Ligue-se a nós

Morretes

Banhistas são resgatados de rio após cabeça d’água em Morretes

Grupo com cinco pessoas ficou ilhado em uma pedra até a chegada dos Bombeiros. Um helicóptero foi mobilizado

Publicado

no

Morretes, PR
Agora Litoral

Um grupo de banhistas precisou ser resgatado de um rio na localidade de Mãe Catira em Morretes na tarde deste domingo (05).

Após uma chuva torrencial registrada na serra do mar, as vítimas foram surpreendidos por uma cabeça d’água, fenômeno comum na região, que eleva o nível do rio e forma uma intensa correnteza.

Para não serem arrastados rio abaixo, os banhistas subiram em uma pedra e ficaram ilhados por vários minuto até a chegada do resgate. Um helicóptero foi mobilizado na ação.

No último dia 23 de janeiro, um homem morreu afogado vítima do fenômeno.

Nenhuma das vítimas ficou ferida. Uma equipe do Samu também foi ao local para prestar apoio à ocorrência.

Resgate de banhistas ilhados por cabeça d’água em Morretes – Foto: BPMoa / Divulgação

Um helicóptero foi mobilizado para prestar apoio ao trabalho de resgate – Foto: BPMoa / Divulgação

Deixe seu comentário!

Morretes

Andarilho morre atropelado por carro na BR-277

Foi no início da manhã deste domingo, no Km 30 da rodovia.

Publicado

no

Por

Foto: Divulgação/PRF

Um andarilho, de 39 anos, morreu atropelado na BR-277, em Morretes, no Litoral do Paraná, neste domingo (26).

Segundo relatos do motorista e de testemunha à Polícia Rodoviária Federal, o homem andava na faixa da direita da rodovia.

O acidente aconteceu no km 30 da BR-277 no sentido que leva a Paranaguá, pouco antes das 6h. O teste do bafômetro do condutor, conforme a PRF, deu 0,00 mg/l.

O Instituto Médico-Legal (IML) e a perícia de Paranaguá foram acionados. O carro foi removido por débitos de licenciamento, de acordo com a PRF.

Continuar Lendo

Morretes

Duas pessoas ficam feridas em acidente na BR-277

Foi na tarde de sexta-feira no km 34

Publicado

no

Por

Fotos: Roberto Gilliard

Duas pessoas ficaram feridas em um acidente na BR-277, em Morretes, no litoral do Paraná, na tarde de sexta-feira (24).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a batida foi entre uma caminhonete e um caminhão, no quilômetro 34 da rodovia.

A polícia informou que o motorista do caminhão alegou ter passado mal enquanto dirigia, quando invadiu outra faixa e atingiu a caminhonete.
Com o impacto, o motorista da caminhonete foi parar em cima da mureta que divide as pistas.

As vítimas, uma mulher e uma criança, foram socorridas no local e levadas para o Hospital Regional de Paranaguá.

Continuar Lendo

Morretes

Torcedor do Athletico sofre infarto e morre após o título da Copa do Brasil

NÃO VIU O TIME DO CORAÇÃO ERGUER A TAÇA DE CAMPEÃO

Publicado

no

Por

Agora Litoral
O taxista aposentado José Luiz Kuster Contador, de 63 anos, sofreu um infarto e morreu na noite de quarta-feira (18) enquanto comemorava o gol do título da Copa do Brasil do Athletico Paranaense contra o Internacional, em Porto Alegre.

Morador de Morretes, no litoral do Paraná, e torcedor rubro-negro, ele se sentiu mal quando viu o time confirmar a vitória por 2 a 1 no estádio Beira-Rio e garantir o título inédito.

“Quando saiu o segundo gol, o coração não aguentou. O cardiologista disse que foi instantâneo, infelizmente morreu na hora e sem volta”, disse o filho do torcedor, Francesco Contador, em entrevista à rádio Banda B.

“Quando encontrei meu pai, ele ainda estava quente e sorrindo. Ele estava sorrindo muito, parecendo alguém que foi embora, mas foi embora feliz”, comentou.

Contador era fanático pelo Athletico (Foto do arquivo pessoal)

Torcedor fanático, José Luiz Contador incentivou a família toda a torcer pela equipe. A vítima de infarto havia se aposentado há dois anos, quando decidiu sair de Curitiba e morar no litoral do Paraná.

“Ele tem ingressos desde a década de 1990 e todos da conquista do Brasileirão de 2001. Ele era fanático mesmo e toda nossa família é. Eu sou, os netos são e vamos manter vivo isso em homenagem a ele”, afirmou Francesco.

Outro torcedor perdeu a mão esquerda
O incidente em Morretes não foi o único nesta final da Copa do Brasil.

Na última terça-feira, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, o torcedor Wesley Pontes perdeu a mão esquerda depois de um sinalizador que segurava estourar de forma inesperada. O time se sensibilizou com o caso.

“A gente pegou toda cena, foi muito feia. Queria dedicar esse título a ele”, disse o atacante Nikão após a partida.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.