Ligue-se a nós

Paranaguá

Apatia da população faz Saúde ampliar ações contra a dengue

Somente 30% dos parnanguaras tomou a segunda dose da vacina

Publicado

no

Equipes volantes estão aplicando as doses em escolas, empresas e locais onde a circulação de pessoas é frequente

Paranaguá, PR
Agora Litoral

A Secretaria estadual da Saúde, por meio da 1ª Regional de Saúde, está intensificando a campanha de vacinação contra a dengue em Paranaguá. Além das salas de vacina nas unidades de saúde, equipes volantes aplicam as doses em escolas, empresas e locais onde a circulação de pessoas é frequente. Até esta sexta-feira (17), o município vacinou somente 30% do público-alvo da 2ª dose.

“Estamos buscando o apoio de diferentes instituições da cidade para que incentivem os cidadãos a se vacinarem contra a dengue e abram espaço para a campanha. O objetivo é reduzir a circulação viral e, indiretamente, proteger toda a população”, afirma a chefe do Centro Estadual de Epidemiologia, Júlia Cordellini.

Nos primeiros 15 dias da campanha, a aplicação das 20 mil doses de Paranaguá ocorreram em 25 grandes empresas da cidade, 25 colégios estaduais, sete supermercados, shopping, academia, terminal de ônibus, praças e no calçadão. Outra estratégia é vacinar a população nas residências com equipes que circulam por todos os bairros do município.

Posto itinerante foi montado no calçadão do centro de Paranaguá para incentivar vacinação

Paranaguá também conta com 17 pontos fixos de vacinação na Secretaria Municipal de Saúde e nas unidades de saúde Alexandra, Aline Marinho Zacharias, Argemiro de Félix, Colônia Maria Luiza, Colônia Pereira, Domingos Lopes do Rosário, Dr. Helvécio Chaves da Rocha, Dr. Simão Aisenman, Encantadas, Evanil Rodrigues, Guilhermina Mazzali Gaida, Luiz Carlos Gomes, Norberto Costa, Nova Brasília, Rodrigo Gomes e Sueli Dutra Alves.

“Estamos preocupados com a baixa adesão do público-alvo que pode ser vacinado contra a dengue. Vamos iniciar a vacinação inclusive no período noturno, com equipes itinerantes. Queremos cumprir a meta de vacinar 100% das pessoas que tomaram a primeira dose no ano passado e, ainda, aplicar a vacina nas que não tomaram em 2016”, destaca o secretário municipal de Saúde e Prevenção de Paranaguá, Paulo Henrique de Oliveira.

CASOS

O informe técnico divulgado pela Secretaria da Saúde na última terça-feira (14) confirma 566 casos de dengue no Paraná desde o início do período epidemiológico, em agosto de 2016. Em Paranaguá, são 35 casos confirmados até agora e nenhuma morte.

No mesmo período, em 2016, a cidade já havia confirmado 2.887 casos e 14 óbitos.

“O município enfrentou a pior epidemia de dengue de todos os tempos no Paraná. A população precisa lembrar todo o sofrimento causado pela doença e colaborar com as estratégias do Estado para não deixar a situação se repetir”, adverte a diretora da 1ª Regional de Saúde, Ilda Nagafuti.

PARANÁ

Até esta sexta (17), 105 mil paranaenses foram vacinados contra a dengue no Paraná, 72 mil deles correspondentes à segunda dose. A meta para a segunda fase é aplicar a segunda dose em 100% das pessoas que participaram da campanha em agosto e setembro de 2016 e, também, ampliar a cobertura da primeira dose.

 

Deixe seu comentário!

Paranaguá

Homem é detido e apanha de populares ao furtar condomínio no Palmital

Foi na segunda-feira, na Rua Anthero Régis Pereira da Costa

Publicado

no

Por

Imagem Ilustrativa

Adnilson de Souza Matoso, de 36 anos, foi encaminhado ao plantão da Delegacia Cidadã de Paranaguá, na tarde de segunda-feira, dia 1º, acusado de furto em um condomínio na Rua Anthero Régis Pereira da Costa, bairro Palmital. A ocorrência foi atendida por policiais militares do 9º Batalhão, os quais, na chegada ao local da situação, encontraram o suspeito detido.

Conforme o boletim policial, por volta das 13h30, a PM foi informada que um indivíduo teria sido surpreendido e detido por vizinhos e populares, no interior de um condomínio, que se encontra com os apartamentos desocupados.

De imediato uma equipe de Rádio Patrulha foi averiguar e, na abordagem, Adnilson, que é natural de Paranaguá e tem endereço no bairro Floresta, na cidade de Morretes, admitiu que teria entrado nas moradias com intuito da prática de furto.

Na averiguação dos policiais, foi constatado que foram retiradas dos imóveis algumas lâmpadas com luminárias, tubulações de cobre e esquadrias de alumínio que estavam no interior de uma mochila carregada pelo suspeito. Ainda foi confirmado que foram danificadas instalações elétricas e janelas.

Diante dos fatos, Adnilson, que alegou ter sido agredido por pessoas que não se encontravam mais no local quando a viatura chegou, foi encaminhado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, posteriormente, levado à unidade policial onde foi autuado em flagrante por furto qualificado.

Continuar Lendo

Paranaguá

Rapaz de 20 anos é executado a tiros na Vila São Jorge

Homicídio ocorreu no final da noite de quarta-feira (2)

Publicado

no

Por

Rodines (Foto redes sociais)

Um rapaz foi executado a tiros, dentro de uma casa, na Vila São Jorge, em Paranaguá, no Litoral do Paraná. O homicídio ocorreu no final da noite de quarta-feira (2).

Rodines Costa dos Santos, de 20 anos, teria sido surpreendido enquanto dormia por três atiradores, que arrombaram a porta da residência aonde ele estava e atiraram.

Foram muitos disparos, de acordo com vizinhos do local do crime. Rodines foi atingido na cabeça e na coxa esquerda. Ele morreu na hora.

FUGA

Segundo o irmão da vítima, que mora no mesmo terreno em que Rodines foi morto, logo após a execução, os assassinos teriam entrado em um automóvel Sandero, de cor escura, que teria sido tomado em assalto, e fugido em direção ao Parque São João.

A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar, que realizou patrulhamento, mas não localizou os suspeitos pela execução de Rodines.

Rodines Costa dos Santos tinha passagens pela polícia, porém, segundo amigos, teria se convertido há algum tempo e estaria, inclusive, frequentando uma igreja evangélica.

VEJA TAMBÉM

Homem é executado a tiros e mulher e criança também são atingidas em Pontal

Continuar Lendo

Paranaguá

Mulher tem bolsa roubada por motoqueiro na Estradinha

Assalto ocorreu no início da manhã de terça-feira

Publicado

no

Por

No início da manhã de terça-feira, dia 1º, uma mulher de 51 anos foi assaltada na Avenida Coronel Elysio Pereira, bairro Estradinha, em Paranaguá. A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar.

Conforme o relatório policial, a vítima informou que estava indo para o trabalho de bicicleta, por volta das 5h50, quando foi abordada por um indivíduo em uma motocicleta Honda CG preta.

O marginal, fazendo gestos de que estava armado, tomou sua bolsa contendo celular, cartões bancários, documentos e molho de chaves.

A vítima relatou que o assaltante estava trajando ‘roupas de firma’, na cor azul e com listra amarela, e que ele era de estatura baixa e magro, mas não soube informar a placa do veículo que ele pilotava.

Os policiais realizaram patrulhamento pela região, mas não houve êxito na localização do autor do assalto.

VEJA TAMBÉM

Homem é preso e surrado por populares após furto em casa na Costeira

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.