Ligue-se a nós

Matinhos

Prefeito desabafa e chama os vereadores de bandidos

EM REUNIÃO COM SECRETÁRIOS, RUY HAUER DETONOU GERAL

Publicado

no

Conversa privada de Ruy Hauer com secretários foi gravada e divulgada em grupos de WhatsApp

Agora Litoral – EXCLUSIVO
O Prefeito de Matinhos, Ruy Hauer Reichert, chamou os vereadores da cidade de “bandidos”, entre outros adjetivos, em reunião na prefeitura com seu secretariado. No áudio, que vazou em grupos do WhatsApp, o Prefeito desabafa e diz que, além dos vereadores, parte da imprensa do município está comprada.

O impasse entre a Prefeitura e a Câmara Municipal de Matinhos vem desde o início da administração de Hauer, que há quase nove meses está imobilizado graças às manobras que seus adversários fazem no Legislativo, impedindo que o Executivo consiga desenvolver um trabalho mais efetivo na cidade.

Na gravação, Ruy Hauer dispara impropérios pra tudo que é lado, e chega a acusar alguns vereadores de só falarem mal da prefeitura, mas gastarem dinheiro de diárias até em locais de prostituição. “Os próprios vereadores dizem que pegam diárias e vão pra zona e pra pqp”, afirmou indignado o Prefeito.

Em outra parte do áudio, o prefeito de Matinhos pediu apoio aos secretários para que permaneçam no cargo e disse que é hora de dar o troco e não fazer mais nenhum favor para os vereadores. “É isso ou entregar a chave do Município na mão desses bandidos e incompetentes”, afirmou Ruy Hauer.

IMPRENSA COMPRADA
No encontro com o secretariado, o prefeito de Matinhos foi além. Lembrou que alguns assessores da Câmara pagam R$300 para alguns veículos de comunicação noticiarem contra a Prefeitura. “E bota imprensa barata nisso”, ironizou Ruy Hauer. Ainda de acordo com o prefeito, o momento é de comprar a imprensa matinhense, já que se vende tão barato.

“Acabou! Vamos pro pau! O povo tem que saber a realidade. Falem o que quiserem, eu não vou segurar mais ninguém”, ordenou o Prefeito aos seus secretários. Ele salientou, ainda, que muitas vezes evitou o confronto para que a cidade não ficasse mal falada na mídia estadual, mas chegou ao seu limite.

REUNIÃO PRIVADA
Em entrevista exclusiva ao Agora Litoral, o prefeito Ruy Hauer lamentou o vazamento de uma reunião privada com o seu secretariado e salientou que entre amigos as pessoas abrem o coração. Ele se disse “esgotado” com esse boicote da Câmara Municipal que já ocorre há muito tempo.

Referindo-se ao falado no encontro com os secretários, disse que “o que aconteceu foi um desabafo entre pessoas de confiança. Não tive a intenção de denegrir qualquer pessoa, mas sim defendi a nossa disposição de trabalhar e fazer o melhor por Matinhos”, explicou.

Quanto ao vazamento do áudio gravado numa sessão privada, Ruy Hauer adiantou que ele já está sendo investigado.

Deixe seu comentário!

Matinhos

Denúncia de ameaça leva PM a fábrica clandestina de produtos químicos

Descoberta ocorreu na noite de quinta-feira no bairro Tabuleiro.

Publicado

no

Por

Em Matinhos, no Litoral do Paraná, policiais militares do 9º Batalhão apreenderam, na noite de quinta-feira (23), uma espingarda, além de um simulacro de pistola e produtos químicos que estariam sendo manuseados de forma irregular. Na ação, um homem foi preso.

Tudo começou por volta das 20h45, após um policial de folga acionar a PM, informando que um indivíduo estaria ameaçando sua cunhada, armado de uma pistola e uma arma longa.

Seguindo as informações, as equipes policiais fizeram patrulhamento pela cidade e localizaram, no bairro Tabuleiro, o veículo utilizado pelo autor da ameaça.

Imediatamente foi realizada a abordagem ao suspeito e verificado que ele estava de posse de uma espingarda de pressão e uma réplica de pistola.
No local, também foram localizadas centenas de frascos, uns vazios e outros cheios, de produtos químicos, além de uma espécie de envasadora artesanal para líquidos. Nos rótulos dos frascos, constava a inscrição “Inseticida Orgânico”.

De acordo com o abordado, o material, em sua maioria, tratava-se de impermeabilizante e seria utilizado na limpeza de fachadas prediais.
Ele relatou ainda que os frascos de inseticidas eram apenas armazenados com o intuito de vendê-los. Porém, nenhuma documentação foi apresentada para comprovar a sua afirmação.

Diante dos fatos, o homem, de 53 anos, foi encaminhado, juntamente de todo material apreendido, até a Delegacia de Polícia Civil de Matinhos para que fossem tomadas as providências necessárias.

Continuar Lendo

Matinhos

PM recupera veículos com alerta de furto e prende mulher por receptação

Ação da ROTAM foi na madrugada de quarta-feira (15)

Publicado

no

Por

No início da madrugada de quarta-feira (15), policiais militares do 9º Batalhão recuperaram dois veículos com alerta de furto e prenderam uma mulher por receptação.

A ação ocorreu na cidade de Matinhos e foi realizada por equipes ROTAM.

Tudo começou quando os militares, durante patrulhamento pela Rua Joaquim Távora, no bairro Tabuleiro, desconfiaram de três pessoas desembarcando de um automóvel. Dois homens, ao perceberem que seriam abordados, fugiram por um terreno baldio.

A terceira suspeita, uma mulher de 23 anos, acabou sendo interceptada.

Durante averiguação do veículo, um Hyundai Tucson de cor prata, os militares constataram que possuía alerta de furto no Estado de Santa Catarina.

Diante do flagrante, a mulher recebeu voz de prisão pelo crime de receptação e foi encaminhada para a Delegacia Cidadã, para adoção dos procedimentos cabíveis.
Simultaneamente, outra equipe especializada realizava diligências para encontrar um dos indivíduos foragidos, que tinha sido denunciado por ter em sua posse uma motocicleta de origem duvidosa.

Os militares foram até a residência do suspeito e localizaram o veículo, uma Honda CB 300 R de cor preta, também com alerta de furto.
No local, os policiais também encontraram um aparelho de som da marca Hyundai, compatível com o automóvel recuperado, mas o suspeito não foi localizado.

A motocicleta e o aparelho de som também foram entregues na Delegacia Cidadã para serem tomadas as providências necessárias.

Continuar Lendo

Matinhos

Adolescente de 16 anos é morto a tiros e outros dois são feridos

O corpo do garoto foi encontrado pela Polícia Militar em um córrego

Publicado

no

Por

Um adolescente foi morto e outros dois homens feridos por disparos de arma de fogo, na tarde de segunda-feira (30) em Matinhos, no Litoral do Paraná.

A vítima fatal foi Kayky Domingues Silveira, de 16 anos, morador em Praia de Leste, em Pontal do Paraná.

Mauro Teixeira da Costa, de 37 anos, com endereço em Curitiba, e Jonatan Carlos Munhoz, de 27, residente no balneário Gaivotas, foram socorridos e levados para atendimento médico.

Kaiky (foto redes sociais)

A OCORRÊNCIA
Equipes da Polícia Militar atenderam a um chamado, por volta das 15h20, com informação de disparos de arma de fogo no cruzamento das ruas Madri e Los Angeles, no balneário Gaivotas.

No local, populares relataram que as vítimas teriam sido encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pontal do Paraná.

Os militares foram até a unidade de saúde, onde encontraram Jonatan, que foi alvejado por um disparo de arma de fogo no lado direito de seu dorso, e Mauro, ferido por pelo menos dois disparos, que atingiram o lado direito do tórax e braço direito.

Os dois estavam conscientes e relataram que estavam sentados em um banco, no final da rua Madri, quando um veículo Fiat Siena, prata, aproximou-se e que, em seguida, dois ou três homens armados desembarcaram e começaram a atirar contra eles, que fugiram correndo.

Eles contaram que havia outro rapaz que também poderia ter sido alvejado.

Diante dos fatos, os policiais de Matinhos foram ao local dos tiros e localizaram três estojos deflagrados de pistola calibre .40. Durante as buscas, a aproximadamente 20 metros do local, encontraram Kayky, que já estava morto dentro do canal de um rio.
Após as análises, o corpo do adolescente foi recolhido pelo IML (Instituto Médico Legal) de Paranaguá e os estojos de arma de fogo pelo Instituto de Criminalística.
O crime está sob investigação da Polícia Civil de Matinhos.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.