Ligue-se a nós

Guaratuba

Câmara investiga vereadora por divulgar imagens de mulheres na praia

PEDIDO É DO PREFEITO ROBERTO JUSTUS

Publicado

no

Agora Litoral
A Câmara de Guaratuba, no litoral do Paraná, abriu uma sindicância para investigar a conduta da vereadora Professora Paulina (PT) por denunciar e divulgar imagens de mulheres sendo espiadas na praia por câmeras de monitoramento do município.

O pedido de investigação foi feito pelo prefeito Roberto Justus (DEM) contra a vereadora da oposição. A investigação por possível falta de decoro parlamentar foi aceita na segunda-feira (10).

Na semana passada, quatro servidores foram demitidos pela prefeitura após uma investigação pelo uso indevido das câmeras.

No documento, ele diz que em vez de oficiar o município e denunciar ao Ministério Público do Paraná (MP-PR), polícia ou até ir à tribuna da Câmara, a vereadora de “modo irresponsável e doloso” foi à imprensa. À época, a vereadora diz ter denunciado o caso ao MP-PR.

“O prefeito me acusa de ter divulgado as imagens de menores, das pessoas na praia. Eu não divulguei essas imagens, eu não tenho esse poder, eu não sou dona da emissora”, afirma Paulina.

Ela diz ter denunciado apenas o fato acompanhado das imagens como prova. “E em momento nenhum fui lá e disse que a emissora tem que divulgar a imagem ou não tem. Isso não cabe a mim. A denúncia que eu fiz foi do fato”, explica a vereadora.

Os vídeos foram descobertos durante uma investigação sobre o desaparecimento de um jovem quando técnicos procuravam imagens dele no sistema.

Caso seja constatada irregularidade pelo Legislativo, como quebra de decoro parlamentar ou improbidade administrativa, a pena máxima pode ser a perda do mandato.

“Era necessário agir, era necessário denunciar o fato que estava acontecendo. Nós não sabemos há quanto tempo isso estava acontecendo. Se o funcionário ficou 30, 40 minutos do seu dia olhando as mulheres tomar banho de mar, as meninas na praia, isso não pode ser culpa minha”, diz a vereadora.

A Câmara e o prefeito não quiseram comentar o assunto.

Especialista diz que vereadora não cometeu crime

Para a especialista em direito público Vivian Valle, a vereadora não cometeu crime de improbidade administrativa. Segundo ela, a divulgação de uma possível irregularidade faz parte da atuação de fiscalização do Legislativo.

“Cabe ao Legislativo a fiscalização do Executivo. Na medida em que tem ciência de uma situação irregular, de uma ilegalidade e até de um crime cometido dentro dos quadros da administração pública é importante dizer que cabe ao Legislativo a divulgação dessa situação até como caráter pedagógico. Pra que essa situação não venha ocorrer e que possa ser devidamente reprimida”, afirma.

Com informações do G1 Paraná
Anúncio
1 Comentário

Deixe um comentário!

Guaratuba

Rapaz morre após queda de moto na 376

Foi no início da manhã desta segunda-feira (09)

Publicado

no

Por

Acidente foi no Km 671+800m

Um motociclista morreu em um acidente de trânsito, na manhã desta segunda-feira (9), no quilômetro 671,8 da BR-376, na cidade de Guaratuba.

De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu sentido Sul, por volta das 7 horas.

O nome do condutor da moto da moto não foi divulgado. Apenas que ele tinha 26 anos.

Motocicleta que era pilotada pelo jovem

Ainda segundo a PRF, na hora do acidente estava chovendo.

Continuar Lendo

Guaratuba

Violência doméstica leva PM a apreender arma de fogo de uso restrito

Homem de 35 anos estava drogado e ameaçando a esposa

Publicado

no

Por

Taurus .40 apreendida pela Polícia Militar

No início da manhã de hoje (3) , uma equipe policial militar da 3ª Companhia do 9º BPM foi acionada para atender a uma situação de violência doméstica que estava acontecendo no balneário Coroados, em Guaratuba.

Segundo informações, desde o começo da última madrugada, um homem de 35 anos estaria drogado e ameaçando a sua esposa de morte, inclusive mantendo-a sob a mira de uma arma de fogo.

Assim que cientificados os policiais foram rapidamente ao local. Contudo, o cidadão já tinha fugido tomando rumo ignorado.

No endereço, os militares encontraram uma pistola da marca Taurus, calibre .40 com 14 munições intactas.

A vítima e o armamento foram encaminhados à delegacia de policia para a adoção dos procedimentos cabíveis.

Continuar Lendo

Guaratuba

Policiais militares flagram garota vendendo crack em Guaratuba

Adolescente de 17 anos foi levada pra DP

Publicado

no

Por

Droga e dinheiro apreendidos

No início da tarde de segunda-feira (25), uma equipe da 3ª Companhia do 9º BPM, durante patrulhamento pela Vila Esperança, em Guaratuba, flagrou uma menor envolvida no tráfico de drogas.

Durante a atividade de rotina, os militares flagraram a garota fazendo venda de entorpecentes, em um local amplamente conhecido no meio policial pela intensa movimentação de usuários e traficantes.

No momento da ação, os militares surpreenderam a adolescente, de 17 anos, vendendo crack para um jovem de 20 anos.

Na abordagem, na mão da menor, os policiais localizaram uma embalagem plástica, contendo de 13 pedras de crack, prontas para a comercialização, e R$ 14 em espécie. Com o comprador, os PMs encontraram R$ 30.

Indagados, a menor e o comprador da droga confirmaram a negociação do entorpecente. Eles foram encaminhados à 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Guaratuba, para que fossem tomadas as providências necessárias.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.