Operação conjunta da Polícia Civil e Guarda Municipal acabou com o faturamento do cassino clandestino

Agora Litoral

Uma operação conjunta da Polícia Civil e da Guarda Municipal, nesta terça-feira (14), desarticulou um cassino clandestino que funcionava no balneário Monções, em Pontal do Paraná.

Segundo o delegado Tiago Wladyka, que comandou a operação, há algum tempo os órgãos de segurança da cidade vinham recebendo denúncias de familiares de que parentes, a maioria idosos, vinham perdendo dinheiro no cassino.

A partir das denúncias, o Delegado Wladyka pleiteou, junto ao judiciário, mandado de busca e apreensão, organizou a operação e apreendeu diversas máquinas caça-níqueis, roletas e cartelas de bingo.

Parte do maquinário apreendido no cassino clandestino.

O delegado suspeita que as máquinas estejam adulteradas e, por isso, encaminhou os objetos apreendidos para perícia técnica junto ao Instituto de Criminalística.

ESTELIONATO
Segundo Wladyka, “caso seja confirmada a adulteração, junto com demais elementos de informação colhidos no inquérito, poderá a proprietária ser indiciada por estelionato”.

Entretanto, se a adulteração não for confirmada, mesmo assim, a proprietária poderá responder por contravenção penal de jogo de azar.

O cassino estava fechado quando a operação foi deflagrada, mas seus proprietários já foram identificados.

Equipe que participou da operação conjunta que desarticulou o cassino no balneário Monções. (Fotos: WhatsApp)

(Com informações da Polícia Civil)

>> Deixe sua opinião