Ligue-se a nós

Paranaguá

GCM fiscaliza superlotação no comércio em combate ao coronavírus

Corporação avalia o cumprimento de distância entre as pessoas, instalação de lavatório, desinfecção de carrinhos e cestinhas, dentre outras orientações

Publicado

no

Fiscalização foi na manhã desta sexta-feira na região central da cidade

Os supermercados continuam com as portas abertas em tempos de pandemia do Covid-19 em Paranaguá, mas o alto fluxo de consumidores nestes estabelecimentos tem preocupado as autoridades e a própria população.

A Guarda Civil Municipal (GCM) tem cobrado diariamente ações de combate à doença nestes locais. Mas a medida também se estende às casas lotéricas e agências bancárias, para que também evitem aglomerações de clientes.

Uma equipe do comando da GCM fiscalizou a loja de uma rede de supermercados, instalada na região central de Paranaguá na manhã desta sexta-feira (3).

Verificou-se que houve a instalação de um lavatório já na entrada do prédio, para que os clientes pudessem lavar as mãos com água e sabão.

Também foi constatado que os colaboradores usavam máscaras e luvas. Ofereciam álcool em gel 70% para os clientes passarem nas mãos já na entrada e também passavam o produto nos pegadores dos carrinhos de compras e cestinhas.

Em frente aos caixas, havia demarcação no chão para que os clientes mantivessem distância entre si. Os cuidados não paravam por aí e atendiam determinações feitas pela Prefeitura de Paranaguá e outros órgãos de saúde, por meio de decretos.

Marciano Souza,  gerente da loja, disse que medidas de precaução já vinham sendo tomadas desde o início de março e que foram encontrados problemas com falta de equipamentos de proteção individual (EPIs) para fornecer aos colaboradores.

“Em todos os locais de autoatendimento, como balcão de açougue, hortifruti, padaria e caixas, estamos fazendo desinfecção constantemente com álcool em gel. Os órgãos fiscalizadores da cidade sempre estão nos orientando”, afirmou.

O autônomo Dirceu de Souza, de 57 anos, saiu de casa para fazer compras na manhã desta sexta-feira e disse que tinha medo de transitar num local com várias outras pessoas, mas que não podia deixar de ir ao supermercado.

Márcia Garcia, comandante da GCM,  destacou o trabalho da corporação nos últimos dias para fiscalizar supermercados, minimercados, agências bancárias e casas lotéricas.

“Estamos indo em todos os estabelecimentos comerciais que receberam essa notificação da Vigilância em Saúde e da Secretaria Municipal de Segurança com as medidas de segurança que devem ser tomadas. Estamos nas ruas, evitando aglomerações”, salientou a guarda.

“A gente sabe que é um momento ruim, difícil, mas cada um tem que colaborar com os decretos que estão valendo neste momento, para prevenir o coronavírus em nossa cidade. Ninguém quer isso, mas nós, enquanto autoridades, temos que tomar essas atitudes para melhorar a segurança da nossa população”, avalia a comandante da GCM.

“Quanto mais isolamento social tivermos e esses cuidados forem tomados, mais rápido vai passar tudo isso”, completou.

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Policial de folga prende autor de assalto e recupera bicicleta roubada

Foi no final da tarde de quarta-feira, no Jardim Alvorada.

Publicado

no

Por

Um policial militar de folga prendeu, no final da tarde de quarta-feira, um rapaz acusado de roubo no Jardim Alvorada, em Paranaguá.
Iago Santos de Oliveira (foto), de 19 anos, foi preso pelo PM e com ele recuperada uma bicicleta e apreendida uma arma de fogo usada na ação criminosa.
A OCORRÊNCIA
Segundo informações da PM, por volta das 18h15, dois indivíduos levaram as bicicletas de dois adolescentes que transitavam pela Rua Manoel Gonçalves Maia Junior.

Um policial militar de folga, que estava próximo ao local do crime, ao avistar uma das vítimas, de 17 anos, e, ao saber do ocorrido, utilizou seu carro particular para seguir os bandidos.

Na perseguição, os suspeitos foram para direções opostas e o militar conseguiu abordar Iago, que estava de posse de uma das bicicletas roubadas.

O rapaz ainda resistiu a abordagem e tentou fugir, mas acabou dominado.
Durante a revista pessoal, foi encontrada, dentro da mochila dele, uma espingarda da marca Boito calibre .32, sem munição.

Após a imobilização de Iago, que é morador no Jardim Araçá, o policial militar solicitou apoio de uma viatura para conduzi-lo até a Delegacia Cidadã, para a elaboração do flagrante pelo crime de roubo.

Continuar Lendo

Paranaguá

Procurado pela Justiça é encontrado nu após tentar enforcar esposa com fio de luz

Ocorrência foi atendida pela PM na madrugada desta quinta-feira (4).

Publicado

no

Por

Um homem de 41 anos, que era procurado pela Justiça, foi capturado pela Polícia Militar, na madrugada desta quinta-feira (4), em Paranaguá, depois de ter sido denunciado por agredir a sua companheira, de 36.

Ao chegarem para atender a ocorrência – no bairro Vale do Sol – os policiais encontraram o suspeito nu e souberam pela vítima que, além de agredi-la com socos, o homem teria tentado estrangular a mulher com um fio de luz.

A ação policial teve início por volta das 2h30, após o acionamento de uma equipe policial na madrugada para verificar a informação de que uma mulher estaria gritando por socorro no interior de sua residência, pois estaria sendo espancada pelo marido.

LESÕES
Na casa, os policiais encontraram a vítima com diversas lesões em seus olhos, um corte profundo na testa e machucados nas mãos.

Ao ser ouvida, ela disse que se a equipe não chegasse no local provavelmente seria morta, pois o homem estava tentando asfixiá-la com um fio de luz.

A mulher informou que todas as lesões eram provenientes de agressões sofridas por parte de seu amásio, que inclusive já havia sido preso em outra ocasião por agredi-la.

PROCURADO
Ao abordar o suspeito, que permanecia totalmente nu, os militares consultaram o seu nome no sistema da Secretaria Estadual de Segurança Pública e ficaram sabendo que contra ele havia um mandado de prisão, expedido pela Vara de Execução em Meio Fechado e Semiaberto de Antonina, referente a crimes de ameaça, lesão corporal e desobediência.

AGRESSOR TENTOU FUGIR
Após vestir-se e acompanhar os policiais até a viatura, o homem ainda tentou fugir, correndo em direção a um beco próximo. Quando os PMs o alcançaram, ele reagiu à prisão, mas foi imobilizado.

Em seguida, o procurado pela Justiça foi levado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, depois, encaminhado para o plantão da Delegacia Cidadã para as providências cabíveis.

Continuar Lendo

Paranaguá

Barreira epidemiológica inibe disseminação da Covid-19

Cidade representa apenas 1,29% dos casos da doença no Estado.

Publicado

no

Por

Com 64 casos confirmados de Covid-19 até a quarta-feira (3), Paranaguá tem conseguido manter o controle e evitar o aumento desenfreado dos casos por meio de barreira epidemiológica realizada pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde que conta, na retaguarda, com as demais secretarias municipais como Segurança, Urbanismo e Serviços Urbanos na fiscalização.

Dados divulgados pelo site “Covid-19 Brasil”, alimentado pelo Laboratório de Inteligência em Saúde da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, ligado à Universidade de São Paulo (USP), traz, entre outros tópicos, o monitoramento de casos pela doença em todo o país.

No Paraná, Curitiba lidera a ocorrência de casos da doença: até esta quarta-feira, 3, a cidade com 1.765 milhão de habitantes contabilizava 1.005 positivados. Isso representa 20,5% dos casos registrados no Estado. Cascavel tem pouco mais de 328 mil habitantes e aparece em segundo, com 460 casos de Covid-19, um percentual de 9,39%.

Por seu número populacional (cerca de 154 mil) e 64 casos, Paranaguá representa 1,29% dos casos no Estado. Número menor que cidades menos populosas como é o caso de Paranavaí (cerca de 88 mil habitantes) e 95 casos da doença – um percentual de 1,94%. Cianorte tem uma população de aproximadamente 82 mil pessoas e 82 casos de Covid-19, um percentual de 1,78%.

Cidades com número populacional semelhantes ao de Paranaguá se assemelham à realidade da cidade litorânea. Este é o caso de Araucária, com cerca de 143 mil habitantes, 63 casos da doença até segunda-feira (1º), e que mantém a mesma porcentagem de Paranaguá: 1,29%.

“O trabalho da equipe de Epidemiologia tem sido muito importante nas ações de controle. A barreira epidemiológica tem nos permitido cercar os casos e não deixar que a disseminação do vírus ocorra de maneira desenfreada. Todos os casos positivados são acompanhados pela equipe. É realizado um trabalho de identificação dos contatos desses pacientes que, por sua vez, também são testados e observados, minimizando assim o risco de contágio de outras pessoas”, explica o coordenador da Sala de Situação da Secretaria Municipal de Saúde, Gianfrank Tambosetti.

OUTRAS MEDIDAS
Além da barreira epidemiológica, outras medidas têm sido enfatizadas no município por meio de decretos que determinam a utilização de máscara por toda a população, higienização dos ambientes, fechamento de praças e parques, toque de recolher, distanciamento social e recomendações de permanência em casa para pessoas com doenças crônicas, maiores de 60 anos de idade e menores de 12 anos.

Sanitização de ruas, praças, unidades de saúde, passarela para a Ilha dos Valadares, entre outros espaços também têm ocorrido como medida de prevenção.

“Nossa mensagem para a população sempre é para que usem máscara, higienizem as mãos, evitem aglomerações, mantenham o distanciamento social e sempre que possível, fiquem em casa”, recomenda Gianfrank Tambosetti.

Da PMP
Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.