Ligue-se a nós

Paranaguá

Dona de bar é enquadrada pela PM após denúncia de perturbação do sossego

Ação foi na noite de quinta-feira no Jardim Iguaçu.

Publicado

no

Na noite de quinta-feira (6), policiais militares do 9º Batalhão, que participavam de uma Ação Integração de Fiscalização Urbana (AIFU) em Paranaguá, encaminharam para Termo Circunstanciado a proprietária de um bar denunciado por perturbação do sossego alheio.

Durante a abordagem ao estabelecimento, localizado no Jardim Iguaçu, ainda houve a apreensão de carteiras de cigarros estrangeiros, que seriam produto de contrabando.

Durante o desenrolar da AIFU, por volta das 23h45, uma equipe da Patrulha do Sossego da PM foi até o bairro para averiguar denúncias repassadas pelo Ministério Público referente a som alto no comércio.

No local, os policiais flagraram aproximadamente dez pessoas, a maioria ingerindo bebida alcoólica e sem uso de máscaras de proteção, na presença de um som mecânico vindo do interior do estabelecimento.

No momento da abordagem, uma mulher de 33 anos apresentou-se como proprietária do bar e relatou que o som era proveniente de sua televisão.

O aparelho estava “chumbado” na parede do comércio (que fica na garagem de uma casa) e, por isso, não foi possível a sua apreensão.

No entanto, durante as diligências, os policiais apreenderam 42 carteiras de cigarros de origem estrangeira, que foram encontradas no local.

TERMO CIRCUNSTANCIADO
Após ser confirmado que o comércio apresentava real potencial de incomodar vizinhos, pois era possível ouvir o som mecânico a aproximadamente 100 metros do bar, e que havia descumprimento do decreto municipal para o enfrentamento da pandemia da Covid-19, a mulher acabou conduzida para o Cartório da 1ª Companhia do 9º Batalhão para a elaboração de Termo Circunstanciado, o qual será encaminhado para o Juizado Especial Criminal para audiência.

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Rotam apreende colete balístico e revólver ao abordar rapaz no Labra

Foi na noite de terça-feira (29), na Rua Renato Leone.

Publicado

no

Por

Policiais militares da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) apreenderam, na noite de terça-feira, 29, uma arma de fogo e um colete balístico, após a abordagem de um rapaz no bairro Labra, em Paranaguá.

Por volta das 19 horas os militares realizavam patrulhamento pela Rua Renato Leone quando desconfiaram de um veículo Fiat Palio, que se deslocava em sentido contrário, mas o condutor, ao visualizar a viatura policial, parou abruptamente. A ação chamou a atenção da equipe da Rotam que, de imediato, resolveu fazer a abordagem.

No veículo estavam um rapaz de 19 anos e sua esposa, de 22. Ao ser questionado se portava algum material ilícito, o jovem informou que tinha uma arma de fogo no carro. Seguindo as informações do rapaz foi apreendido um revólver, marca Rossi, calibre 38 Special, que estava embaixo do banco do motorista. A arma possuía ainda, em seu tambor, cinco munições intactas e uma picotada.

Durante a averiguação foi constatado que o casal morava a uma distância de 30 metros do local da abordagem. Perguntado para o jovem se em sua residência havia mais algum material ilícito, ele respondeu que tinha um colete balístico, que ele usava juntamente com o revólver para sua proteção.

Em seguida os policiais foram até a moradia e encontraram o colete, o qual foi encaminhado, juntamente com o revólver, para a Delegacia de Polícia Civil de Paranaguá para as providencias cabíveis.

O jovem acabou autuado por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, sendo liberado para responder ao processo em liberdade após o pagamento de fiança.

Continuar Lendo

Paranaguá

Homem com mandado de prisão por tráfico é capturado no Jardim Iguaçu

PM efetuou a prisão na madrugada desta quarta-feira.

Publicado

no

Por

Na madrugada desta quarta-feira, 30, na cidade de Paranaguá, policiais militares do 9º Batalhão prenderam um homem que era procurado pela Justiça.
Thiago Gonçalves Cordeiro (foto), de 31 anos, foi abordado no Jardim Iguaçu, durante ronda de rotina realizada por uma equipe de Rádio Patrulha.

Tudo começou por volta da 1 hora quando os militares estavam em deslocamento pela Rua das Castanheiras e desconfiaram de Thiago. Este, ao avistar a viatura, tentou se afastar, retornando da direção em que estava seguindo.

De imediato foi realizada a abordagem, mas nada de ilícito foi encontrado com ele. No entanto, quando os policiais verificaram a identidade de Thiago no sistema da Secretaria Estadual de Segurança Pública, foi constatado que havia um mandado de prisão em seu desfavor, expedido pela 2ª Vara de Execuções Penais (VEP) de Curitiba, com validade até 14 de janeiro de 2031, por crimes de tráfico de drogas, roubo e furto.

Diante da situação, Thiago acabou encaminhado para a Cadeia Pública de Paranaguá, para o devido cumprimento da ordem de prisão.

Continuar Lendo

Paranaguá

Homem é preso após ameaçar esposa e filho de morte

Foi na madrugada desta terça-feira, no Jardim Santos Dumont

Publicado

no

Por

Um homem 39 anos foi preso pela Polícia Militar, na madrugada desta terça-feira (29), em Paranaguá, depois de ter sido denunciado por agredir sua esposa.

Ele acabou fugindo do local, mas foi localizado na rua e levado ao plantão da Delegacia Cidadã.

De acordo com a ocorrência, por volta da 1 hora, uma equipe de Rádio Patrulha do 9º Batalhão foi acionada pela Central de Operações para dar atendimento a uma situação de violência doméstica no Jardim Santos Dumont, onde moradores relataram sobre um homem que estaria batendo na esposa.

Na chegada ao local, os policiais encontraram apenas a vítima, de 42 anos. Ela relatou que o companheiro é usuário de drogas e que ele havia chegado em casa alterado, quebrando pratos e outros objetos.

A mulher contou também que, durante a confusão, o homem agrediu o filho do casal, de 17 anos, desferindo socos e empurrões no adolescente.

Segundo a vítima, ao intervir, ela passou a ser ameaçada de morte junto com o filho e, em seguida, o homem fugiu da casa.

Os policiais realizaram patrulhamento pelo bairro e localizaram o acusado, que, ao ser abordado, pediu para ser levado preso antes que fizesse uma “besteira maior”.

Diante dos fatos, o homem foi encaminhado para a delegacia, onde foi autuado em flagrante por crimes de vias de fato e ameaça decorrente de violência doméstica.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.