Ligue-se a nós

Paranaguá

367 famílias recebem títulos de propriedade de imóveis

AGORA TÊM SEGURANÇA JURÍDICA

Publicado

no

Agora Litoral
O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou, nesta quinta-feira (15), os títulos de propriedades de imóveis para 367 famílias de Paranaguá. Elas ocupam terras devolutas, pertencentes ao Estado. A titulação corresponde a uma área de aproximadamente 112 hectares, abrangendo as localidades de Jardim Jacarandá e Ouro Fino, no perímetro urbano de Paranaguá.

A documentação foi expedida pelo Instituto de Terras, Cartografia e Geologia (ITCG), autarquia vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e Turismo. Em uma primeira etapa, o ITCG fez a medição de 1.285 lotes na mesma localidade, sendo que 770 já foram regularizados. A titulação dos lotes restantes deve ser concluída nos próximos meses.

Evento teve Fandango Infantil

Governador com a Banda Marcial Mirim

Ratinho Junior ressaltou os benefícios da medida para as famílias. “A regularização fundiária garante segurança jurídica aos proprietários dos imóveis e também possibilita o acesso a programas de crédito do governo e de financiamento de moradia”, afirmou o governador. “Essas pessoas vivem aqui há mais de 20 anos, já formaram famílias, têm filhos, e não tinham direito a essa propriedade. Estamos regularizando essa situação, o que temos feito no Paraná todo”, disse.

“Quando as pessoas adquirem o direito a esse patrimônio, elas estabelecem de vez a vida na cidade e podem transferir a propriedade para os filhos”, ressaltou o governador. “Além disso, é um trabalho social que atende famílias carentes das áreas urbanas e rurais. Queremos entregar o maior volume de áreas regularizada do Brasil às pessoas que têm esse direito”, destacou.

Segundo o prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque, os dois bairros estão entre os mais populosos da cidade e não recebiam investimentos por causa da situação irregular. “A prefeitura agora começou a organizar a infraestrutura, que junto com os títulos de propriedade valoriza esses imóveis”, afirmou.

Entrega dos títulos foi nesta manhã

NO PARANÁ — A regularização fundiária de terras públicas devolutas recebe grande atenção no Estado, explicou o diretor-presidente do ITCG, Mozarte de Quadros Junior. Nos primeiros meses do atual governo já foram entregues 184 títulos para famílias de Pitanga, Quitandinha, Marquinho, Boa Ventura de São Roque, Itaperuçu, Nova Londrina e São Pedro do Paraná.

No Litoral, os sete municípios estão com processos de regularização em andamento. “Os títulos entregues pelo governador já estão registrados no cartório de imóveis e fazem parte de um processo grande de regularização. Era uma terra devoluta e o Estado reconheceu que essas pessoas, que vivem aqui há décadas, são os legítimos proprietários dos imóveis”.

Quadros ressaltou que, além de trazer garantias para as famílias, a regularização também permite que o poder público faça obras nos bairros. “Geralmente o ITCG regulariza áreas rurais, mas como Paranaguá se expandiu para este lado e a área se tornou urbana, usamos nossa expertise para finalizar o processo”, explicou. “Agora Estado e município podem fazer asfalto, calçadas e outros equipamentos públicos na região”, destacou.
PROCESSO – A regularização fundiária de terras devolutas envolve diferentes etapas. Primeiro é feito um cadastro das famílias, para então iniciar a medição por georreferenciamento da área. Em seguida, o ITCG abre uma ação discriminatória administrativa, que colhe depoimentos e documentos das famílias para avaliar cada situação e confirmar quem tem direito à documentação. Após essa etapa, é aberto um plano de colonização, que faz a destinação dos lotes a partir de um laudo técnico aprovado pelo diretor-presidente do órgão. Os imóveis são finalmente registrados e os documentos entregues às famílias.

Da AEN
Anúncio
Clique para comentar

Deixe um comentário!

Paranaguá

Casa pega fogo no Porto Seguro após briga de casal (VÍDEO)

Os dois brigões fugiram após o incêndio começar

Publicado

no

Por

Incêndio foi na tarde de domingo

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar atenderam, na tarde de domingo (8), uma ocorrência, onde uma briga de casal resultou no incêndio de uma residência de madeira na Avenida Belmiro Sebastião Marques, bairro Porto Seguro, em Paranaguá.

Por volta das 16 horas, policiais militares da Rádio Patrulha do 9º Batalhão foram acionados para dar apoio aos bombeiros, que estavam em deslocamento para atender a casa que estava pegando fogo. No local, os militares foram informados por populares que houve uma discussão entre o casal que residia na casa e que o homem teria ateado fogo na moradia, fugindo em seguida.

Ninguém soube informar o nome do suspeito e nem o paradeiro da mulher, que teria saído do local quando o fogo começou e não foi encontrada. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Continuar Lendo

Paranaguá

Polícia descobre plano para desviar carga de ureia avaliada em R$ 33 mil

Trabalho foi feito em conjunto com a GCM

Publicado

no

Por

Caminhão com a carga de ureia

Um caminhão carregado com 31 toneladas de ureia, material utilizado na fabricação de fertilizantes, foi encaminhado pela Guarda Civil Municipal à 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, na noite de sábado (7), após a descoberta de um plano para que a carga fosse desviada do seu destino final.

A ação foi realizada em conjunto com a Polícia Civil, que descobriu todo o esquema. Por volta das 23 horas, integrantes das duas corporações se deslocaram até um posto de combustível no bairro Alexandra, onde localizaram o caminhão, com placas de Erechim, Rio Grande do Sul.

O motorista, de 40 anos, foi encontrado no local e informou que, após carregar o veículo, tinha sido abordado por uma mulher, que lhe ofereceu dinheiro para fazer o desvio da carga, avaliada em R$ 33 mil. Ele contou que, inicialmente, aceitou a proposta, mas se arrependeu depois e resolveu avisar a polícia.

O caminhoneiro também foi levado à delegacia, onde foi ouvido em inquérito policial que foi instaurado para investigar o crime de estelionato. O veículo com a ureia foi apreendido e encaminhado para o pátio da empresa onde foi carregado o produto, como fiel depositário.

Continuar Lendo

Paranaguá

Procurado pela Justiça morre em confronto com a PM

Foi na noite de terça-feira (10)

Publicado

no

Por

João Gabriel Carvalho (Arquivo AL)

Um rapaz de 20 anos, que estava com um Mandado de Prisão em aberto por roubo agravado, morreu, na noite desta terça-feira (10), por volta de 21 horas, ao reagir a uma abordagem da Polícia Militar. Foi no bairro Vale do Sol, em Paranaguá.

João Gabriel Carvalho estava em frente uma residência, na Rua dos Macucos, no Jardim Esperança, quando uma equipe da Romu o reconheceu e tentou abordá-lo. Na mesma hora, João Gabriel teria disparado um tiro contra a equipe policial e fugido em seguida.

Perto dali, já no bairro Vale do Sol, em meio a um matagal na Rua Ayro Carvalho Cruz, uma nova tentativa de abordagem teria ocorrido, mas o rapaz teria reagido novamente, apontando a arma contra os PMs, quando foi alvejado. João Gabriel Carvalho morreu no local.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.