Ligue-se a nós

Paranaguá

Comunidade se emociona com revitalização da Costa e Silva

“Um momento histórico”, definiu o prefeito Marcelo Roque

Publicado

no

Investimento da Prefeitura foi de R$ 2,5 milhões

A entrega da revitalização da Escola Municipal Presidente Costa e Silva, na sexta-feira (29) foi marcada pela emoção. Autoridades, alunos, familiares e moradores do bairro Rocio foram ver de perto a transformação feita no prédio, que até o início do ano era um grande problema para a região.

O evento teve bênção do bispo diocesano de Paranaguá, Dom Edmar Peron, que estava acompanhado da imagem de Nossa Senhora do Rocio, padroeira do Paranaguá. Também houve homenagens de professores e alunos e ação de graças, com cântico entoado por coral. Ex-diretoras e equipe da escola também receberam agradecimentos.
ANIVERSARIANTE DO DIA
Ao final da cerimônia o prefeito Marcelo Roque foi homenageado com parabéns, pelo aniversário completado nesta sexta-feira, ao lado da primeira-dama, Amanda, e dos filhos, Bryan e Brenda, que conduziram um bolo gigante para comemorar. Estiveram presentes também os vereadores Waldir Leite (presidente da Câmara Municipal), Fábio Santos, Nilo Ribeiro Monteiro, Sargento Orley, Tucano, Alex Alves e Edu.
MOMENTO HISTÓRICO
O prefeito Marcelo Roque ficou bastante emocionado com as homenagens. Em discurso, antes, ele lembrou que em 2017, quando assumiu a Prefeitura, falou que não queria entrar para a história da cidade como um prefeito que fechou uma escola, que tirou o ensino de uma região tão importante.

“Essa é uma das obras mais importantes da nossa gestão. É um momento histórico para o bairro do Rocio. A entrega da Escola Costa e Silva representa bastante para a comunidade e estamos muito satisfeitos, enquanto administradores públicos, de proporcionar este momento”, declarou Marcelo Roque.

Ao falar sobre o fechamento o prefeito se referiu a uma notícia de que a Escola Municipal Costa e Silva poderia encerrar as atividades, na gestão anterior, que gerou mobilização popular. A diminuição do número de alunos no bairro Rocio foi a justificativa para a frustrada tentativa. Sabia-se que seria um retrocesso e uma falta de respeito com aqueles que estudaram naquele educandário.

O tempo passou e ainda na campanha eleitoral, em 2016, o então candidato Marcelo Roque comprometeu-se, caso eleito, em entregar a Escola Costa e Silva novamente à comunidade, já que as aulas no espaço tinham sido interrompidas e os alunos transferidos para escolas das redondezas, como a Randolfo Arzua.

Em 2017 ela já estava com o prédio inativo e as portas fechadas, havia muitos problemas estruturais que provocavam infiltrações e alagamentos, comprometendo assim a segurança dos alunos e funcionários que resistissem em usufruir do espaço insalubre.

Foi aí que começou uma verdadeira odisseia que terminou nesta sexta-feira, dia 29 de novembro, com o espaço sendo reinaugurado e colocado à disposição da comunidade novamente. A Escola Municipal Presidente Costa e Silva volta renovada, pronta para enfrentar anos e anos com a missão de ser testemunha do avanço de crianças na busca pelo conhecimento.
UNIÃO DE ESFORÇOS
A união de esforços entre os anseios do poder público, dos moradores da região e dos pais de alunos e servidores que atuam na escola foi determinante para que a reforma acontecesse. Em março de 2019 foi assinada a ordem de serviço para que a obra iniciasse, mas vários obstáculos tiveram que ser vencidos antes disso.

Houve necessidade de contratar uma empresa especializada para fazer estudos que solucionassem problemas de dimensionamento iniciais da obra, construída em 1973, que provocavam deflexões (deformações) nas vigas de sustentação das lajes.

Era necessário não fechar os olhos para o problema, lembrou o prefeito Marcelo Roque. “Não podíamos simplesmente fechar uma escola tão importante, porque tem alunos que pretendem estudar nela, e não são poucos. Temos muita responsabilidade para com o erário e com nossa comunidade”, frisou o prefeito.

Os vereadores Waldir Leite e Edu estudaram na Escola Costa e Silva quando crianças e lembraram com nostalgia dos momentos em que passaram no prédio. “Estamos muito felizes por esse momento, por ver que o orçamento que aprovamos lá na Câmara está sendo muito bem aplicado”, afirmou o presidente. “Esta é uma situação muito especial. Acompanhei a inauguração desta escola e não imaginava que a vida me preservaria este momento”, completou Edu.
AGRADECIMENTOS
A comunidade escolar é só elogios pela conquista. Ter um espaço renovado para trabalhar e estudar está motivando tanto professores, outros servidores, pais e alunos. “Muito obrigado, prefeito, por ter reformado nossa escola e dar um ambiente melhor para nós estudarmos”, agradeceu a estudante Maria Eduarda de Oliveira dos Santos, de 11 anos, que cursa o 5.º ano.

A diretora da escola, Lisneide Zattar, que é ex-aluna, fez um agradecimento emocionado a todos os que de alguma forma contribuíram para que a revitalização fosse possível. “É com muita satisfação que hoje reinauguramos a nossa belíssima escola. Ninguém acreditava que isso fosse possível, mas nosso prefeito Marcelo Roque, junto com a secretária Vandecy, realizaram esse sonho”, comemorou a professora, que aproveitou para agradecer publicamente a diretora da Escola Randolfo Arzua, Nirlane Modesto. “Eles nos receberam com muito carinho e apreço, dividindo seu espaço conosco e foi uma parceira grande para nossa escola”, comentou.

Janice Matoso Correia, presidente da Associação de Pais e Professores da escola, também foi só elogios. “Prefeito, queria agradecer de coração, muito mesmo, porque foi um grande investimento que o senhor fez. Por mais que [o Rocio] seja um local com poucas famílias, muitos filhos de trabalhadores vão ocupar essa escola e deixar filhos, por ser integral ainda. Agradeço muito”, relatou a representante.

A professora Claudina Cristina Dias Godoi tem uma relação de carinho para com a escola. Ela estudou no espaço quando criança e dá aulas lá desde 2003. “A palavra que resume é gratidão, porque ele (o prefeito Marcelo Roque) cumpriu o que nos prometeu. A gente sabe que foi uma luta e tanto”, destacou a educadora. “Só temos a agradecer, principalmente ao prefeito, que se empenhou, junto com os secretários, para que a escola esteja como está agora. A estrutura está maravilhosa, uma escola de primeiro mundo”, afirmou o agente operacional Moacir Batista Cordeiro Filho.
DETALHES DA REVITALIZAÇÃO
A Prefeitura de Paranaguá investiu R$ 2,5 milhões para revitalização do prédio da Escola Municipal Presidente Costa e Silva, que contempla uma área de 1.800 metros quadrados. São 7 salas de aula, 1 para recursos, 1 auditório, 3 para o pólo da Universidade Aberta do Brasil (UAB), 1 biblioteca, 1 laboratório de informática, 1 sala multimeio, 1 almoxarifado, 1 refeitório, 1 pátio amplo, 1 quadra e parque, 1 secretaria, 1 sala para equipe pedagógica, 1 sala de atendimento e área verde. Serão beneficiados 136 alunos ainda em 2019 e uma média de 150 no próximo ano. O espaço terá ainda Educação de Jovens e Adultos e duas salas que serão usadas pela Guarda Civil Municipal.

Paranaguá

Trio de criminosos tenta assaltar motel no Parque São João

Assalto frustrado foi na madrugada de segunda-feira

Publicado

no

Por

Três homens tentaram assaltar um motel na Rua Etuzi Takayama, no bairro Parque São João, em Paranaguá, na madrugada de segunda-feira, 27.

A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar, a qual foi ao local e realizou patrulhamento pela região, mas nenhum suspeito foi preso.

De acordo com o boletim policial, por volta das 3 horas a PM foi informada sobre a tentativa de assalto. O solicitante relatou que os autores tentaram roubar o local, mas se assustaram e não conseguiram entrar no espaço onde estava o atendente.

Os suspeitos foram reconhecidos como três indivíduos com passagens pela polícia e moradores na Vila São Jorge.

Uma equipe policial deslocou-se até o bairro vizinho, mas não houve êxito na localização dos supostos autores da tentativa de roubo.

De acordo com o que foi apurado, os três indivíduos estavam a pé e esperaram um táxi sair do motel para entrar, pulando o muro, mas acabaram saindo sem subtrair nenhum valor ou objeto.

Continuar Lendo

Paranaguá

GCM encontra menores que foram deixadas em manguezal no Valadares

Adolescentes aceitaram convite de um desconhecido para passear de barco

Publicado

no

Por

Meninas estavam com o corpo coberto de lama

Duas adolescentes, de 13 e 14 anos, foram encontradas cobertas de lama, na noite de domingo, 26, nas imediações do supermercado Asa Branca, na Ilha dos Valadares, em Paranaguá.

Elas foram localizadas por agentes da Guarda Civil Municipal e informaram que tinham sido deixadas em uma região de mangue, após entrarem em um barco com um desconhecido.

Por volta das 23 horas, a equipe da viatura L01, composta pelos GCMs Sergio e Alexsandro, foi até o local onde as meninas estavam e conversaram com elas que, de forma bastante controversa, contaram o que teria acontecido.

Disseram que estavam na Praça de Eventos Mario Roque, no Centro Histórico de Paranaguá, quando foram abordadas por um rapaz desconhecido que lhes ofereceu bebida alcoólica.

Na sequência, elas concordaram em entrar em um barco, que estava no Rio Itiberê, e foram levadas por ele até uma região, na Ilha dos Valadares, onde acabaram abandonadas.

As duas disseram ainda que tiveram que atravessar o mangue sozinhas para pedir ajuda.

“Graças a Deus, elas não sofreram nenhuma violência física. Então, acionamos o Conselho Tutelar e, na sequência, encaminhamos as duas para suas casas e entregamos aos pais”, disse o GCM Sérgio.

Segundo o agente, após a conversa com os responsáveis pelas menores, eles autorizaram que a situação fosse divulgada, como alerta para outras jovens.

Continuar Lendo

Paranaguá

Motorista embriagado é preso após colidir em dois carros

Bateu num carro em movimento e em outro que estava estacionado

Publicado

no

Por

Acidente foi no Jardim Ouro Fino

Um homem de 41 anos, morador de Antonina, foi preso por embriaguez ao volante após se envolver em um acidente de trânsito no bairro Jardim Ouro Fino, em Paranaguá, na noite de sábado (25).

No acidente, uma pessoa ficou ferida e precisou de atendimento médico.

Conforme a ocorrência, por volta das 23h30, o homem trafegava com um automóvel Peugeot 307, quando se envolveu numa colisão com um veículo Fiat Palio, que estava em movimento, e um Renault Clio, o qual se encontrava estacionado.
Em decorrência da colisão, o condutor do Palio foi socorrido pelo Samu e levado ao Hospital Regional do Litoral.

Na averiguação, policiais militares constataram que o condutor do Peugeot apresentava sinais de embriaguez e então foi submetido ao teste de bafômetro, que indicou o resultado de 0,43 mg de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

O motorista recebeu voz de prisão e foi encaminhado ao plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, para a elaboração do flagrante.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.