Ligue-se a nós

Guaratuba

Barracos invadem área anexa ao aeroporto de Guaratuba

Casebres estão a poucos metros da pista de pousos e decolagens

Publicado

no

Invasão da área põe em risco famílias e usuários da pista em Guaratuba. Foto: SMU

Guaratuba, PR
Agora Litoral

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) notificou a Escola Paranaense de Avião (EPA) sobre invasões e construções de casas e barracos anexo à pista do Aeroporto Municipal de Guaratuba, no litoral paranaense. Algumas famílias estão ocupando de forma irregular o terreno onde funciona o aeroporto.

Como a segurança das famílias invasoras bem como pilotos e alunos correm risco de acidente, a ANAC classificou a área de segurança de escape das aeronaves de 150 metros de cada lado da pista a partir do seu eixo central onde estão os casebres. Existe a possibilidade de a Aeronáutica fechar o aeroporto caso não haja a desocupação.

A Escola Paranaense de Avião já protocolou pedido para que a Prefeitura interceda urgentemente para desocupar a área invadida – que é de propriedade do Município – onde, segundo as leis, não cabe usucapião (forma de adquirir a propriedade que se dá pela posse prolongada do local).

Em seu pedido, a EPA relatou que seguidamente são observadas pessoas e animais domésticos cruzando a pista de poucos e decolagens, sendo um perigo para todos. De acordo com o secretário municipal de Urbanismo, Fausto Mota, as famílias que estão nessas áreas serão retiradas.

“Elas estão em áreas que apresentam risco, estão em áreas públicas; o aeroporto está em um terreno público e, como tal, não é passível de posse e usucapião”, afirmou Fausto Mota.

Levantamento efetuado pela Força Verde da Polícia Militar Ambiental mostra que quase 9 mil metros quadrados foram invadidos, desmatando e destruindo parte da vegetação para abrir caminho até as casas, o que configura Crime Ambiental, originando prisão aos invasores.

 

Deixe seu comentário!

Guaratuba

Festa do Divino é cancelada por causa do coronavírus

Evento seria realizado entre os dias 10 e 19 de julho.

Publicado

no

Por

Foto: Arquivo

A Festa do Divino, tradicional festa com programação religiosa, shows, binguinhos, almoços, jantares, barracas de comida e artesanato, foi cancelada por causa da pandemia do novo coronavírus. Ela seria realizada entre os dias 10 e 19 de julho, em Guaratuba, no litoral do Paraná.

A Paróquia Nossa Senhora do Bom Sucesso, responsável pela organização do evento, anunciou na segunda-feira (4) o cancelamento.

De acordo com a nota oficial, não existe possibilidade de realizar a festa neste ano.

Nota publicada no Facebook

A Festa do Divino leva para Guaratuba centenas de pessoas de todo o estado em pleno inverno. O evento reúne música, produtos e culinária típica do litoral.

Continuar Lendo

Guaratuba

Traficante é pego pela PM com pedras de crack escondidas na boca

Homem de 56 anos foi preso no bairro Piçarras

Publicado

no

Por

A Polícia Militar prendeu um homem de 56 anos que transportava pedras de crack em uma embalagem e uma porção da droga escondida na boca.

A detenção aconteceu na tarde de quinta-feira (2), no bairro Piçarras, em Guaratuba, no Litoral do Paraná.

O suspeito foi abordado por uma equipe da ROTAM (Ronda Ostensiva Tático Móvel)  em patrulhamento na avenida Patriarca, bairro Piçarras.

Ao perceber a aproximação do carro da polícia, o homem tentou se desvencilhar de uma embalagem onde guardava 60 pedras de crack.

Também foram encontradas mais oito pedras da droga, que ele escondia na boca. e R$ 380 em dinheiro trocado.
O suspeito recebeu voz de prisão e foi encaminhado ao plantão da 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Guaratuba, juntamente com as drogas e o dinheiro apreendidos.

Continuar Lendo

Guaratuba

Rotam prende rapaz que vendia drogas pelo WhatsApp

Ele disse que fazia cerca de 10 entregas por dia

Publicado

no

Por

Material apreendido pela PM

Após uma abordagem na noite de sexta-feira (13), no bairro Piçarras, em Guaratuba, uma equipe da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) apreendeu 440 gramas de maconha, 43 pontos de LSD, além de dois celulares e uma balança de precisão utilizada para pesar a droga.

Indagado, o abordado, um rapaz de 19 anos, relatou que faria a entrega para um terceiro. Relatou ainda que faz aproximadamente 10 entregas por dia, utilizando um aplicativo de celular para negociação e ajuste do local de entrega.

Diante dos fatos, o jovem, juntamente da droga e objetos apreendidos, foi encaminhado para a Polícia Civil de Guaratuba para ser colocado à disposição da Justiça.

Continuar Lendo
Anúncio
error: Cópia proibida.