, entrou correndo para o interior de sua residência, mas também recebeu ordem de parada e foi abordado na sequência.

Na revista pessoal, com Fábio foi encontrado um pote plástico com 39 pedras de crack prontas para a venda, totalizando 0,67 gramas, além de uma bucha de cocaína. Na residência foi apreendida uma balança de precisão e R$ 250 em dinheiro miúdo.
Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos envolvidos e eles foram encaminhados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para exames da Covid-19 e, posteriormente, levados à Delegacia Cidadã para a elaboração do flagrante.

Jéssica e Fábio foram presos em flagrante

Continuar Lendo

Paranaguá

GCM flagra rapaz com moto roubada em abordagem no Jardim Paranaguá

Veículo tinha alerta de furto registrado na sexta-feira (7).

Publicado

no

Por

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) recuperaram, na madrugada de domingo (9), uma motocicleta com alerta de furto em Paranaguá. Na ação, um rapaz de 20 anos foi preso.

Tudo começou por volta da 0h30, quando uma equipe de Rádio Patrulha da GCM estava em deslocamento pela Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto e desconfiou de dois rapazes que estavam em uma Honda Fan, próximo de um posto de combustíveis no Jardim Paranaguá.

Os agentes realizaram a abordagem e, durante a averiguação, constataram que o condutor do veículo não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Na sequência, foi verificada a situação da motocicleta, placa ATR-7867, e confirmado que havia um alerta de furto, registrado na sexta-feira (7).
Em visto disso, a motocicleta e o condutor foram encaminhados ao plantão da Delegacia Cidadã, para a elaboração do flagrante pelo crime de receptação qualificada.

O passageiro do veículo também foi levado à unidade policial, para ser ouvido como testemunha.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.