Quadrilha estava fortemente armada e destruiu carro-forte e outros veículos

Agora Litoral

Um assalto a um carro-forte causou a interdição total da BR-277, em três pontos diferentes na noite de sexta-feira (28). A rodovia ficou bloqueada em três pontos: no pedágio, que fica no km 60, no km 48 e também no km 30. As pistas foram liberadas por volta das 2 horas deste sábado (29).

Segundo a PRF, oito ladrões estavam em dois carros, quando abordaram o carro-forte, no km 38. Eles estavam com armas calibre 50 e 7.62, ambas de uso restrito. Os ladrões chegaram a trocar tiros com os vigilantes que estavam no carro-forte.

O motorista do carro-forte e o caminhoneiro Mauri de Matos foram baleados. Ambos foram socorridos e levados ao Hospital Cajuru, em Curitiba.

Na fuga, os ladrões atearam fogo a um dos veículos que usaram na abordagem ao carro-forte e fugiram em uma caminhonete, em direção ao litoral. Eles também abandonaram explosivos e itens usados no assalto.

Estado em que ficou um dos carros abandonados pelos bandidos

Na altura do km 25, os suspeitos cruzaram com um carro da Polícia Militar e houve nova troca de tiros, mas sem feridos. Nesse momento, os ladrões usaram outros dois carros de motoristas que passavam na região, para bloquear a pista. Eles furaram os pneus e retiraram as chaves dos veículos.

BOMBAS

O esquadrão antibombas da Polícia Militar foi acionado para ir até o local onde os ladrões abandonaram os explosivos. Esse foi o motivo que levou ao bloqueio da rodovia.

Em janeiro deste ano, quase no mesmo lugar, outro carro-forte foi assaltado, o que igualmente provocou a interdição da 277. RELEMBRE: 

Bandidos explodem carro-forte na BR-277 em Morretes

>> Deixe sua opinião