Ligue-se a nós

Paranaguá

Apatia da população faz Saúde ampliar ações contra a dengue

Somente 30% dos parnanguaras tomou a segunda dose da vacina

Publicado

no

Equipes volantes estão aplicando as doses em escolas, empresas e locais onde a circulação de pessoas é frequente

Paranaguá, PR
Agora Litoral

A Secretaria estadual da Saúde, por meio da 1ª Regional de Saúde, está intensificando a campanha de vacinação contra a dengue em Paranaguá. Além das salas de vacina nas unidades de saúde, equipes volantes aplicam as doses em escolas, empresas e locais onde a circulação de pessoas é frequente. Até esta sexta-feira (17), o município vacinou somente 30% do público-alvo da 2ª dose.

“Estamos buscando o apoio de diferentes instituições da cidade para que incentivem os cidadãos a se vacinarem contra a dengue e abram espaço para a campanha. O objetivo é reduzir a circulação viral e, indiretamente, proteger toda a população”, afirma a chefe do Centro Estadual de Epidemiologia, Júlia Cordellini.

Nos primeiros 15 dias da campanha, a aplicação das 20 mil doses de Paranaguá ocorreram em 25 grandes empresas da cidade, 25 colégios estaduais, sete supermercados, shopping, academia, terminal de ônibus, praças e no calçadão. Outra estratégia é vacinar a população nas residências com equipes que circulam por todos os bairros do município.

Posto itinerante foi montado no calçadão do centro de Paranaguá para incentivar vacinação

Paranaguá também conta com 17 pontos fixos de vacinação na Secretaria Municipal de Saúde e nas unidades de saúde Alexandra, Aline Marinho Zacharias, Argemiro de Félix, Colônia Maria Luiza, Colônia Pereira, Domingos Lopes do Rosário, Dr. Helvécio Chaves da Rocha, Dr. Simão Aisenman, Encantadas, Evanil Rodrigues, Guilhermina Mazzali Gaida, Luiz Carlos Gomes, Norberto Costa, Nova Brasília, Rodrigo Gomes e Sueli Dutra Alves.

“Estamos preocupados com a baixa adesão do público-alvo que pode ser vacinado contra a dengue. Vamos iniciar a vacinação inclusive no período noturno, com equipes itinerantes. Queremos cumprir a meta de vacinar 100% das pessoas que tomaram a primeira dose no ano passado e, ainda, aplicar a vacina nas que não tomaram em 2016”, destaca o secretário municipal de Saúde e Prevenção de Paranaguá, Paulo Henrique de Oliveira.

CASOS

O informe técnico divulgado pela Secretaria da Saúde na última terça-feira (14) confirma 566 casos de dengue no Paraná desde o início do período epidemiológico, em agosto de 2016. Em Paranaguá, são 35 casos confirmados até agora e nenhuma morte.

No mesmo período, em 2016, a cidade já havia confirmado 2.887 casos e 14 óbitos.

“O município enfrentou a pior epidemia de dengue de todos os tempos no Paraná. A população precisa lembrar todo o sofrimento causado pela doença e colaborar com as estratégias do Estado para não deixar a situação se repetir”, adverte a diretora da 1ª Regional de Saúde, Ilda Nagafuti.

PARANÁ

Até esta sexta (17), 105 mil paranaenses foram vacinados contra a dengue no Paraná, 72 mil deles correspondentes à segunda dose. A meta para a segunda fase é aplicar a segunda dose em 100% das pessoas que participaram da campanha em agosto e setembro de 2016 e, também, ampliar a cobertura da primeira dose.

 

Deixe seu comentário!

Paranaguá

PM apreende cocaína e pistola com homem que bateu carro em muro

Apreensão foi no início da noite de segunda-feira (21).

Publicado

no

Por

No início da noite de segunda-feira, 21, policiais militares do 9º Batalhão fizeram a apreensão de mais de 1 kg de cocaína, após a abordagem de dois homens que estavam em um carro que bateu num muro.

Parte da droga estava no veículo e o restante na casa de um dos suspeitos. Nas diligências, ainda foi detido outro homem, que foi flagrado na rua com drogas.

A ação policial teve início quando uma equipe do Pelotão da Patrulha Costeira, que se encontrava em patrulhamento pelas imediações da Vila São Vicente, foi acionada pela Central de Operações do 9º Batalhão para dar apoio a uma equipe do Serviço de Inteligência da PM, que se encontrava acompanhando um veículo em fuga pelo bairro.

Instantes depois, o carro acabou colidindo com o muro de uma residência e os dois ocupantes tentaram continuar a fuga a pé, sendo alcançados na Rua Domingos Peneda, em frente ao portão principal do 9º BPM. Na revista pessoal aos abordados nada de ilícito foi encontrado.

No entanto, na busca veicular foi localizada uma carteira contendo R$ 170 e, embaixo do banco do motorista, um pacote com 41 gramas de cocaína, que Geovanne Alves dos Santos, de 21 anos, assumiu a propriedade e, na sequência, relatou que em sua residência, onde se encontrava sua esposa e o filho recém-nascido, teria mais entorpecentes.

De imediato os policiais foram até o endereço de Geovane, na Estrada Velha dos Correia, no bairro Emboguaçu, e, após contato com a companheira dele, realizaram uma busca na moradia.

Os militares encontraram um tablete de aproximadamente um quilo de cocaína, empacotado em um plástico transparente, além de mais três invólucros com porções da droga, que estavam em um guarda-roupas.

Nas buscas, ainda foi apreendida, em uma gaveta, uma pistola calibre 380, contendo um carregador com 15 munições intactas.

Também foram apreendidas duas garrafas com éter, duas balanças de precisão, uma faca utilizada para o corte da droga, dois rolos de plástico para embalagem, três celulares, um pote com mais uma porção de cocaína, além de duas munições calibre 380 e mais R$ 1.300.
TERCEIRA PRISÃO
Antes de chegarem na residência onde estavam os produtos, em uma esquina próxima à linha férrea, os policiais abordaram outro rapaz de 21 anos, que foi flagrado em atitude suspeita. Com ele foram localizadas mais duas buchas de cocaína e a quantia de R$ 129,10.

Sendo assim, os três indivíduos foram encaminhados ao plantão da Delegacia Cidadã de Paranaguá, junto com tudo que foi apreendido, pelos crimes tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo, mas apenas Geovanne foi autuado em flagrante.

Em seguida, o rapaz foi encaminhado para o setor de carceragem da Cadeia Pública onde ficou à disposição da Justiça.

O outro abordado, de 18 anos, foi ouvido como testemunha, e o terceiro, que foi flagrado com duas buchas de cocaína, vai responder Termo Circunstanciado por porte de entorpecentes.

Continuar Lendo

Paranaguá

Homem abandona bicicleta para fugir de abordagem da ROMU no Valadares

Foi no início da tarde desta segunda-feira na Vila Itiberê.

Publicado

no

Por

Nesta segunda-feira, 21, próximo das 13 horas, agentes da Guarda Civil Municipal apreenderam uma bicicleta durante uma tentativa de abordagem na Vila Itiberê, Ilha dos Valadares, em Paranaguá.

A ação foi realizada por uma equipe da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal), que, durante patrulhamento pela localidade, na Rua 28, avistou um indivíduo transitando em uma bicicleta e este passou a agir de maneira suspeita ao perceber a aproximação da viatura.

Quando o ciclista notou que seria abordado, fugiu acelerando a bicicleta e os agentes fizeram o acompanhamento. Instantes depois, o suspeito pulou da bicicleta, adentrando em um beco, tomando rumo ignorado. Os agentes ainda tentaram localizá-lo, mas não tiveram êxito.
A bicicleta abandonada, de cor preta, aro 29, é da marca Venzo e, segundo informações de moradores do local, seria objeto de furto, pois o suspeito já é conhecido pela prática de delitos na região. A informação é que ele estaria oferendo a bicicleta para a venda pelo valor de R$ 100.

Diante da situação, a bicicleta foi entregue na Delegacia Cidadã e, para reaver o bem, o dono deverá apresentar documento comprovando a propriedade.

Continuar Lendo

Paranaguá

Rapaz é atingido por dois tiros nas costas na Ilha dos Valadares

Tentativa de homicídio foi na manhã deste domingo, na Vila Bela.

Publicado

no

Por

A Ilha dos Valadares, em Paranaguá, foi palco de uma tentativa de homicídio na manhã deste domingo (20).

A vítima, Gustavo Luiz Gonzaga Pinheiro, de 25 anos, foi atingido por dois tiros nas costas na Rua Natanael Corá, Vila Bela, por volta de 10h30.

Após ser alvejado, Gustavo ficou caído na rua até a chegada dos socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Consciente, o rapaz disse aos policiais militares que atenderam a ocorrência que não sabia o motivo da tentativa de homicídio e nem quem seria o autor dos disparos.

Gustavo Pinheiro foi encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital Regional do Litoral onde permanecia internado até o fechamento desta reportagem.

VEJA TAMBÉM

Homem é executado a tiros em Paranaguá

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.