Ligue-se a nós

Guaratuba

EXCLUSIVO: Identificados pai e filho assassinados em Guaratuba

Cadáveres foram encontrados na divisa com Garuva-SC no sábado (04)

Publicado

no

Corpos dos dois foram encontrados na divisa de Guaratuba (PR) com Garuva (SC)

Guaratuba, PR
Agora Litoral

Dorico dos Santos, de 65 anos, e o filho dele, João Paulo dos Santos, de 33, foram as vítimas do duplo assassinato registrado na divisa de Guaratuba (PR) com Garuva (SC) neste sábado (04). Os corpos deles foram encontrados numa mata, no KM 667 Sul da BR 376.

Um homem, cuja identidade ainda não foi revelada, foi detido. Ele seria o responsável pelos crimes, mas não confessou os assassinatos. Limitou-se a dizer que o veículo que foi visto na casa de João Paulo e Dorico realmente era seu, mas que teria sido roubado.

Apesar de ainda não esclarecidas, segundo testemunhas, as mortes de pai e filho teriam ocorrido por causa de um desentendimento no acerto de um possível roubo. Extraoficialmente, fala-se que Dorico e o filho teriam passado a perna no assassino.

O homicídio deles, de acordo com a Polícia, teria acontecido provavelmente dois ou três dias antes dos corpos serem encontrados – na localidade de Pedra Branca do Araraquara. Eles teriam sido atingidos por disparos de arma de fogo e esfaqueados em seguida.

RELEMBRE

A Polícia Militar iniciou a procurar Dorico e João Paulo após ter recebido uma denúncia de que eles estavam desaparecidos. Na casa deles os policiais acharam marcas de sangue e vestígios de que teria havido uma limpeza no local para encobrir pistas.

Os policiais também encontraram uma faca e roupas sujas de sangue. Vizinhos teriam informado o nome do possível autor do brutal assassinato e o veículo que ele dirigia. Detido, ele não confessou o crime.

A violência em Guaratuba tem assustado os moradores. Com as mortes de Dorico e João Paulo a cidade registra a triste média de um assassinato por semana em 2017.

Dorico dos Santos

João Paulo dos Santos

(Colaborou Joel Lourenço)

Anúncio
Clique para comentar

Deixe um comentário!

Guaratuba

PM apreende 1,3 quilo de maconha e prende rapaz de 21 anos

Foi na tarde de sexta-feira, no bairro Cohapar

Publicado

no

Por

Droga apreendida com o rapaz

Na tarde de sexta-feira (15), policiais militares da 3ª Companhia do 9º Batalhão fizeram a apreensão de 1,3 quilo de maconha durante uma abordagem de rotina na cidade de Guaratuba. A ação foi realizada por uma equipe da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) e resultou na prisão de um suspeito de 21 anos.

A ação policial teve início quando os militares, durante patrulhamento pela Rua Juvevê, no bairro Cohapar, ao passarem por um local conhecido pelo intenso movimento de usuários e traficantes de drogas, avistaram o rapaz em atitude suspeita. Demonstrando nervosismo, ao perceber que ia ser abordado, o suspeito correu, abruptamente, para dentro da sua residência.

Os militares foram no encalço dele e o abordaram dentro do imóvel, porém, na busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado.

Indagado, o rapaz relatou que estava com medo de ser preso, pois já havia cumprido pena por tráfico de drogas anteriormente e, na hipótese de ser liberado pelos policiais, acabou entregando 1.300 gramas de maconha e duas balanças de precisão.

O suspeito relatou ter buscado a droga em Curitiba e disse que pagou R$ 950 pelo entorpecente.

Natural de Curitiba e morador de Guaratuba, o detido acabou encaminhado à 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Guaratuba, junto com tudo que foi apreendido, ficando à disposição da Justiça.

Continuar Lendo

Guaratuba

Preso rapaz que vendia drogas pelo Whats

Jovem foi flagrado pela Rotam na Praça do Pescador

Publicado

no

Por

Rapaz preso e a droga apreendida

Policiais militares da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) prenderam, na noite de sexta-feira (15), um rapaz de 22 anos acusado de envolvimento com o tráfico de drogas na cidade de Guaratuba. Na ação foram apreendidas porções de maconha, balança de precisão e dinheiro.

Tudo começou quando os militares, durante patrulhamento pelo bairro Piçarras, abordaram o jovem, que foi flagrado em atitude suspeita em frente à Praça do Pescador.

Na busca pessoal, os policiais encontraram, no bolso da roupa do suspeito, 50 gramas de maconha. O jovem relatou que iria vender a droga, e que estava parado na praça esperando o comprador, que chegaria em um carro de cor verde. Informou, também, que pratica o comércio de entorpecentes via aplicativo de mensagens.

Em virtude da situação, o suspeito recebeu voz de prisão, mas como tinha em sua companhia um cachorro da raça “Pit Bull”, pediu para deixá-lo em casa antes de ser encaminhado à delegacia.

MAIS DROGAS

Na casa do rapaz, que fica na Avenida do Patriarca, ainda no bairro Piçarras, a mãe dele – que foi informada da situação e se sentiu muito consternada pela ação criminosa do filho – autorizou busca domiciliar, mais precisamente no quarto do suspeito.

Para a infelicidade do jovem, dentro de um armário, os PMs encontraram uma balança de precisão e mais 50 gramas de maconha, divididas em buchas e embaladas para a comercialização.

Os policiais também apreenderam R$ 50 em espécie e conduziram o detido ao plantão da 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) para a elaboração do flagrante.

Continuar Lendo

Guaratuba

Rotam prende mãe e filho por tráfico de drogas

Ele vendia e ela trabalhava como “mula”

Publicado

no

Por

Mulher presa e a droga apreendida na operação

Na tarde de quarta-feira (13), policiais militares da 3º Companhia do 9º Batalhão de Polícia Militar prenderam uma mulher por tráfico de drogas em Guaratuba. Na ação, o filho da suspeita também foi apreendido pelo mesmo delito.

A ação foi realizada por uma equipe da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) e teve início durante patrulhamento pela Travessa Juvevê, no bairro Cohapar. Durante a atividade, os militares flagraram um jovem vendendo drogas.

Os policiais abordaram o indivíduo e o identificaram como sendo menor de 16 anos. Antes da interceptação, os militares visualizaram, claramente, o suspeito vendendo para diversas pessoas o que posteriormente foi identificado como sendo crack.

Ele vendia a droga para os usuários e, posteriormente, buscava mais entorpecentes dentro de uma residência de madeira, nas imediações.

Realizada a abordagem, com o jovem foram localizadas 69 pedras de crack e R$ 565 divididos em notas de pequeno valor.

MÃE ERA MULA DO TRÁFICO

No deslocamento para a DP, coincidentemente, os policiais encontraram no caminho a mãe do menor. Ela havia sido delatada anteriormente por um usuário de drogas que estaria levando entorpecentes para um preso custodiado na carceragem da 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Guaratuba, o que se confirmou.

Feita a abordagem e busca pessoal, com a mulher, de 46 anos de idade, natural de Santa Catarina, foram encontrados, em sua bolsa, 50 gramas de maconha e 10 gramas de cocaína.

A mulher disse que receberia R$ 200 pelo serviço de “mula” – termo que se refere ao indivíduo que transporta drogas em seu corpo para dentro das cadeias e das penitenciárias. A abordada informou que entraria na carceragem com as drogas introduzidas na genitália.

Em virtude dos flagrantes, mãe e filho foram conduzidos à delegacia, para que fossem tomadas as providências necessárias.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.