Renan e Idilson estavam retornando pra Paranaguá com o carro roubado quando foram presos. Foto: GCM Paranaguá

Paranaguá, PR
Agora Litoral

Foram presos na tarde deste sábado (10) os dois homens que assaltaram e mantiveram refém a Ouvidora-geral da Guarda Civil Municipal Adriana Arcega e um conhecido dela no início da madrugada deste sábado em Paranaguá.

Idilson Fernandes Rodrigues, de 22 anos e residente na Vila Guarani, e Renan Roberto Bubola Borba, o Tsunami, de 25 e morador na Vila São Vicente, foram presos por volta das 15 horas por policiais rodoviários federais dirigindo o automóvel roubado da GCM.

Acompanhada pelo comandante da Guarda Civil Municipal, Adriana Arcega foi até a base da PRF em São José dos Pinhais e reconheceu Renan e Idilson como os homens que lhe assaltaram e mantiveram refém também o conhecido dela que testemunhou o assalto.

O secretário de Segurança de Paranaguá, sargento João Carlos Silva, elogiou a troca de informações entre a Guarda Civil Municipal e a Polícia Rodoviária Federal que possibilitou a rápida prisão desses dois elementos.

A Ouvidora-geral da Guarda Municipal de Paranaguá foi assaltada quando estacionava o carro em frente a sua casa. Armados, os assaltantes renderam ela e um conhecido que passava na rua e testemunhou o assalto. LEIA:

Ouvidora-geral da GCM vira refém de bandidos armados

>> Deixe sua opinião