Ligue-se a nós

Paranaguá

Evento ‘Porto em Ação’ abre atividades da Semana Nacional do Trânsito

SAIBA DETALHES DA PROGRAMAÇÃO

Publicado

no

Agora Litoral
Inicia nesta quarta-feira (18) e prossegue até 25 de setembro, a Semana Nacional do Trânsito. Em Paranaguá a Secretaria Municipal de Segurança por meio da Superintendência de Trânsito (Sumtran), seção Educação para o Trânsito, realizará diversas atividades.

Prevista no Código de Trânsito Brasileiro Lei 9.503, de 23 de setembro de 1997, a Semana Nacional de Trânsito, é realizada com a finalidade de conscientizar a sociedade para práticas de valores que contribuam para a criação de um ambiente favorável ao atendimento de seu compromisso com a “valorização da vida”, focando no desenvolvimento de conceitos, posturas e atitudes, no sentido de garantir o direito de ir e vir dos cidadãos.

“No trânsito o sentido é a vida” foi o tema escolhido para a campanha de 2019 pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) por propor o envolvimento direto da sociedade nas ações e uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade.

O Contran propôs que o foco da Semana Nacional do Trânsito de 2019 sejam os ciclistas. “Desta forma, as ações desenvolvidas visam intensificar as campanhas referentes a esse modal”, informa o superintendente de Trânsito, Leônidas Martins Júnior.

Neste sentido a Superintendência Municipal de Trânsito, coordenadora do Programa Vida no Trânsito no município, parte integrante da Secretaria Municipal de Segurança de Paranaguá, junto com seus colaboradores públicos e privado, organizou uma programação que vai ao encontro com as propostas do Contran e com as especificidades do município.

“As Campanhas e Projetos já desenvolvidos pela Seção de Educação Para o Trânsito da Sumtran serão intensificados neste período, e com o apoio de todos, buscando uma mudança de comportamento e a redução dos acidentes de trânsito”, afirma o superintendente.

Porto em Ação (arquivo)

Confira a programação:
18/09 –
Ação porto Pátio de Triagem, às 13h
19/09 – Palestra Colégio Estadual Arthur Miranda Ramos, às 9h
20/09 – Campanha Educativa Ciclista, na Avenida Roque Vernalha, às 9h
21/09 – Campanha Educativa Ciclista, na Ilha dos Valadares, às 9h
22/09 – Campanha Educativa Ciclista, no Aeroparque, às 16h
23/09 – Campanha Educativa Ciclista, na Avenida Belmiro Sebastião Marques, às 9h
24/09 – Campanha Educativa Ciclista, na Vila São Vicente, às 9h
25/09 – Passeata com os alunos da Escola CEDAP com saída da Praça Eufrásio Corrêa (Praça dos leões), às 9h

Da PMP

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Mulher é agredida e entrega pés de maconha do ex-marido para a GCM

Homem acabou preso por violência doméstica e posse de entorpecente

Publicado

no

Por

Na tarde desta quinta-feira (20), em Paranaguá, uma mulher de 30 anos procurou a Guarda Civil Municipal para denunciar a agressão que havia sofrido do ex-marido, que tem a mesma idade.

Ela foi até a sede da Academia de Formação e Capacitação da GCM, na Rua Comandante Dídio Costa, no bairro Raia, onde entregou também duas mudas de maconha, cultivadas em garrafas pet, que eram do ex-companheiro.

Por volta das 14h15, a equipe da viatura L01 foi acionada para averiguar a situação e, ao chegar na academia, o agente que se encontrava no local informou sobre a vítima, que tinha ido até lá pedir ajuda, informando que momentos antes havia sido agredida e ameaçada pelo ex-marido.

Quando a viatura chegou ao local, a mulher estava com os pés de maconha que, de acordo com ela, seriam de propriedade do agressor.
MARIA DA PENHA
O homem foi abordado na sequência e acabou preso pelo crime de lesão corporal, conforme previsto na Lei Maria da Penha.

Na sequência, ele foi encaminhado ao plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá para que fossem tomadas as providências necessárias.

As mudas de maconha também foram entregues na delegacia, onde o acusado assumiu a propriedade e irá responder também por posse de entorpecente.

Continuar Lendo

Paranaguá

Rapaz é denunciado por agredir o pai com um pedaço de madeira

Homem tentou impedir que o filho vendesse objetos da casa para manter o vício

Publicado

no

Por

A Polícia Militar foi acionada no início da tarde de terça-feira (18) para dar atendimento a um caso de agressão no bairro Tuiuti, em Paranaguá, no Litoral do Paraná.

A solicitação foi feita por um homem de 57 anos, que informou que havia sido agredido pelo próprio filho.

Chegando ao local, os policiais não encontraram o suspeito, de 26 anos. A vítima informou que o filho é usuário de drogas e que o agrediu com um pedaço de caibro, causando lesão na orelha direita.

O homem contou que a agressão ocorreu por ter advertido o filho a não subtrair objetos de dentro de casa. Antes de fugir, o rapaz ainda teria ameaçado o pai de morte.

Foi feito patrulhamento pela região, mas o rapaz não foi localizado. A vítima foi orientada sobre as providências a serem tomadas e o caso registrado em boletim de ocorrência como lesão corporal.

Continuar Lendo

Paranaguá

Queda de contêiner sobre caminhão no TCP reaviva protestos de motoristas

Caminhoneiros são obrigados a ficar horas dentro da cabine dos veículos

Publicado

no

Acidente ocorreu na quarta-feira (19)

A queda de um contêiner sobre um caminhão no Terminal de Contêineres de Paranaguá-TCP, na quarta-feira (19), reascendeu a discussão dos motoristas sobre os riscos que correm ao serem obrigados a permanecer por horas dentro da cabine dos veículos enquanto aguardam para carregar.

O contêiner caiu próximo à cabine do caminhão e poderia ter provocado uma tragédia. Os caminhoneiros dizem que a nova determinação de não poder sair da cabine – onde ficam até seis horas – é “desumana”, devido ao calor e também à falta de um banheiro no local.

O QUE DIZ A TCP
Questionada pelo Agora Litoral, a TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá – confirma a queda do contêiner sobre o caminhão nas dependências do pátio do Terminal, mas salienta que não houve vítima em decorrência do ocorrido, ocasionando apenas danos materiais.

Sobre o pedido aos motoristas para que permaneçam dentro da cabine dos seus veículos durante o período da operação de carga e descarga, a empresa esclarece que segue, rigorosamente, todas as normas de segurança que regem a operação de um terminal portuário.

A TCP reforça, ainda, “que se trata de uma medida de segurança internacional, utilizada em terminais de todo o mundo e que tem como objetivo manter os motoristas em segurança, evitando acidentes”.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.