Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Morretes

Taxista morre afogado em uma poça dágua

ELE ESTAVA VESTIDO E DISTANTE 1 KM DO CARRO

Agora Litoral
Um mistério ronda a morte do taxista João Razera, de 70 anos. Profissional do volante na cidade de Morretes, no Litoral do Paraná, o taxista foi encontrado, na madrugada de domingo (17), caído em uma poça dágua, na Estrada do Tangará, próximo à PR-408. De acordo com um laudo preliminar do Instituto Médico Legal-IML de Paranaguá, a causa da morte seria afogamento.

Segundo populares, o taxista estava devidamente vestido, porém distante cerca de um quilômetro de onde foi encontrado o seu carro – na Vila Santo Antonio. A Polícia Civil investiga outra informação: de que alguém teria deixado o táxi de João Razera e, em seguida, embarcado em outro veículo.

O corpo de João Razera não apresentava sinais de violência. O taxista morava na Vila Ferroviária, em Morretes.

Familiares realizaram a identificação do cadáver no IML de Paranaguá, que liberou o corpo logo após.

Antes do corpo ser encontrado, a família de João Razera havia solicitado ajuda nas redes sociais a quem soubesse de seu paradeiro.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios