Vice-prefeita abandonou o barco do prefeito Ruy Hauer alegando motivos de ordem pessoal

Matinhos, PR
Agora Litoral

A médica Denise Hizuru Iwamura renunciou, nesta terça-feira (13), ao cargo de vice-prefeita de Matinhos, no litoral paranaense. Alegando “motivos de cunho pessoal”, disse que a decisão era “irretratável”.

“Deixo o cargo público a mim conferido pela população deste município, mas não deixo a luta”, declarou ela no documento. De acordo com Denise Iwamura, o cargo de vice-prefeita foi o instrumento que teve para servir a um projeto político e esse mesmo projeto lhe impõe um novo desafio. Na renúncia, ela não esclareceu que desafio seria esse, limitando-se a dizer que a nova tarefa é incompatível com a função de vice-prefeita, “mas não menos nobre”.

“Renuncio ao mandato de vice-prefeita certa de que me dediquei ao máximo para atender da melhor forma ao povo e o faço para assumir outras tarefas que têm o mesmo objetivo: continuar me dedicando por uma Matinhos melhor para a nossa gente”, completou Denise Iwamura.

AUSÊNCIA

Em conversa com o Agora Litoral, alguns cidadãos de Matinhos lembraram a ausência da então vice-prefeita nas comemorações do cinquentenário da cidade, nesta segunda-feira (12), mas para eles o não comparecimento dela não foi novidade. Dizem que logo após ter exercido o cargo de vereadora, Denise Iwamura fechou o seu consultório e transferiu o emprego para Paranaguá, sendo pouco vista no município.

A cidade de Matinhos vive um turbilhão na política. Existe uma verdadeira batalha entre a Câmara Municipal e o prefeito Ruy Hauer, inclusive com ameaças de cassação do mandato de Hauer. Matinhos também possui outra característica atípica. Além da vice-prefeita que renunciou prestar serviços médicos em Paranaguá, o atual prefeito mora em Guaratuba, cidade vizinha.

LEIA A CARTA DE RENÚNCIA DA VICE-PREFEITA DE MATINHOS

>> Deixe sua opinião